Edgar Allan Poe: Análise da Edição "Medo Clássico" da DarkSide Books

Edgar Allan Poe é daqueles autores clássicos que fizeram a minha cabeça quando mergulhei nos seus escritos. Durante um tempo me dediquei a trazer um pouco desse universo para vocês e levar além a obra deste autor incrível. E como é uma pretensão minha continuar espalhando as nuances da obra de Poe, decidi fazer uma análise das edições mais recentes que se dedicam a explorar o universo do rei do mistério e do horror.

Título: Edgar Allan Poe: Medo Clássico
Autor: Edgar Allan Poe
Editora: DarkSide
Ano: 2017
Páginas: 384
Onde comprar: Amazon | Fnac | Submarino | Livraria Cultura
Sinopse: É meia-noite. As asas de um corvo se misturam à escuridão. A velha casa em ruínas observa com janelas que pareciam olhos. Você jura ouvir a voz de alguém que já partiu para o outro lado, bem na hora em que um gato preto cruza seu caminho. Tudo o que hoje conhecemos como terror começou a ganhar forma na obra de Edgar Allan Poe. Genial e maldito, Poe é considerado o mestre dos mestres da literatura fantástica. Stephen King, Clive Barker ou H.P. Lovecraft são apenas alguns de seus discípulos mais sombrios. Porém, com certeza não são os únicos. Desde o século XIX, o criador de “O Corvo” vem influenciando gerações de escritores consagrados, dos mais diversos gêneros, como Henry James, Franz Kafka, Arthur Conan Doyle, Júlio Verne, Vladimir Nabokov, Oscar Wilde e Jorge Luis Borges.


A primeira edição sobre a qual iremos discutir é a da Editora DarkSide Books. Lançada sob o selo "Medo Clássico", a obra foi dividida em tomos de modo que, até o momento, apenas o volume I pode ser encontrado à venda. Como vocês já devem ter notado, é um fato indiscutível que a editora preza pela qualidade editoral, razão pela qual uma obra que passa por eles são de encher os olhos.

No primeiro tomo, temos 15 contos e 1 poesia do autor à disposição dos leitores. Todavia, os detalhes a serem esmiuçados são tantos que separei alguns pontos que acho que valem muito a pena serem considerados pelos leitores que buscam um livro de Edgar Allan Poe para chamar de seu. Em prima, já posso dizer que sou apaixonada pelo trabalho feito na obra e anseio loucamente por colocar minhas mãos no volume II...

COMPONENTE DA EDIÇÃO


Ilustrações: Para ilustrar essa edição a Editora DarkSide Books inovou e convidou o talentoso artista gráfico, Ramon Rodrigues, para trazer xilogravuras que contextuam perfeitamente cada história presente no livro. Ele que possui vasta experiência com ilustração, conseguiu me deixar ainda mais apaixonada pela obra de Poe. Caso tenham curiosidade de conhecer melhor o trabalho dele, deixo o site onde é possível encontrar várias informações bacanas a respeito do que ele anda fazendo e da sua formação: https://www.ramon-rodrigues.com/


Obras: Um dos pontos mais interessantes da edição trazida pela editora é a exclusiva divisão dos contos de Poe de acordo com os temas que dão o tom da leitura, dentre os blocos, têm-se histórias sobre a morte, narradores homicidas e mulheres imortais. Conforme supramencionado, há 16 textos do autor nesse livro. Nesse sentido, acredito que seja importante enfatizar que as histórias trazidas nesse primeiro volume são as mais conhecidas do autor e que por isso são encontradas com mais facilidade em outras edições, tais como, "O Gato Prato", "O Baile da Morte Vermelha" (também conhecido como "A Máscara da Morte Rubra"), "Assassinatos Na Rua Morgue" e "O Corvo". As implicações disso, no meu ponto de vista, são as seguintes: é uma edição maravilhosa para quem quer conhecer o autor, pois terá contato com as principais obras do autor, ou para quem curte colecionar edições bacanas - como eu, e, em contrapartida, esta pode ser uma opção não tão legal para aqueles que buscam por uma obra com conteúdo mais diversificado do autor.


O Que Há De Novo: A DarkSide Books é referência no Brasil no que concerne a excelência do design dos livros publicados. O investimento em materiais de qualidade para proporcionar ao leitor uma experiência que vai além do contato com a história é algo que salto aos olhos. Nesta edição em especial, temos o emprego de capa dura, adornos dourados e fita de marcação, que certamente compõe a estética deste objeto-livro. Mas não é só isso, há também um trabalho incrível na diagramação que permite que o leitor sinta que está diante de um livro antigo e raro – que se destaca em qualquer estante. Além disso, temos  conteúdos exclusivos que tornam essa edição ainda mais especial, neste sentido, ressalto: prefácio de Charles Baudelaire, admirador de Poe que divulgou o trabalho dele intensamente na Europa, e também, o poema "O Corvo" no original e em mais duas traduções celébres (Machado de Assis e Fernando Pessoa).






Como é possível notar, essa edição com certeza merece fazer parte da coleção de qualquer apaixonado por Edgar Allan Poe, ainda mais porque sabemos que há um segundo tomo a caminho... Infelizmente não posso confirmar se com esse volume teremos a obra completa do autor, mas eu desconfio que não - espero que a editora me surpreenda. Enfim pessoal, por hoje é só. Em breve volto para analisar mais um livro para vocês.

OBS.: clicando aqui vocês terão acesso a análise do livro "Contos de Imaginação e Mistério".

--- Isabelle Vitorino ---

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.