Harry Potter Book Tag: Livros de Cada Casa - Lufa-Lufa

Estão curtindo a nossa "Harry Potter Book Tag"? Nós esperamos que sim, ainda mais porque estamos animadíssimos para apresentar algumas histórias para vocês que talvez vocês não conheçam...

LUFA-LUFA

Traços da Casa: Confiança, Lealdade, Amizade, Justiça, Paciência, Dedicação, Trabalho Duro, Aberto à todos.

Resenha: Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar por Sarah MacLean

Todos vocês sabem que os romances de época sempre foram e sempre serão o meu fraco literário. Sou completamente apaixonada pelos deslumbrantes salões de festas, os vestidos suntuosos e principalmente, os amores que nascem e transcendem as convenções sociais. E é exatamente o que eu encontrei neste livro encantador!

Título: Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar
Série: Os Números do Amor #1
Autor (a): Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 384
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres. E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato. Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres. Contudo, passaUr tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

13 Desventuras Imprescindíveis: Uma Série em 3 Fragmentos - Parte II


Está a cada dia mais próximo nosso reencontro com o mau caráter do Conde Olaf e sua Trupe nada simpática, bem como, com os jovens mais azarados da literatura infanto juvenil-. Nessa segunda parte de nossa análise, falaremos daquilo que amamos nos livros e que não pode faltar de maneira alguma nessa série!

Resenha Especial: A Invenção de Morel por Adolfo Bioy Casares

Um livro curto, denso e deveras desafiador. Sem sombra de dúvidas essa foi uma das leituras que mais me causaram reflexões depois de conclui-la, o porquê,  vocês descobrem hoje!

Título: A Invenção de Morel
Autor: Adolfo Bioy Casares
Editora: Biblioteca Azul
Ano: 2016
Páginas: 112
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Romance publicado originalmente em 1940, foi considerado por Jorge Luis Borge “uma trama perfeita”. Um cidadão venezuelano torna-se recluso em uma ilha deserta para fugir de uma condenação judicial. Enquanto se alimenta de raízes psicotrópicas, o expatriado vê se apagar cada vez mais o limite entre a imaginação e a realidade.

Resenha: A História Secreta por Donna Tartt

E a gente aqui achando que estudantes de Letras eram super pacíficos e tranquilos...

Título: A História Secreta
Autor (a): Donna Tartt
Editora: Companhia das Letras
Ano: 1995
Páginas: 520
Onde comprar: Amazon | Submarino
Donna Tartt surpreende pelo talento com que combina a densidade psicológica e o vigor poético de um texto clássico com a trama complexa e o ritmo alucinado dos melhores romances policiais contemporâneos. Quem conta a história é Richard Papen, garotão da ensolarada Califórnia que consegue ser admitido na seleta Hampden, uma universidade em Vermont freqüentada pela elite norte-americana. Richard imagina ter atingido o Olimpo ao entrar para o círculo mais privilegiado daquela universidade. Cinco alunos, sofisticados e originais, selecionados por um mestre erudito e carismático, dedicam-se ao estudo da Grécia antiga. A eles junta-se o narrador, para participar da busca da verdade e da beleza, entre festas orgiásticas e finais de semana numa antiga casa de campo, regados a muito álcool e discussões filosóficas. A loucura desmedida certa vez termina numa orgia cujo ponto culminante é um ato de violência inominável e o suposto aparecimento do próprio Dioniso, numa de suas diversas manifestações.Quando descobre a terrível verdade, Richard envolve-se numa cadeia de segredos e cumplicidades, num encadeamento de medos e inseguranças que leva o grupo a cometer um ato ainda mais terrível. Melancólico e irônico, este é um romance feito de terror e prazer, remorso e decepção. Com ele, Donna Tartt revelou-se uma grande escritora já em seu livro de estréia. 

Harry Potter Book Tag: Livros de Cada Casa - Corvinal

E como prometido, nós voltamos com mais uma parte da nossa tag sobre as casas de Hogwarts! Mas não se preocupem, pois caso ainda não tenham visto a primeira parte, é só clicar aqui para saber quais foram as nossas dicas de leitura para os membros da Grifinória. 

E o que podemos dizer sobre a casa de hoje? Bom, ela é especial para nós pelos motivos mais diversos mas principalmente por ser a nossa casa de coração e alma. Desse modo, não esperem nada menos que indicações apaixonadas e que refletem muito bem o espírito da nossa querida Ravenclaw ou em português, Corvinal. Vamos lá?
  
CORVINAL

Traços da Casa: Inteligência, Espírito, Sabedoria, Criatividade, Originalidade, Lógica, Gosto pelo Aprendizado, Excentricismo, Peculiaridade, Individualismo, Competitividade, Aceitação.

13 Desventuras Imprescindíveis: Uma Série em 3 Fragmentos - Parte I


Em 13 de janeiro de 2016, uma infortunada sexta-feira, chega à Netflix a série mais azarada de todos os tempos: Desventuras em Série! Estamos muito ansiosos para mergulhar novamente no universo dos órfãos Klaus, Violet e Sunny (e do Conde Olaf, claro!) e também para conferir se as 13 coisas que mais amamos nos livros do Lemony Snicket estarão presentes nessa adaptação. A série será composta por 8 episódios e traz no elenco Neil Patrick Harris como Conde Olaf, Malina Weissman como Violet Baudelaire e Louis Hynes como Klaus Baudelaire. Sem mais delongas, vamos conferir as 13 Desventuras Imprescíndiveis:


Resenha: Bom Dia, Verônica por Andrea Killmore

Depois de um longo tempo longe das minhas queridas tramas policiais, tive acesso a um livro cujo plote me chamou a atenção suficiente para eu largar as demais leituras que eu tinha e mergulhar na promessa que girava em torno da autora Andrea Killmore. O que eu achei? Bom, vamos lá...

Título: Bom Dia, Verônica
Autor (a): Andrea Killmore
Editora: DarkSide Books
Ano: 2016
Páginas: 256
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Em "Bom dia, Verônica", acompanhamos a secretária da polícia Verônica Torres, que, na mesma semana, presencia de forma chocante o suicídio de uma jovem e recebe uma ligação anônima de uma mulher desesperada clamando por sua vida. Com sua habilidade e sua determinação, ela vê a oportunidade que sempre quis para mostrar sua competência investigativa e decide mergulhar sozinha nos dois casos. No entanto, essas investigações teoricamente simples se tornam verdadeiros redemoinhos e colocam Verônica diante do lado mais sombrio do homem, em que um mundo perverso e irreal precisa ser confrontado. 

Resenha: Forrest Gump por Winston Groom

Eu definitivamente estava precisando de uma leitura diferente quando o carteiro chegou na minha casa para entregar este livro. Quando olhei para ele e pensei em tudo o que ele prometia, não tive dúvidas e mergulhei nessa história de um homem chamado de idiota por todos, mas que na verdade possuía uma grande coragem.

Título: Forrest Gump
Autor: Winston Groom
Editora: Aleph
Ano: 2016
Páginas: 390
Onde comprar: Amazon | Saraiva |  Submarino
Forrest Gump é um idiota. Ou ao menos é assim que a sociedade o considera. Estigmatizado por seu QI baixo, Forrest não acredita ter nascido para grandes feitos. Mas as situações em que se envolve desde a juventude são tudo, menos comuns. Ainda na escola, o jovem gigante do Alabama é promovido a prodígio do futebol americano, em um primeiro sucesso que rapidamente o leva a outras aventuras. Do Vietnã à China Comunista, da Nova Guiné a Hollywood e até no espaço, inusitadas circunstâncias vão guiando Forrest em uma trajetória de vida impressionante e nada corriqueira. 

Resenha: Uma Curva no Tempo por Dani Atkins

"A noite do acidente mudou tudo..." ou 
"A noite do acidente foi uma grande sorte..." ?

Autora: Dani Atkins
Tradução: Raquel Zampil
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Páginas: 240
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
A vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona?

Comic Resenha: Boa Noite, Darth Vader por Jeffrey Brown

Vocês já devem estar cansados de lerem os meus elogios ao trabalho do Brown, não é mesmo? Mas juro que não estou exagerando! Prova disso é o que podemos encontrar em "Boa Noite, Darth Vader", ou seja, muita fofura.

Título: Boa Noite, Darth Vader
Autor: Jeffrey Brown
Editora: Aleph
Páginas: 64
Ano: 2016
Onde comprar: AmazonSaraiva | Submarino
Episódio: hora de dormir. As habilidade de pai de Darth Vader são colocadas à prova quando Luke e Leia se negam a ir para cama. Será que ele consegue acalmá-los lendo histórias sobre Han Solo, Yoda, Boba Fett, e outros personagens, cada um deles se preparando para dormir? A obra foi escrita e ilustrada pelo premiado quadrinista Jeffrey Brown, o mesmo autor de Darth Vader e Filho, Princesinha de Vader e a série Academia Jedi.

Resenha: Pecados no Inverno por Lisa Kleypas

Essa é a segunda série da autora Lisa Kleypas que eu acompanho e para o meu espanto, assim como, ocorreu durante a leitura de "Os Hathaways", o interesse que a história despertou em mim foi lento e progressivo. Tanto que é apenas com a leitura desse terceiro livro que sinto que posso dizer com sinceridade que estou adorando acompanhar essa série. O porquê disso? Confiram na resenha de hoje!

Título: Pecados no Inverno
Autor (a): Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano: 2016
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino

Agora é a vez de Evangeline Jenner, a Wallflower mais tímida que também será a mais rica quando receber sua herança. Mas primeiro ela tem que escapar das garras de seus ambiciosos parentes, Evie recorre a Sebastian, visconde de St Vincent, um conhecido mulherengo, com uma proposta incrível: que se case com ela! A fama de Sebastian é tão perigosa que trinta segundos a sós com ele arruínam o bom nome de qualquer donzela. Mesmo assim, esta cativante jovenzinha se apresenta em sua casa, sem acompanhante, para lhe oferecer sua mão. Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite da lua-de-mel, o casal não voltará a ter relações íntimas. Evie não deseja torna-se apenas mais uma que Sebastian descarta sem piedade, o que significa que Sebastian simplesmente tem que trabalhar mais duro na sua sedução... ou, talvez entregar seu coração pela primeira vez em nome do verdadeiro amor.

Harry Potter Book Tag: Livros de Cada Casa - Grifinória

Ao passear pelos Tumblrs da vida, me deparei com o da brasileira Léa (Books & Things) onde a mesmas, dentre as DIVERSAS recomendações que faz por categoria, fez algumas especiais, destacando livros que seriam voltados para as principais características de cada casa de Hogwarts. Como amei muito a ideia, resolvemos fazer o mesmo por aqui.

A regra é, simples: recomendar livros que achamos que os alunos de cada uma das casas gostaria de ler e justificar. Como nosso blog tem vários colaboradores, vamos fazer uma casa por semana, a começar pela valente Grifinória! Sem mais delongas, vamos lá!

GRIFINÓRIA

Traços da Casa: Bravura, Coragem, Nobreza, Força de Vontade, Justiça, Honra, Cortesia, Ousadia, Pavio Curto, Desrespeito à Regras

Resenha Especial: O Diário de Anne Frank por Annelies Marie Frank


Espero poder contar tudo a você, como nunca pude contar a ninguém, e espero que você seja uma grande fonte de conforto e ajuda. Anne Frank. 12 de junho de 1942.

Título: O Diário de Anne Frank
Autora: Annelies Marie Frank
Autores da edição: Otto Frank e Mirjam Pressler
Tradução: Alves Calado
Editora: Record
Ano: 2014
Páginas: 416 
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
O depoimento da pequena Anne Frank, morta pelos nazistas após passar anos escondida no sótão de uma casa em Amsterdã, ainda hoje emociona leitores no mundo inteiro. Seu diário narra os sentimentos, os medos e as pequenas alegrias de uma menina judia que, como sua família, lutou em vão para sobreviver ao Holocausto.

Desafios Literários para 2017

Todo final de ano traçamos várias metas para o ano seguinte: planos, sonhos, desejos - inúmeras coisas boas que queremos realizar. Por que então não se desafiar literariamente? Preparamos com muito carinho dois Desafios Literários: um para todo o ano de 2017, com 24 categorias (duas por mês) e outro para as férias, com 4 categorias (uma por semana). A ideia é imprimir e preencher com livros de acordo com cada tópico - e aproveitar o desafio!

Virou Filme: Animais Fantásticos e Onde Habitam

Não há como falar desse filme com poucas palavras, ainda mais sendo uma fã que esperou tão ansiosamente pela oportunidade de voltar ao universo mágico criado por Rowling, então se acomodem aí e vamos conversar longamente sobre "Animais Fantásticos e Onde Habitam".

Título: Animais Fantásticos e Onde Habitam
Título Original: Fantastic Beasts and Where to Find Them
Lançamento: 2016
Direção: David Yates
Atores: Eddie Redmayne, Katherine Waterson, Dan Fogler, Alison Sudol, Colin Farrell, Ezra Miller, Samantha Morton, Jon Voight
Duração: 133 min.
Gênero: Fantasia, Aventura.
O excêntrico magizoologista Newt Scamander (Eddie Redmayne) chega à cidade de Nova York levando com muito zelo sua preciosa maleta, um objeto mágico onde ele carrega fantásticos animais do mundo da magia que coletou durante as suas viagens. Em meio a comunidade bruxa norte-america, que teme muito mais a exposição aos trouxas do que os ingleses, Newt precisará usar todas suas habilidades e conhecimentos para capturar uma variedade de criaturas que acabam fugindo.

Resenha: Harry Potter e a Criança Amaldiçoada por J.K. Rowling

Depois de anos revisitando o mundo mágico de Harry Potter, eis que tenho a chance de mergulhar em uma novíssima história com personagens que tanto amo. O que tenho para dizer sobre isso? Vocês conferem na resenha de hoje. 

Título: Harry Potter e a Criança Amaldiçoada
Série: Harry Potter #8
Autores: J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne
Editora: Rocco
Ano: 2016
Páginas: 352
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.

Resenha Especial: A Letra Escarlate por Nathaniel Hawthorne

A cada dia eu só tenho uma certeza: Estamos cada vez mais regredindo para a América Puritana...

Título: A Letra Escarlate
Autor (a): Nathaniel Hawthorne
Editora: Penguin Companhia
Ano: 2012
Páginas: 336
Onde comprar: Saraiva | Submarino
Na rígida comunidade puritana de Boston do século XVII, a jovem Hester Prynne tem uma relação adúltera que termina com o nascimento de uma criança ilegítima. Desonrada e renegada publicamente, ela é obrigada a levar sempre a letra A de adúltera bordada em seu peito. Hester, primeira autêntica heroína da literatura norte-americana, se vale de sua força interior e de sua convicção de espírito para criar a filha sozinha, lidar com a volta do marido e proteger o segredo acerca da identidade de seu amante. Aclamado desde seu lançamento como um clássico, A letra escarlate é um retrato dramático e comovente da submissão e da resistência às normas sociais, da paixão e da fragilidade humanas, e uma das obras-primas da literatura mundial.

Resenha: O Erro por Elle Kennedy

Histórias para serem lidas em um dia e que fazem o leitor mergulhar romances tórridos. É bem essa a proposta de Elle Kennedy com a sua série "Amores Improváveis" e é sobre o segundo livro dela que nós vamos conversar hoje.

Título: O Erro
Série: Amores Improváveis #2
Autor (a): Elle Kennedy
Editora: Paralela
Ano: 2016
Páginas: 279
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Logan parece viver uma vida de sonhos. Com um talento incrível para jogar hóquei e um charme inato para conquistar mulheres, ele é uma das maiores estrelas da universidade de Briar. Mas por trás do característico sorriso maroto, ele esconde duas grandes angústias – a primeira, estar apaixonado pela namorada de seu melhor amigo. A segunda, saber que sua vida, após a formatura, se tornará um beco sem saída. Um dia, por acaso, ele conhece Grace, uma garota tão encantadora quanto intrigante. Tudo nela parece ser original e deliciosamente contraditório – tímida, mas ao mesmo tempo vibrante. Doce, mas ao mesmo tempo forte e confiante. A cada encontro, Logan se vê mais e mais envolvido. Mas um grande erro colocará o relacionamento desses dois jovens em risco. Agora, Logan terá que se esforçar para reconquistar Grace – nem que para isso ele precise amadurecer e encarar de frente as suas questões mais profundas e doloridas.

Confissões de Uma Blogueira em Crise: O Poder do Não


Esses dias estava fazendo uma das minhas atividades favoritas: assistir vídeos de audições de programas musicais gringos. Era um fim de tarde excepcionalmente quente, principalmente se considerarmos que eu moro em uma espécie de Forks – sim, no Brasil há cidades que são frias e chuvosas quase que o tempo inteiro – e eu estava tão triste que precisava de algo que me motivasse a sair daquele lugar tenebroso que é popularmente chamado de fundo do poço.

Não lembro quantos vídeos eu vi, mas lembro que alguns foram verdadeiras lições de vida como o de um sobrevivente da guerra no Iraque que mesmo com deformidades causadas por isso nunca desistiu da música, ou o garoto de quatorze anos de idade que foi abandonado pela mãe e adotado por um casal homoafetivo e ainda a doce garota que sobreviveu a um câncer de ovário e com dezesseis anos exibia todo o seu talento com sua canção de luta. Chorei muito enquanto assistia cada uma dessas audições.

Entretanto, uma me tocou de modo muito especial. E não foi pela história de superação de uma vida com tragédias, mas sim pela conexão que pude estabelecer com a candidata. O seu nome era Alice Fredenham e ela participou do programa Britain’s Got Talent do ano de 2013, na sua primeira audição ela cantou a música “My Funny Valentine” e antes de iniciar a sua apresentação ela falou algo que me tocou profundamente. Ela disse que quando diziam “não” para ela, o que ela entendia era que ela não era boa o suficiente.

Resenha: A Noite dos Mortos-Vivos e A Volta dos Mortos-Vivos por John Russo

Uma coisa é certa: Os mortos nunca mais fôramos mesmos depois de John Russo e George Romero.

Título: A Noite dos Mortos-Vivos e A Volta dos Mortos-Vivos
Autor: John Russo
Editora: Darkside
Páginas: 320
Ano: 2014
Onde comprar: Amazon | Saraiva |  Submarino
A DarkSide® desenterra mais um clássico do terror e vai direto na fonte: A Noite dos Mortos-Vivos, considerado uma das maiores obras-primas do gênero e um livro obrigatório para os fãs de The Walking Dead, Resident Evil, Orgulho e Preconceito Zumbi e tudo aquilo que englobe os carismáticos comedores de cérebros. Se hoje os zumbis estão em alta é porque, em 1968, George Romero e John Russo se reuniram para escrever o roteiro de A Noite dos Mortos-Vivos e mudar a história do cinema. O filme revolucionou o mito sobre as criaturas que voltavam do além: as superstições vodus das velhas produções B deram lugar à epidemia de fome canibal nas ruas norte-americanas. Criaturas similares já haviam aparecido antes nas telonas, mas foi em A Noite dos Mortos-Vivos a primeira vez em que foram retratados como uma praga devoradora de carne humana. O próprio John Russo (que também atua no clássico de 1968 como um zumbi) adaptou a história do filme neste romance que a DarkSide® traz para o Brasil. A Noite dos Mortos-Vivos inclui ainda uma surpresa para os leitores: o texto integral da sequência do clássico, que nunca chegou a ser filmada, chamada de A Volta dos Mortos-Vivos (não vai confundir com a comédia trash de 1985, que também contou com Russo no time de roteiristas). Depois de 45 anos, finalmente é publicado no Brasil o romance do filme que marcou gerações.

Promoção: A Colônia por Ezekiel Boone


Eu não poderia deixar o mês do "Mundo do Terror" passar em branco para os leitores do blog. Pensando nisso, a editora Suma de Letras e o Mundo dos Livros se uniram para dar de presente para um leitor o livro "A Colônia" do autor Ezekiel Booner. Se você tem fobia a aranhas talvez esse livro não seja o mais indicado para você... a não ser que queira um verdadeiro tratamento de choque!

Resenha Especial: Morella por Edgar Allan Poe

Edgar Allan Poe é sempre uma leitura interessante, principalmente nos seus escritos que tratam sobre a morte e a vitória sobre ela. Em "Morella" é possível encontrar isso e muito mais.


Título: Morella
Livro: Contos de Imaginação e Mistério
Autor: Edgar Allan Poe
Editora: Tordesilhas
Ano: 2012
Páginas: 183-190 (424)
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino

Morella era uma mulher diferente de todas que ele já conheceu. Com uma educação excepcional, ele estava encantado com o que ela podia lhe oferecer. Seus olhos misteriosos, bem como, seus pensamentos, o impeliam a querer aquela mesma devoção que ela tinha. Mas nem mesmo seu desejo de sentir aquilo que sua esposa sentia foi suficiente para fazer com que ele alcançasse aquilo que tinha. Afastando-se lentamente dela, tudo o que ela representa passa a incomodá-lo a tal ponto que Morella nota a falta de amor nele. Aguentando com resiliência aquele casamento estilhaçado, em seu leitor de morte ela lhe diz que a sua partida não era o fim e que tudo o que ele deixou de sentir por ela em vida, retornaria após a sua morte. Ele atribui seu prenúncio unicamente ao delírio de alguém que está prestes a morrer. Entretanto, quando se dá conta do que ela falou correspondia com perfeição a realidade que ele passa a viver, não há nada mais a ser feito senão aceitar o seu destino funesto.

Resenha: Gigante do Volante por Stephen King

O livro "Escuridão Total Sem Estrelas" do escritor Stephen King traz quatro contos aterrorizantes para os seus leitores. Explorando medos e anseios distintos, o autor brinca com o perigo e nos mostra que nem sempre o pior terror tem origem naquilo que é sobrenatural, como, por exemplo, o caso do "Gigante no Volante" que eu trago para vocês hoje.

Título: Gigante do Volante
Livro: Escuridão Total Sem Estrelas
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Ano: 2014
Páginas: 149 a 264 (393)
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Em "Gigante do volante", após ser estuprada por um estranho e deixada à beira da morte, Tess, uma autora de livros de mistério, elabora uma vingança que vai deixá-la cara a cara com um lado desconhecido de si mesma.

Resenha: Jogos Macabros por R.L. Stine

O que você faria se fosse convidado para ir a uma festa de aniversário em uma ilha isolada que pertence a uma família estranha e, pelo que dizem, sádica? Mas mais importante, o que você faria se alguém começasse a caçar os convidados? São essas as indagações que a protagonista da resenha de hoje precisa responder se quiser sobreviver aos “Jogos Macabros”.

Título: Jogos Macabros
Série: Rua do Medo #52
Autor: R.L. Stine
Editora: Globo Alt
Ano: 2016
Páginas: 280
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Tal como os outros títulos da coleção, a história se passa na velha cidade de Shadyside, nos EUA, conhecida por ser palco de acontecimentos misteriosos e aterrorizantes envolvendo os alunos da escola local. Todos na região conhecem a excêntrica e rica família Fear, e sabem também do passado terrível que os assombra. Apesar desses histórico nada promissor, Brendan Fear parece ser um garoto diferente de sua família. Gentil e simpático, o jovem vive rodeado de colegas e chama a atenção de Rachel Martin, uma garota simples, colega de classe dele. Quando o aniversário de Brendan está prestes a chegar, ele começa a planejar uma comemoração um tanto diferente na isolada ilha do Medo, onde existe um casarão de veraneio pertencente à família Fear. Rachel é uma das convidadas para passar o final de semana no local sombrio e, contrariando os avisos dos amigos, decide ir. No caminho, coisas estranhas já começam a acontecer e, ao chegarem à mansão, Brendan dá as coordenadas para o início de um jogo que se revelará o mais mortal de todos. Repleto de reviravoltas, Jogos macabros mantém o leitor apreensivo da primeira à última página. Como todo bom enredo de R. L. Stine, a história dá espaço a fantasmas, assassinato, traição e romance, e marca, enfim, um retorno triunfal do autor à Rua do medo.

Resenha: Melodia do Mal por John Ajvide Lindqvist

Olá, pessoal! A resenha de hoje traz um terror psicológico de revirar o estômago de tão surpreendente. O autor desta obra conseguiu me arrepiar da cabeça aos pés com a frieza de sua protagonista. Ficaram curiosos? Então vamos embarcar nessa história tenebrosa!

Título: Melodia do Mal
Autor: John Ajvide Lindqvist
Editora: Tordesilhas
Ano: 2014
Páginas: 488
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
O músico frustrado Lennart Cederström encontra, no meio de um bosque, uma bebê recém-nascida à beira da morte. Sem nada que diga de onde ela veio ou como foi parar lá, a bebê começa a cantar perfeitamente. Assombrado, Lennart a leva consigo para sua casa, em que vive com a mulher e o filho rejeitado, e a prende no porão. Apelidada de Pequenina pela família postiça, a criança cresce isolada do resto do mundo e, quando finalmente sai do cativeiro, acaba por revelar uma força sinistra e assustadora, deixando um rastro de sangue e angariando seguidores fanáticos em seu caminho.

Tem No Netflix: Animações Especiais Para o Dia das Crianças com o Espírito do Halloween


Ao ler o título desse post você deve estar imaginando o porquê uma criança veria animações um tantinho assustadores, não é mesmo? Mas as minhas dicas de hoje não são bem para os pequenos e sim para aqueles que já estão crescidos e que ainda mantém dentro de si aqueles medos da infância que parecem reais até hoje.

Sabia que eu tenho uma fobia desenvolvida quando criança e que eu nunca consegui superar? Sim. Eu morro de medo de palhaços! Não faço ideia do que faria se tivesse nos Estados Unidos nesse momento em que palhaços estão sendo vistos no meio de estradas e se esquivando por bosques sombrios... A verdade é que tampouco saberia o que fazer se tivesse que encarar as aventuras que os protagonistas das animações que trouxe tiveram que enfrentar. E você, se saíria bem se caísse no universo dessas histórias? 

Mundo do Terror: Uma Breve História do Halloween


Há mais tempo do que podemos imaginar, um festival pagão deu origem a uma das comemorações mais enigmáticas que temos no nosso calendário. O uso de fantasias, a fogueira, a entrega de doces, a lanterna de abóboras são apenas alguns dos elementos que compõe algo muito maior que é o Halloween. A história dá conta que a origem da palavra Halloween está intimamente ligada ao Dia de Todos os Santos (All Hellows' Eve, em inglês), segundo nos conta os historiadores do History Channel em seu documentário "A Verdadeira História do Halloween". Mas o que está por traz desses elementos misteriosos que dão o tom dessa festividade tão envolvente? É isso que tentaremos desvendar hoje.

Novidade: Tem no Netflix!


Se você, assim como, a maioria da população mundial (juro que não estou exagerando) já aderiu ao popular serviço de assinatura de séries e filmes chamado "Netflix", deve saber que mais do que dedicar horas assistindo as produções que se encontram no acervo deles, é natural passar horas simplesmente buscando algo para ver dado o grande número de opções. Pensando nisso, a partir de hoje vez ou outra trarei para o blog algumas indicações do que estou acompanhando por lá. Não pretendo fazer um guia do que há de melhor, apenas quero falar um pouco sobre a minha opinião pessoal com o material disponibilizado por eles.

Resenha: Battle Royale por Koushun Takami

Se é plágio ou não, uma coisa é certa: Peeta, Katniss e Gale não teriam a menor chance nesse mundo...

Título: Battle Royale
Autor: Koushun Takami
Editora: Globo Livros
Ano: 2014
Páginas: 664
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino 
Em 1997, o jornalista e escritor japonês Koushun Takami sofreu uma grande decepção. O manuscrito de seu romance de estreia havia chegado à final do Japan Grand Prix Horror Novel, concurso literário voltado para a ficção de terror, mas acabou preterido. Não era para menos. Embora habituado a tramas assustadoras, o júri se alarmou com a história do jogo macabro entre adolescentes de uma mesma turma escolar que, confinados numa ilha, têm de matar uns aos outros até que reste apenas um sobrevivente. Detalhe: o organizador da sangrenta disputa é o próprio Estado japonês, imaginado pelo autor como uma totalitária República da Grande Ásia Oriental.O livro, intitulado 'Battle Royale', só seria lançado em 1999, espalhando um rastro de polêmica – vendeu mais de 1 milhão de exemplares e foi comentado no Japão inteiro. A repercussão foi tão intensa que apenas um ano depois já eram lançadas as adaptações da história para o cinema e para os mangás – mais tarde, viriam sequências tanto na tela grande como nos quadrinhos.

Confissões de Uma Blogueira em Crise: A Arte de Entender o Tempo


Enquanto escrevo esse texto, deixo que as palavras apenas fluam pelos meus dedos enquanto toco as teclas do notebook repetidamente. Há muito tempo não me permito simplesmente sentar e escrever sem ter em mente muita coisa.

A palavra-chave da minha vida parece ser mesmo "tempo". Perdi as contas de quantas vezes vim aqui e conversei com vocês a esse respeito. Temos escritos dos mais variados, eles vão desde um olhar desesperado a respeito de como sinto que não conseguirei fazer nada mais que não seja cumprir as minhas responsabilidades até um planejamento mental de como evitar o mal da procrastinação.

Acredito que, assim como, a grande protagonista do incrível Edgar Allan Poe foi a morte, quem protagoniza a minha vida é o tempo. Durante anos pensei que isso era apenas uma fase da qual eu poderia escapar em algum momento, mas quanto mais crio consciência de sua presença influindo e modificando cada coisa que me rege, me dou conta de que o seu avanço significa que menos chances eu tenho. 

Resenha: O Espadachim de Carvão por Affonso Solano

Está preparado para escutar os Círculos?

Título: O Espadachim de Carvão
Série: O Espadachim de Carvão #1
Autor: Affonso Solano
Editora: Fantasy
Páginas: 256
Ano: 2013
Onde comprar: Saraiva | Submarino | Americanas
Kurgala é um mundo abandonado por Quatro Deuses. Adapak é filho de um deles. E hoje ele está sendo caçado. Perseguido por um misterioso grupo de assassinos, o jovem de pele cor de carvão se vê obrigado a deixar a ilha sagrada onde cresceu e a desbravar um mundo hostil e repleto de criaturas exóticas. Munido de uma sabedoria ímpar, mas dotado de uma inocência rara, ele agora precisará colocar em prática todo o conhecimento que adquiriu em seu isolamento para descobrir quem são seus inimigos. Mesmo que isso possa comprometer alguns dos segredos mais antigos de Kurgala.

Rory Gilmore Project: Leituras Realizadas


É engraçado como você acha que leu muita coisa e se depara com uma lista que mostra que definitivamente você não leu tudo aquilo que imaginava. Bem, pelo menos quando o assunto são determinados clássicos da literatura e outros tantos contemporâneos que fizeram sucesso em algum momento.

Quando decidi trazer o "Rory Gilmore Project" para a minha vida, pensei que de cara iria descartar pelo menos uns dez livros, dos quase trezentos que fazem parte do desafio, mas qual foi a minha surpresa ao notar que ainda tenho um longo caminho a trilhar até concluir essa jornada. Como falei anteriormente, não pretendo esgotar essa lista em um prazo determinado, até porque não tenho o tempo necessário para isso. Mas será algo que tentarei encaixar no meu cotidiano sim.

Resenha Especial: A Redoma de Vidro por Sylvia Plath

Alguns livros possuem tamanho poder que podemos considerá-los como algo mais, ainda que seja difícil especificar esse "a mais". Depois de ler Sylvia Plath, sinto que a maneira que observo as pessoas ao meu entorno se modificou. O porquê disso? Vocês conferem na resenha de hoje!

Título: A Redoma de Vidro
Autor (a): Sylvia Plath
Editora: Biblioteca Azul
Páginas: 280
Ano: 2014
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Dos subúrbios de Boston para uma prestigiosa universidade para moças. Do campus para um estágio em Nova York. O mundo parecia estar se abrindo para Esther Greenwood, entre o trabalho na redação de uma revista feminina e uma intensa vida social. No entanto, um verão aparentemente promissor é o gatilho da crise que levaria a jovem do glamour da Madison Avenue a uma clinica psiquiátrica. Assim como a protagonista, a autora foi uma estudante com um histórico exemplar que sofreu uma grave depressão. Muitas questões de Esther retratam as preocupações de uma geração pré-revolução sexual, em que as mulheres ainda precisavam escolher se priorizavam a profissão ou a família, mas A redoma de vidro segue atual. Além da elegância da prosa de Plath, o livro extrai sua força da forma corajosa como trata a doença mental. Sutilmente, a autora apresenta ao leitor o ponto de vista de quem vivencia o colapso. Esther tem uma visão muito crítica, às vezes ácida, da sociedade e de si mesma, mas aos poucos a indiferença se instaura, distanciando a moça do mundo à sua volta. 

Falando Sobre... Sick-Lit ou Literatura Enferma


Você lembra do frisson causado pelo livro "A Culpa é das Estrelas" foi lançado? Eu até hoje lembro bem. Principalmente porque diferente da enormidade de livros que trazem uma história cujos personagens principais sofrem com algo tipo de doença ou desordem psicológica, na época o que John Green propôs deu um novo tom a um subgênero que até então passava despercebido nas prateleiras das livrarias: o sick-lit. Entretanto, não é a ele que se referencia quanto a ideia de uma história cuja temática está envolta de um ar tão deprimente, já que há registros de livros como "Os Sofrimentos do Jovem Werther" do escritor alemão Goethe, bem como, de "Romeu e Julieta" do Shakespeare que mostram que de um modo ou de outro os males físicos e mentais sempre estiveram presentes na literatura.

Resenha: O Livro de Memórias por Lara Avery

Sou dessas leitoras que quando me envolvo completamente com uma história, quero entrar no livro, conversar com os personagens e quem sabe chacoalhar um ou dois deles. E foi justamente isso que aconteceu com "O Livro de Memórias".

Título: O Livro de Memórias
Autor (a): Lara Avery
Editora: Seguinte
Ano: 2016
Páginas: 392
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Sammie sempre teve um plano: se formar no ensino médio como a melhor aluna da classe e sair da cidade pequena onde mora o mais rápido possível. E nada vai ficar em seu caminho — nem mesmo uma rara doença genética que aos poucos vai apagar sua memória e acabar com sua saúde física. Ela só precisa de um novo plano. É assim que Sammie começa a escrever o livro de memórias: anotações para ela mesma poder ler no futuro e jamais esquecer. Ali, a garota registra cada detalhe de seu primeiro encontro perfeito com Stuart, um jovem escritor por quem sempre foi apaixonada, e admite o quanto sente falta de Cooper, seu melhor amigo de infância de quem acabou se afastando. Porém, mesmo com esse registro diário, manter suas lembranças e conquistar seus sonhos pode ser mais difícil do que ela esperava.

Resenha: Missoula por Jon Krakauer

A violência contra as mulheres é um dos principais problemas que uma comunidade tem que lidar. Não são raras as situações que é exigido por parte das autoridades uma postura não só proativa no tocante a coibição desses crimes, como também, uma forma incisiva de solução quando eles ocorrem. Entretanto, algo ainda mais preocupante deve ser repensado: o problema enfrentado pelas vítimas para levar esses casos a julgamento.

Título: Missoula
Autor: Jon Krakauer
Editora: Companhia das Letras
Ano: 2016
Páginas: 488
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Missoula, em Montana, é uma típica cidade universitária americana. Para quem vê de fora, o local é algo idílico. No entanto, entre 2008 e 2012, o departamento de justiça americano investigou 350 acusações de agressão sexual na cidade, muitas perpetradas pelos jogadores do time local de futebol americano, idolatrados pela população. Neste livro assombroso, Jon Krakauer rompe o silêncio e mostra todo o drama que vivem essas mulheres. Numa investigação minuciosa, com ares de thriller jurídico, ele revela o tecido social e político que abafa esses casos. De forma corajosa, Krakauer questiona o sistema educacional e os caminhos legais que permitem essa epidemia de violência sexual.

Comic Resenha: Academia Jedi - O Retorno de Padawan por Jeffrey Brown

Quando o assunto é Star Wars, a conhecedora do universo ideal para falar com vocês é Juliana. Mas se esse tema for abordado pelo Jeffrey Brown, sinto muito dizer isso, porém vocês terão que se contentar comigo. Sou extremamente apaixonada pelo trabalho do autor e a cada anúncio da editora Aleph sobre os livros do Brown, fico ensandecida! Por isso, preparem-se para mais uma resenha apaixonada.

Título: O Retorno de Padawan
Série: Academia Jedi #2
Autor e Ilustrador: Jeffrey Brown
Ano: 2016
Páginas: 176
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Roan Novachez achou que seu segundo ano na Academia Jedi ia ser fácil, e foi… no começo. Ele construiu um robô super legal, foi numa excursão para um planeta gelado, e evitou a comida alienígena de Gammy. Mas aí tudo ficou confuso! O treinamento de piloto estelar foi bem mais difícil do que ele imaginava, seus melhores amigos começaram a ignorá-lo, e os valentões da turma estão tentando levá-lo para o lado sombrio. Justo quando Roan achou que tinha me acostumado com a escola…

Resenha: O Menino do Pijama Listrado por John Boyne

Na resenha de hoje, falaremos sobre um livro bastante aclamado pelas críticas e leitores ao redor do mundo. Traduzido para mais de 30 idiomas e ganhador de alguns prêmios, temo usar termos não tão atrativos sobre a sua história.

Título: O Menino do Pijama Listrado
Autor: John Boyne
Editora: Seguinte
Ano: 2007
Páginas: 190
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz idéia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e a mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

Resenha: A Escolha por Kiera Cass

Depois de ter sofrido uma dura decepção com America no segundo livro da série, eis que me deparo com o gran finale preparado por Kiera Cass. E olha, que livro, hein?

Título: A Escolha
Série: A Seleção #3
Autor (a): Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 352
Ano: 2014
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Quando foi sorteada para participar da Seleção, America não imaginava que chegaria tão perto da coroa - nem do coração do príncipe Maxon. Com o fim do concurso cada vez mais próximo, e as ameaças rebeldes ao palácio ainda mais devastadoras, ela se dá conta de tudo o que está em risco e do quanto precisará lutar para alcançar o futuro que deseja. America já fez sua escolha, mas ainda há muitas outras em jogo... Aspen, seu antigo namorado, terá de encarar um futuro longe dela. E Maxon precisa ter certeza dos sentimentos da garota antes de tomar a grande decisão, ou acabará escolhendo outra concorrente.

Resenha: Star Wars - Sombras do Império por Steve Perry

Olá, queridos leitores! Na resenha de hoje iremos conhecer o que aconteceu entre o episódio V e VI da série depois de todas as descobertas e reviravoltas que estavam a assomar a galáxia. Um dos livros mais importantes do universo expandido e de qualidade incomparável. Vamos nessa?!

Título: Star Wars - Sombras do Império
Autor: Steve Perry
Editora: Aleph
Ano: 2015
Páginas: 448
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
São tempos sombrios na galáxia. Enquanto a princesa Leia organiza uma missão para resgatar Han Solo do terrível Jabba, o Hutt, Darth Vader vasculha a galáxia atrás de Luke Skywalker, com o objetivo de recrutá-lo para o lado sombrio da Força. Para atender a ordem do imperador Palpatine, o Lorde Sombrio une seus esforços a Xizor, poderoso líder de uma organização criminosa. Mas Vader não é o único a querer as graças do imperador, e seus planos podem ser colocados em risco, já que o chamado Príncipe Negro pode ter outros interesses nessa empreitada.