Tem na Netflix: Love O2O


Se tem algo em que eu sou deveras iniciante, esse algo certamente é o universo dos doramas. Por isso vou começar esse texto contando para vocês que apesar de já ter lido a respeito dos milhares de fãs angariados pelas bandas K-Pop no mundo todo e inclusive, ter lido um mangá ou outro, bem como, assististido alguns animes, os famosos doramas estavam completamente distantes da minha realidade. Mas eis que a Netflix decidiu apostar nas produções asiáticas... Sim, caros leitores, foi justamente aí que eu me rendi a esse mundo que agora trago para vocês através do C-Drama*, Love O2O.

Título: Love O2O
Baseado em: A Smile is Beautiful por Gu Man
Ano: 2016
Local de produção: China
Escrito por: Gu Man; Shen Feixuan; Wen Ting; Ou Yang; Good Story Workshop.
Número de episódios: 30
Emissora: JSTV
Elenco: Yang Yang, Zheng Shuang, Mao Xiao Tong, Zheng Yecheng, Yu Bai, Junfeng Niu, Zhang He, Vin Zhang, Cui Hang e Denny Huang.

Sinopse: O que faz um homem se apaixonar por uma mulher a primeira vista? Aparência? Aura? Dinheiro? Não. Quando Xiao Nai o aluno mais popular da Universidade de Qing e mestre em jogos vê Bei Wei Wei pela primeira vez, o que o faz se apaixonar não é a extrema beleza, é a destreza com a qual ela comanda a guilda dela num jogo online, chamado “A Chinese Ghost Story”. Xiao Nai e Bei Wei Wei vão viver um romance que está florescendo aos poucos, dentro e fora do jogo. Será que o amor deles tem XP suficiente para dar certo ou o relacionamento nunca evoluirá?

Por Dentro das Edições: Manuscritos Notáveis por Christopher de Hamel

Olá, minha gente linda! Esses dias eu estive pensando em como muitas vezes nos apaixonamos por um livro apenas pela capa, e, não só isso, me recordei de tantas obras que adquiri ao longo do tempo por simplesmente me apaixonar pela execelente edição apresentada por algumas editoras. Em virtude disso, resolvi aprimorar a nossa análise de edições, que já contou com obras do Edgar Allan Poe e do Sherlock Holmes que eu coleciono, e trazer para vocês um pouco mais do meu mundo dos livros com obras que são de encher os olhos. E para começar muito bem, trouxe a obra "Manuscritos Notáveis" de Christopher de Hamel.

Título: Manuscritos Notáveis
Autor: Christopher de Hamel
Editora: Companhia das Letras
Ano: 2017
Páginas: 680
Onde comprar: AmazonSubmarino 
Misto de impressão de viagem e história de detetive, Manuscritos notáveis é, assim como cada um dos doze tesouros que o compõem, um livro de maravilhas. Nunca pudemos chegar tão perto do Evangelho de Santo Agostinho, que nos leva a uma era na qual um novo letramento cristão emergia do colapso da Roma antiga; ou de Carmina Burana, que reúne canções de amor e luxúria dos estudantes e doutos errantes da Munique do início do século XIII. Em edição colorida e fartamente ilustrada por imagens dos documentos, o autor retraça os elaborados percursos que esses valiosos artefatos empreenderam ao longo do tempo, mostrando as condições em que foram copiados, quem os possuiu ou os desejou, como foram implicados nos rumos da política e passaram a ser encarados como objetos de suprema beleza e símbolo de identidade nacional.

Edgar Allan Poe: Análise da Edição do Tomo II - "Medo Clássico" da DarkSide Books

Que eu sou apaixonada por Edgar Allan Poe, os leitores deste blog já estão cansados de saber, afinal, me esforço para sempre trazer as novidades do mestre para vocês. E foi pensando no quanto vocês também curtem saber mais sobre o autor que eu trouxe a análise de uma edição novíssima do mercado editorial, qual seja, o Tomo II da coleção Medo Clássico lançado pela editora DarkSide.

Título: Edgar Allan Poe: Medo Clássico - Vol. 2
Editora: DarkSide
Ano: 2018
Páginas: 240
Onde comprar: Amazon | Submarino
Sinopse: No primeiro volume começamos a conhecer a fantástica casa de espelhos de Poe: suas máscaras e segredos, seu ímpeto aventureiro, suas mulheres etéreas e, é claro, seu corvo imortal. Agora, exploraremos seus devaneios sobre a finitude humana, o desamparo da perda e a solidão do nunca mais. Você está pronto para longas madrugadas de leitura? Reunindo contos, poemas e cartas que trazem à tona um lado ainda mais sombrio do genial escritor, Edgar Allan Poe: Medo Clássico — Volume 2 mostra toda a força das palavras do mestre em doze obras-primas de ficção.

Resenha: Em Pedaços por Lauren Layne

Boa noite, senhoras e senhores! Sei que o blog anda meio empoeirado e que não sou presença tão constante assim por aqui. No entanto, finalmente entrei de férias e vim aqui falar com vocês a respeito de um dos últimos livros que li, e que, pelo que pude observar nas resenhas do skoob, tem gerado um debate ferrenho entre os leitores. O porquê disso? Vocês logo saberão.

Título: Em Pedaços
Série: Recomeços #1
Autora: Lauren Layne
Editora: Paralela
Ano: 2018
Páginas: 248
Onde comprar: AmazonSubmarino
Uma garota com segredos corrosivos. Um ex-soldado com cicatrizes externas e internas. Um amor que pode salvar ambos... ou destrui-los de vez. Aos vinte e dois anos, Olivia Middleton tem Nova York aos seus pés. Por fora, ela é a garota perfeita — linda, inteligente e caridosa — mas, por dentro, guarda um segredo terrível: um erro que a afastou das duas únicas pessoas que realmente importavam na sua vida. Determinada a esquecer o passado, ela deixa Manhattan e vai trabalhar como cuidadora de um soldado recém-saído da guerra. O que ela não esperava era que seu paciente seria um jovem enigmático de vinte e quatro anos tão amargurado quanto atraente. Paul Langdon está furioso — com o mundo, com a vida, com o seu pai e, principalmente, consigo mesmo. Depois de sofrer na pele os horrores da Guerra do Afeganistão, a última coisa que ele quer é a companhia de uma princesinha nova-iorquina linda, mimada e irritante. A presença de Olivia parece tóxica para Paul: ela o incomoda, mas ele não consegue afastá-la, por mais que tente. Nessa recontagem moderna de A Bela e a Fera, Lauren Layne nos traz uma história irresistível de perdão, cura e, acima de tudo, amor.

Resenha: Amor em Jogo por Simone Elkeles

Hi, guys! Após um longo tempo, eis que volto aqui para comentar com vocês uma das minhas leituras mais recentes. E como não poderia deixar de ser, o livro é jovem, e que pode ser leve, divertido - ou não -, e perfeito para uma feriadão como o que está por vir. 

Título: Amor em Jogo
Série: Amor em Jogo #1
Autora: Simone Elkeles
Editora: Globo Livros
Ano: 2014
Páginas: 360
Onde comprar: Amazon
Ashtyn Parker já está acostumada a ser abandonada, e aprendeu a não se deixar envolver demais em nenhum relacionamento. Quando sua irmã mais velha volta para casa, depois de dez anos, com um enteado a tiracolo, ela não quer saber de nenhum dos dois. O que Ashtyn não esperava é que o tal garoto mal-encarado e sem nenhum limite seria também... Irresistível. Depois de ser expulso do colégio interno em que estudava, Derek Fitzpatrick não teve outra escolha senão ir morar com a esposa de vinte e poucos anos de seu pai, que está viajando pela Marinha. Além de ter que aturar a madrasta, ele recebe a notícia de será obrigado a se mudar da Califórnia para sua cidade natal, Illinois. A vida não tinha mesmo como ficar pior... Ashtyn se esconde atrás de uma fantasia da vida perfeita: boa aluna, a única menina – e capitã! – do time de futebol americano da escola e namorada do quarterback promissor. Tudo parecia um conto de fadas. Ainda assim, ela se sente deslocada, e tem um plano para deixar tudo pra trás e correr em busca da bolsa de estudos em alguma faculdade bem longe de sua vida atual. Tudo o que Derek menos quer é participar de mais um drama familiar – já bastam os seus. Agora, ele se vê preso a uma casa estranha, com pessoas que não conhece e em uma cidade bem diferente do que está acostumado. O que ele não esperava era que aquela garota briguenta e fã de junk food seria capaz de mexer tanto com seus sentimentos. Ainda mais ele, tão acostumado a descartar meninas por aí. Para azar – ou sorte!? – de Ashtyn e Derek, o destino ainda guarda mais uma reviravolta na manga. Mesmo com hábitos, ideias e sonhos completamente opostos, um desejo incontrolável surge entre os dois e, juntos, eles enfrentarão o desafio de vencer os preconceitos e os tabus da cidade em que vivem, além de seus próprios medos, para se entregarem completamente a uma paixão avassaladora.