22 de dezembro de 2016

13 Desventuras Imprescindíveis: Uma Série em 3 Fragmentos - Parte I


Em 13 de janeiro de 2016, uma infortunada sexta-feira, chega à Netflix a série mais azarada de todos os tempos: Desventuras em Série! Estamos muito ansiosos para mergulhar novamente no universo dos órfãos Klaus, Violet e Sunny (e do Conde Olaf, claro!) e também para conferir se as 13 coisas que mais amamos nos livros do Lemony Snicket estarão presentes nessa adaptação. A série será composta por 8 episódios e traz no elenco Neil Patrick Harris como Conde Olaf, Malina Weissman como Violet Baudelaire e Louis Hynes como Klaus Baudelaire. Sem mais delongas, vamos conferir as 13 Desventuras Imprescíndiveis:






LEMONY SNICKET COMO NARRADOR

O primeiro livro é um dos melhores da série por inúmeros motivos, mas para mim o principal, sem dúvida alguma, é a narração do Lemony Snicket. Como um observador que não interfere no desenrolar da história (mas presencia tudo), ele conta as desventuras dos órfãos Baudelaire de um forma cômica, crítica e sarcástica, numa linguagem que funciona para todas as idades. E pelo trailer já sabemos que a história será realmente narrada pelo Lemony! Ponto pra Netflix.




A INTERAÇÃO ENTRE SUNNY E A VÍBORA INCRIVELMENTE MORTÍFERA

Ainda lembro do suspense (e terror!) ao ler esse momento no segundo livro! Me apeguei totalmente a Sunny no Mau Começo e a narrativa do Lemony me deu um baita susto ao colocar uma Víbora Incrivelmente Mortífera e a bebê mais fofa e esperta da literatura infanto-juvenil num improvável abraço! Esse com certeza é um dos momentos que quero ver na série.





O FURACÃO

Simplesmente, o momento de maior ação e suspense deste livro! Mas não o único: no Lago das Sanguessugas o que não falta é ação, e esperamos que a série envolva o leitor com a mesma maestria de Lemony Snicket nos livros. (Estou citando mais de uma coisa, eu sei, mas também estou ansiosa para ver a atuação da tia Josephine. Espero que seja tão engraçada quanto no terceiro livro!)






A IDA DE KLAUS AO OFTALMOLOGISTA


Serraria Baixo-Astral, como o título já prenuncia, é um dos livros mais tristes da série. Forçados a trabalhar para sobreviver, os órfãos, que até então enfrentavam toda sorte de adversidades unidos, são atingidos até nesse núcleo mais seguro, quando Klaus volta "diferente" de uma consulta ao oftalmologista. Um momento triste, mas importante para a construção dos personagens. 


Gostaram das nossas escolhas? Conta pra gente quais momentos dos livros vocês acham imprescindíveis nos 8 episódios do seriado. Em breve voltamos com mais algumas coisas que queremos ver nas Desventuras em Série!


--- Mariane Brandão ---

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.



ATUALIZAÇÕES DO INSTAGRAM