15 de julho de 2019

Resenha Especial: Aladim por Yasmine Seale e Paulo Lemos Horta

Em uma época de remakes no cinema, nada melhor do que conhecer a fonte de inspiração dos produtores desses enredos, não é mesmo? Principalmente quando o objeto de análise é uma história tão representativa quanto a de Aladim. E é pensando nisso que hoje trago para vocês um pouco mais sobre a versão de Yasmine Seale e Paulo Lemos Horta para um dos contos mais famosos narrados por Sherazade em "As Mil e Uma Noites".

Título: Aladim
Autores: Yasmine Seale e Paulo Lemos Horta
Editora: Zahar
Ano: 2019
Páginas: 144
Onde comprar: Amazon | Submarino

Sinopse: "A história que inspirou o novo filme da Disney agora na coleção Clássicos Zahar. Aladim finalmente ganha uma merecida edição individual que oferece ao leitor toda a riqueza deste conto de As mil e uma noites, como narrado por Sherazade. Habitualmente retratada como simples aventura infantil, a história do adolescente rebelde que luta pelo amor da princesa e pela lâmpada mágica mostra-se aqui muito mais rica e complexa. Esta nova versão, organizada pelo estudioso Paulo Lemos Horta e traduzida para o português a partir da aclamada versão inglesa de Yasmine Seale, recupera detalhes, sutilezas e a força narrativa do original. Podemos ouvir a voz feminina e única de Sherazade hipnotizando o Sultão que ameaça matá-la quando a história acabar – mantendo-o assim à espera do episódio seguinte, tal como nós. A versão impressa apresenta ainda capa dura e acabamento de luxo."


Uma das coisas que mais me impactaram na leitura de "Aladim" foi a quebra de cada pensamento prévio que tive a respeito da sua história. Isso, porque, muito da versão da Disney para a animação ainda estava presente nas minhas memórias, porém, não demorou muito para que isso fosse se transformando em uma aventura totalmente nova para mim.

Quando começamos a acompanhar a jornada de Aladim, ele é apenas um garoto travesso que prefere brincar na rua com os garotos do que fazendo qualque outra coisa. No entanto, se engana quem pensa que essa característica infantil será facilmente dirimida, pois como se percebe no transcorrer das páginas, ele se transforma em um adolescente insolente e que não quer aprender a profissão que o seu pai quer lhe ensinar, pois ainda age de modo imaturo.

Nem a morte de seu pai é suficiente para despertar nele o senso de responsabilidade, já que isso só ocorre com a chegada do mago Magrebe e as terríveis consequências das suas decisões. Logo nas primeiras linhas do conto somos apresentados a este personagem que impactará a vida de Aladim até a sua vida adulta e o fará questionar cada uma das suas atitudes, principalmente após encarar a fúria do vilão em uma disputa pela misteriosa lâmpada mágica.

Ao chegar nesse ponto da história o leitor já percebe o tamanho da ingenuidade de Aladim, pois ele conhece a caverna das riquezas e tem contato não com um, mas com dois objetos mágicos e sequer percebe o poder daquilo que tem em mãos. Essa característica do protagonista demonstra bem o tom de todo o conto e transforma a impressão inicial que temos do mesmo, já que percebemos que a sua insolência deriva justamente da infantilidade e não da maldade.

Com o transcorrer das páginas isso vai se acentuando com as reveleções que o personagem tem a respeito de um anel, que lhe foi entregue pelo feiticeiro, e da lâmpada, pois em um curto período de tempo ele, um garoto pobre e órfão de pai, se transforma em senhor de dois poderosos gêneos. Todavia, engana-se quem pensa que após a descoberta dos gêneos, Aladim se torna alguém que abusa dos poderes, pois diferente disso, ele só a usa quando está diante de casos de urgência, como, por exemplo, a falta de comida.

No entanto, tudo isso muda quando ele tem um vislumbre da filha do sultão e se encanta com a moça a ponto de utilizar todos os subterfúgios para conseguir ficar com ela, para ele, nada seria capaz de impedir esse relacionamento. A partir desse momento, é possível perceber uma mudança de atitudes de Aladim, porém, não é nada tão irracional que remeta aos seus tempos de imaturidade, pois, mais velho, ele também possui mais sabedoria para agir de acordo com o que a situação requer.

Os estudiosos do tema abordam de maneira bastante concentrada a respeito não só do motivo pelo qual Aladim era merecedor da lâmpada, como também, a transformação do comportamento do mesmo após passar a ter acesso ao objeto mágico. Inclusive, estes seriam aspectos tratados nas adaptações para o cinema, já que a ausência de expressão desses pontos no texto acabaram por impelir uma justificação por parte dos roteiristas.  Na versão da Disney, por exemplo, Aladim é um garoto que furta pela situação de pobreza, mas que se compadece com a situação de vulnerabilidade dos demais, o que o tornaria digno da lâmpada.

Além desse acréscimo ao texto original, as adaptações customam ambientar a história em um cenário arábe, o que está longe da proposta do conto, já que o local em que tudo ocorre é um reino chinês. No entanto, há quem refute todas essas ideias tidas como "corretas". Isso, porque, por ser um conto milenar e que foi passado de geração em geração, com consequentes modificações culturais, há diversas versões do texto que tornam Aladim de todo o mundo e não deste ou daquele lugar.

É incontestável a riqueza e a relevância desse texto. Uma história não é transmitida durante tantos anos sem uma razão de ser e os motivos que dão tanto poder a ela só são plenamente alcançados com o contato direto entre o leitor e as palavras. Por isso, caso vocês tenham interesse, não só em descobrir o que faz de Aladim um personagem tão forte na literatura, como também a sua influência em tantas adaptações, não podem deixar de ler esse conto e mergulhar no mundo mágico narrado por Sherazade.

[...] Estou apaixonada pela princesa, com uma intensidade que mal posso expressar. Já que a minha paixão arde mais e mais a cada instante, não me resta outra satisfação a não ser conquistar a princesa. - Pág. 69

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.



ATUALIZAÇÕES DO INSTAGRAM