Resenha: Pule, Kim Joo So por Gaby Brandalise

Depois de um longo tempo longe da escrita e das leituras de entretenimento, eis que volto ao meu mundo dos livros através da leitura de uma obra que trata justamente disso: da escrita e da construção de uma voz mais forte que tudo.

Título: Pule, Kim Joo So
Autora: Gaby Brandalise
Editora: Verus
Páginas: 208
Onde comprar: Amazon | Submarino
O que você faria se precisasse escapar da sua própria vida? Um história inspirada em dramas coreanos. Marina vive em Curitiba, atormentada pelas agressões do ex-namorado. So vive em Seul, preso a uma culpa da qual não consegue se livrar. Em mundos tão distantes, mas carregando dores parecidas, a história dos dois vai se cruzar e fazer com que eles finalmente tomem o controle da própria vida, encontrando o ponto de virada que sempre buscaram. Pule, Kim Joo So é uma história ágil e original, que vai surpreender e divertir da primeira à última linha.

Resenha Especial: O Caso de Charles Dexter Ward por H. P. Lovecraft





Em homenagem ao Mês do Horror, um livro de um 
dos maiores mestre desse gênero: H. P. Lovecraft!
Título: O Caso de Charles Dexter Ward
Autor: H. P. Lovecraft
Editora: L&PM
Ano: 2006
Páginas: 176
Onde comprar: Amazon | Livraria Cultura | Saraiva
Sinopse: Charles Dexter Ward é um rapaz acometido por uma estranha obsessão com coisas antigas e um antepassado que levava a fama de bruxo por ter vivido de forma incomum. A sua busca por conhecer e entender esse antepassado acaba por levá-lo a uma igualmente estranha condição de saúde. Para conseguir descobrir uma forma de curar seu paciente, ou ao menos de entender essa mudança tão drástica, o único caminho que o médico da família encontra é entender a pesquisa de Charles a respeito do antigo suposto bruxo.

Resenha: A Hora do Lobisomem por Stephen King

Como vocês já puderam notar, nós temos um fraco por Stephen King. Então preparem o coração, pois ainda teremos muitas resenhas a fim de desbravar a obra do Mestre!

Título: A Hora do Lobisomem
Autor: Stephen King
Ilustrador: Bernie Wrightson
Editora: Suma de Letras
Ano: 2017
Páginas: 152
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
O primeiro grito veio de um trabalhador da ferrovia isolado pela neve, enquanto as presas do monstro dilaceravam sua garganta. No mês seguinte, um grito de êxtase e agonia vem de uma mulher atacada no próprio quarto. Agora, a cada vez que a lua cheia brilha sobre a cidade de Tarker's Mill, surgem novas cenas de terror inimaginável. Quem será o próximo? Quando a lua cresce no céu, um terror paralisante toma os moradores da cidade. Uivos quase humanos ecoam no vento. E por todo lado as pegadas de um monstro cuja fome nunca é saciada. Um clássico de Stephen King, com as ilustrações originais de Bernie Wrightson.

Resenha: Deuses Americanos por Neil Gaiman

Wednesday want you for God's Army.

Título: Deuses Americanos
Autor: Neil Gaiman
Editora: Intrínseca
Ano: 2016 (2º Edição)
Páginas: 576
Onde comprar: Amazon | Livraria Cultura | Saraiva | Submarino
Sinopse: "A saga de Deuses americanos é contada ao longo da jornada de Shadow Moon, um ex-presidiário de trinta e poucos anos que acabou de ser libertado e cujo único objetivo é voltar para casa e para a esposa, Laura. Os planos de Shadow se transformam em poeira quando ele descobre que Laura morreu em um acidente de carro. Sem lar, sem emprego e sem rumo, ele conhece Wednesday, um homem de olhar enigmático que está sempre com um sorriso no rosto, embora pareça nunca achar graça de nada."

Resenha: It, A Coisa por Stephen King

Quem também não está aguentando a ansiedade para o remake de It, A Coisa?

Título: It, A Coisa
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Ano: 2014
Páginas: 1104
Onde comprar: Amazon | Livraria Cultura | Saraiva | Submarino
Sinopse: Durante as férias de 1958, em uma pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança... e do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry.

Resenha: A Fera por Alex Flinn

Há alguns anos conheci o filme "A Fera", protagonizado por Vanessa Hudgens e Alex Pettyfer, a produção conquistou meu coração de imediato. Em uma busca para saber sobre a origem daquela releitura, fiquei sabendo que o longa-metragem era uma adaptação da obra escrita por Alex Flinn. Lembro que li avidamente e consegui me apaixonar ainda mais pelo meu conto de fadas favoritos. Mas isso aconteceu quando eu tinha 18 anos recém completados... O que eu senti lendo essa história 6 anos depois? Bem, isso vocês descobrirão nas próximas linhas.

Título: A Fera
Série: Crônicas de Kendra #1
Autora: Alex Flinn
Editora: Galera Record
Ano: 2011
Páginas: 320
Onde comprar: Saraiva
Eu sou uma fera. Uma fera. Não exatamente um lobo, ou um urso, um gorila ou um cão, mas uma terrível criatura que anda em duas patas uma criatura com dentes e garras e pelos surgindo de cada poro de minha pele. Sou um monstro. Você acha que estou falando de contos de fada? De jeito nenhum. O lugar é Nova York. O momento é agora. Não sofro de uma deformidade ou uma doença. E vou ficar dessa forma para sempre destruído , a não ser que possa quebrar o feitiço. Sim, o feitiço, aquele que a bruxa da minha aula de inglês lançou sobre mim. Por que ela me transformou em uma besta que se esconde durante o dia e rasteja à noite? Vou lhe contar. Vou lhe contar como eu costumava ser Kyle Kingsbury, o cara que você gostaria de ser, com dinheiro, beleza e uma vida perfeita. E aí vou contar como me tornei... a fera.

Resenha: O Americano Tranquilo por Graham Greene

Obras que trazem um cenário de guerra costumam despertar a minha atenção. E é em meio a bombardeios e a uma cultura totalmente distinta da que conhecemos, que o autor Ghaham Greene nos mostra uma história forte que pode ou não tratar de amor.

Título: O Americano Tranquilo
Autor: Graham Greene
Editora: Biblioteca Azul
Ano: 2016
Páginas: 232
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Durante a Guerra da Indochina (1946-1954), o repórter britânico Thomas Fowler conhece, em Saigon, Alden Pyle, jovem americano idealista e impetuoso, enviado em uma missão misteriosa ao Vietnã dominado pelo confronto entre tropas francesas e guerrilheiros comunistas. Experiente e cético, o correspondente de guerra simpatiza com esse “americano tranquilo”. Apesar do interesse mútuo, surge um decisivo foco de discórdia: Pyle apaixona-se por Phuong, a bela amante vietnamita de Fowler, cuja mulher está em Londres. Tendo como tema central um triângulo amoroso, O americano tranquilo é um romance em que as rivalidades pessoais — e sexuais — reverberam as disputas políticas. Essa confluência entre o público e o privado, entre as movimentações geopolíticas e as táticas de guerrilha das relações afetivas, permite a Graham Greene fazer uma crítica das ideologias que contaminam os laços sociais e levam a disputas homicidas.