3 de outubro de 2015

Que os jogos de horror do mestre comecem...


Ele era um garoto esquisito. Mas já dava indícios de talento na nobre arte de escrever. Tudo começou quando inspirado pelas histórias que lia, o desejo de escrever começou a surgir. Eram criações amadoras, mas que eram devidamente recompensadas por sua mãe. Foi ela quem deu a King a primeira recompensa por um escrito seu. E isso mudou tudo para ele. 

Na adolescência, uniu-se ao seu irmão para escrever no jornal "Dave's Rag", que pelo próprio nome, já se supõe que não tinha um conteúdo muito jornalístico. Mas foi já na fase adulta e casado com Thabita King que ele viu a sua chance de se tornar um escritor profissional através do seu livro "Carrie, a Estranha". Por mais estranho que possa ser para quem já leu o livro, o mestre jogou fora a história logo após escrevê-la. Ainda bem que a Sra. King estava à postos e resgatou essa preciosidade para nós!

Nesses percalços que teve que enfrentar para se estabilizar na escrita profissional, ele também lutou com alguns monstros muito reais que foram inspiração (ou motivação) para que ele escrevesse alguns de seus livros mais célebres, como "Misery, Louca Obsessão". O fato é que sendo um dos autores mais atuantes dentro da literatura e levando o gênero do horror a toda parte, Stephen King se mostrou ser um mestre, um verdadeiro rei.

Com histórias que trazem desde um misterioso palhaço de olhos amarelos em uma galeria de esgoto até uma garota estranha suja de sangue de porco, King tem em suas obras um verdadeiro arsenal do horror que já fazem parte do imaginário de leitores em todo o mundo. E não poderia ser diferente, afinal, depois de tantos anos dedicados à escrita, King se tornou o grande responsável pelo destaque que o gênero ganhou no cenário literário. 

Pois verdade seja dita, se alguns ainda discutem a qualidade de suas obras por elas terem se tornando best-sellers e não terem permanecido nas sombras, não há quem discorde da importância que ele teve para que os novos autores do horror tivessem seus trabalhos vistos com outros olhos pelos críticos que até então tinham o gênero como a escória de literatura.


E é por essas e por outras façanhas que só um mestre é capaz de realizar, que esse mês dedicado  ao horror, prestará uma humilde homenagem àquele que faz com que as nossas entranhas revirem a cada obra. Só posso dizer a vocês que nós que formamos o blog Mundo dos Livros, estamos extremamente animados para que vocês vejam todas as surpresas que preparamos para esse mês. 

Aproveitamos também para desafiar cada um de vocês a ler obras do gênero e enviar seus textos para nós darmos vida a categoria "Horror do Leitor". Estamos ansiosos para conhecer obras novas e saber o que toca o terror na estante de vocês. O que podemos dizer além disso? Nada além de: que os jogos de horror do mestre comecem!
Na ausência da luz, o mundo assume formas sombrias, distorcidas, tenebrosas. - Stephen King

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.



ATUALIZAÇÕES DO INSTAGRAM