Comic Resenha: Nimona por Noelle Stevenson


E como prometido, aqui está a resenha de uma das melhores HQs que li esse ano!

Título: Nimona
Autoras: Noelle Stevenson
Editora: Intrínseca
Ano: 2016
Páginas: 272
Onde comprar: Amazon | Livraria Cultura | Saraiva
Sinopse: Nimona é uma metamorfa sem limites nem papas na língua, cujo maior sonho é ser comparsa de Lorde Ballister Coração-Negro, o maior vilão que já existiu. Mas ela não sabia que seu herói possuía escrúpulos. Menos ainda uma deliberada missão.

Resenha: O Anel dos Nibelungos por A.S. Franchini e Carmen Seganfredo

Acomodem-se bem, peguem seua chifres e sirvam-se de hidromel que hoje trago mais algumas histórias nórdicas para esse início de inverno.

Título: O Anel dos Nibelungos
Autores: A. S. Franchini e Carmen Seganfredo
Editora: Artes e Ofícios
Ano: 2006
Páginas: 188
Onde comprar: Submarino | Estante Virtual
'O Anel dos Nibelungos' é sua obra mais expressiva e também a mais fascinante. A tetralogia operística mostra a gênese da humanidade e a decadência dos deuses através da saga de um poderoso e amaldiçoado anel que incita a ambição de anões, gigantes e até mesmo das divindades.

Comic Resenha: Lumberjanes Vol.1 por Stevenson, Ellis, Watters e Allen

Título: Lumberjanes - Cuidado com o Sagrado Gatinho (Vol. 1)
Autoras: Stevenson, Ellis, Watters e Allen
Editora: Devir
Ano: 2016
Páginas: 128
Onde comprar: Amazon | Livraria Cultura | Submarino
Sinopse: Lumberjanes é uma série em quadrinhos que acompanha as aventuras de cinco amigas que vão passar o verão num acampamento de escoteiras. Lá, elas se deparam com estranhas criaturas, fenômenos sobrenaturais e um mistério que terão que desvendar!

Resenha: Mitologia Nórdica por Neil Gaiman

Do início do mundo ao crepúsculo do deuses.

Título: Mitologia Nórdica
Autor: Neil Gaiman
Editora: Intrínseca
Ano: 2017
Páginas: 288
Onde comprar: Amazon | Livraria Cultura | SaraivaSubmarino 
Fascinado por essa mitologia desde a infância, o autor compôs uma coletânea de quinze contos que começa com a narração da origem do mundo e mostra a relação conturbada entre deuses, gigantes e anões, indo até o Ragnarök, o assustador cenário do apocalipse que vai levar ao fim no mundo. Às vezes intensos e sombrios, outras vezes divertidos e heroicos, os contos retratam tempos longínquos em que os feitos dos deuses eram contados ao redor da fogueira em noites frias e estreladas.

Resenha: O Beijo na Nuca por Dalton Trevisan

Título: O Beijo na Nuca
Autor: Dalton Trevisan
Editora: Record
Ano: 2014
Páginas: 144
Onde comprar: AmazonTravessa | Livraria Cultura | Saraiva
Sinopse: Quadragésimo sexto livro de Dalton Trevisan, O beijo na nuca reúne 48 contos e marca o retorno do mestre do conto brasileiro a histórias maiores. Título ao mesmo tempo irônico e revelador, mescla as histórias trágicas e apaixonantes que se repetem ao longo do livro, mas também servem como imagem para a linguagem incisiva e veloz do consagrado autor. 

Resenha: A Estrada da Noite por Joe Hill

Coloque Metallica e aumente o volume ao máximo!

Título: A Estrada da Noite
Autor: Joe Hill
Editora: Arqueiro
Ano: 2007
Páginas: 256
Onde comprar: AmazonCultura | Submarino | Saraiva
Jude Coyne, uma lenda do rock que coleciona objetos macabros, descobre que um estranho leilão na internet. Por 1.000 dólares, o roqueiro se torna o feliz proprietário do paletó de um morto, supostamente assombrado pelo espírito do antigo dono. Sempre às voltas com seus próprios fantasmas - o pai violento, as mulheres que usou e descartou, os colegas de banda que traiu -, Jude não tem medo de encarar mais um. Mas tudo muda quando o paletó finalmente é entregue na sua casa, numa caixa preta em forma de coração. Desta vez, não se trata de uma curiosidade inofensiva nem de um fantasma imaginário. Sua presença é real e ameaçadora. O espírito parece estar em todos os lugares. O roqueiro logo descobre que o fantasma não entrou na sua vida por acaso e só sairá dela depois de se vingar.

Falando sobre... Poder Agradecer



Alguns de vocês que estão lendo esse texto agora, já me conhecem há bastante tempo. Outros caíram de paraquedas no blog há pouco tempo. No entanto, quero cada um de vocês saibam que sou profundamente grata por vocês estarem aqui.