19 de julho de 2015

TAG: Calhamaços


E para comemorar o aniversário do blog, a Isa e eu resolvemos fazer uma TAG. Após vasculhar pela internet uma bacana, me deparei com a TAG Calhamaços! Encontrei-a no blog De Coisas Por Aí, respondido pela  Melissa Padilha, mas foi criada pela Denise Mercedes, do blog e vlog Cem Anos de Literatura (sei que nem todos tem muita paciência com vídeos, mas esse dela é super divertido!). A TAG consiste em responder 15 perguntas com livros grandes (os calhamaços). Apenas a critério de nota, por calhamaço, ou livro grande, eu adoto livros que tenham de 500 páginas para mais, ok?

1.      Maior livro da estante que já leu.



Marcel: Pode roubar e falar o que estou lendo atualmente?  Se puder, Dança da Morte, do Stephen King. Puro suspense, drama e tristeza!

Isa: Não vou roubar como o Marcel (risos) apesar de estar lendo um pequeno monstro neste exato momento e vou confessar que o maior que li até hoje foi também o responsável pela quebra de um recorde pessoal (mais adiante conto a experiência), o livro "Em Busca do Paraíso" de Judith McNaught.

2.       Maior livro da Estante que não leu.


Marcel: "Os Miseráveis", do Victor Hugo. Tenho muita vontade de ler, pois gosto demais do filme!

Isa: Agora é a minha vez de roubar! O livro que se encaixa melhor nessa categoria com certeza é "O Conde de Monte Cristo" de Alexandre Dumas que em sua versão de bolso tem 300 páginas a mais do que na edição normal.

3.       Calhamaço que tem medo de ler.


Marcel: Sinceramente? Eu morro de medo de ler Victor Hugo e ficar com cara de paisagem! O homem é cheio de referencias (Capitão América pira) das mais diversas e muitos falam que é um tanto trabalhoso entender. Para ilustrar, fico com "Os Trabalhadores do Mar".

Isa: Eu não sei se tenho medo de calhamaços pelo simples fato deles serem enormes, porque geralmente só os encaro quando sei que a história traz algo que eu gosto, mas um que me deixa com receio é "Dom Quixote" de Miguel Cervantes. Principalmente porque recebi a missão de ler em castellano. '-'

Marcel: Jesus! Ia ficar de decoração na minha estante! (risos)

4.       Calhamaço que tem fissura para ler.


Marcel: "Os Três Mosqueteiros", do Alexandre Dumas (Pai). É mais uma daquelas histórias que é tão disseminada que achamos desnecessário ler o livro, mas eu estou na fissura aqui...


Isa: Quem lê o blog há algum tempo sabe que sou completamente apaixonada por distopias. E um livro que tenho altas expectativas por acreditar que tem os elementos que curto nos livros de ficção científica, é o "Graça Infinita" de David Foster Wallace.

Marcel: O seu poderia entrar na minha lista de "medinhos". Me colocaram um pavor nesse livro...

5.       Livro grande, capa bonita.


Marcel: Revelarei algo que pode fazer algumas pessoas torcerem o nariz para mim, mas paciência: EU prezo MUITO por um livro bonito! Sim, beleza é um dos fatores que pesam bastante na hora de comprar um livro. Não chega a ser a condição que me faz comprar, mas um livro bonito realmente me deixa encantado! Por isso, é extremamente difícil escolher apenas um na minha coleção. Mas acho que, em termos de qualidade gráfica, poucos superam "O Mundo de Gelo e Fogo". A capa é linda, o livro é enorme, e as ilustrações são magníficas! Pra quem é fã das "Crônicas de Gelo e Fogo", torna-se um livro indispensável. Ah, antes que reclamem, o livro é imenso e tem uma letra muito miúda (risos).

Isa: Eu adoro capas bem elaboradas e que me deixam ansiosa para saber se o que ela traz condiz conteúdo do livro (odeio quando a história não tem nada a ver com a capa!). Seguindo esse critério posso colocar com certeza o livro "Jonathan Strange & Mr. Norrel" de Suzanne Clarke. Eu já gostava da primeira edição, mas essa é um primor! As ilustrações são lindas e me deixam louca para mergulhar na história.

Marcel: E você, como sempre, me deixa morrendo de inveja! Tem noção do quanto eu estou amando a minissérie desse livro? Quero pra amanhã! *-*

6.       Livro grande, capa feia.


Marcel: Difícil, justamente por causa do que falei na questão anterior. Mas o livro “menos bonito” da minha estante, mas que mesmo assim eu sou fascinado pela capa, seria "Crime e Castigo", do Fiódor Dostoiévski. Como disse, é o que considero menos bonito, mas que ainda assim acho lindo!

Isa: Como o Marcel é cheio de controvérsias, não é mesmo? (risos) Já eu, não sou muito cri cri com relação as páginas e uso conceitos diferentes para avaliá-las. Por isso fico até sem saber qual citar, mas para não floppar com a tag, vou escolher um livro que merecia mais capricho na capa: "Bellissima" de Nora Roberts (sempre penso que é a capa de algum cd de Ana Carolina). 

7.       Calhamaço que tem vergonha por estar abandonado na estante.



Marcel: "Paris, a Biografia de Uma Cidade", do Colin Jones. É um relato histórico sobre a minha cidade favorita, mas que está faz um bom tempo aqui na minha estante. Shame On Me!

Isa: Gente, o que eu vou contar agora é uma verdadeira vergonha. Eu comecei a ler empolgadíssima o livro "Outlander – A Viajante do Tempo" e depois de ultrapassar as primeiras 100 páginas, simplesmente empaquei. Devolvi ele para a estante (ele está olhando para mim agora) e ainda não voltei a ler. Triste...

8.       Calhamaço que leu e não lembra quase nada, ou quer reler.


Marcel: Vou plagiar do blog que vi a TAG e falar de "O Senhor dos Anéis", de J. R. R. Tolkien. Li os três livros quando tinha 18 anos, ou seja, há 5 anos. Na época não foi muito proveitoso (foi muito difícil, na verdade). Preciso reler, pois acredito hoje ter maturidade o suficiente para entender a obra, até porque li "O Hobbit" e "O Silmarillion" ano passado e foram duas das melhores leituras do meu ano!

Isa: Com certeza "O Mundo de Sofia" de Jostein Gaarder dada a sua relativa complexidade. Na verdade, preciso reler urgentemente porque esse é o tipo de história que a gente leva para vida, ainda mais se você gostar de filosofia e aventuras extraordinárias.

9.       Último calhamaço que leu.


Marcel: De acordo com o Skoob, foi "Battle Royale". Famoso por ter sido base de inspiração da Suzanne Collins em Jogos Vorazes, esse livro é fascinante. Uma pena o mangá ser tão sexualizado...

Isa: Vou roubar algumas poucas páginas porque realmente não lembro qual foi o último gigante que eu li, mas dentre os que eu lembro está "No Mundo da Luna" de Carina Rissi.

10.   Último calhamaço que abandonou.


Marcel: Bem, não é que eu tenha abandonado, porque eu pretendo retomar a Leitura, mas "Os Maias", do Eça de Queiroz é uma leitura bem... Maçante. Parece que eu leio, leio, e não saio do lugar, e nem os personagens, a propósito...

Isa: Não sou muito de abandonar livros, é quase como um desafio de vida. Mas assim como o Marcel, eu tenho lá meus livros que demoro mais tempo do que o necessário para lê-lo. No entanto, o que eu escolhi para essa tag foi um que eu não sei até hoje porque não terminei de ler – já que eu estava alucinada na leitura – e vou usar essa postagem como incentivo para retomar a leitura: "A Passagem" de Justin Cronin.

11.   Livro grande que leu muito rápido.


Marcel: Ok, vamos lá: Eu sou um leitor bem devagar. Morro de inveja do pessoal que pega os três livros de "O Senhor dos Anéis" e o conclui em uma semana, eu jamais conseguiria. Por conta disso, o meu rápido pode ser meio cômico para alguns leitores. Mas esse seria "A Tormenta de Espadas", do George R. R. Martin. Eu terminei no incrível tempo de um mês! (Essa é a hora que vocês riem) Meu livro favorito da série, me fez chorar, me fez rir, mas é totalmente o ponto alto de toda a trama.

Isa: Como estava contando para vocês lá em cima, o livro "Em Busca do Paraíso" de Judith McNaught foi o responsável pela quebra de uma recorde, que foi... a leitura de um calhamaço em um dia! Sim gente, é verdade. Mas eu tenho uma explicação para isso: adoro romances e sempre os devoro rapidinho.

Marcel: ... Uau... Eu provavelmente demoraria quase um mês pra ler...

12.   Livro grande que leu devagar.


Marcel: "O Festim dos Corvos", também do George R. R. Martin. É claro que eu sabia que o livro seguinte não conseguiria manter o fôlego do Tormenta, pois ele foi todo focado nas reviravoltas da guerra, mas esperei que mantivesse uma linearidade na qualidade dos demais livros. Mas não, o livro é totalmente devagar, personagens desnecessários e acabaram totalmente com alguns personagens que eu era apaixonado. Eu poderia colocar o "Dança dos Dragões" aqui também, porque o efeito foi quase o mesmo...

Isa: No momento estou ensaiando a leitura de "It – A Coisa" do Stephen King e vou dizer a vocês, realmente ele requer uma leitura mais ponderada, já que apesar de ser uma história muito bem escrita, a característica do autor de levar o seu tempo para caracterizar os personagens e revelar seu enredo, torna a leitura um tanto quanto cansativa.

13.   Calhamaço que deixou uma saudade imensa.


Marcel: "Harry Potter e o Cálice de Fogo", da J. K. Rowling. Ele tem pouco mais de 500 páginas, então tá valendo! Meu livro favorito de toda a série, o chamo de “meu primeiro épico de suspense”, pois a Rowling bolou um plot tão bom que não deixou nenhuma ponta solta nesse livro, tudo que foi mostrado e apresentado foi brilhantemente usado!

Isa: Assim como o Marcel, vou de uma aventura infantojuvenil que marcou a minha infância e que pretendo fazer uma releitura em breve: "As Crônicas de Nárnia" do C.S. Lewis. Essa é uma história linda e que eu adoro, mal posso esperar para ler novamente "O Sobrinho do Mago", história que disputa o favoritismo no meu coração junto com "O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa".

14.   Calhamaço que te fez chorar.


Marcel: "Morte Súbita", também da J. K. Rowling. Como não chorar com aquele final, gente? Uma pena que tenham estragado a adaptação...

Isa: Gente, eu sou a pessoa mais chorona do mundo. Principalmente quando o assunto é romance, se for um escrito por Judith McNaught então, é certeza que vou me encolher em posição fetal e chorar copiosamente. Um dos livros dela responsáveis por fazer isso comigo foi o lindo "Alguém Para Amar".

15.   Próximos calhamaços (a lista de futuras leituras)

Marcel: Muchas Cositas...




  • Os Pilares da Terra de Ken Follet
  • Os Irmãos Karamázov de Fiódor Dostoiévski
  • Sherlock Holmes - Contos de Arthur Conan Doyle
  • A Christmas Carol And Other Christmas Stories de Charles Dickens
Isa: Lista sem fim...


  • O Pintassilgo de Donna Tartt
  • Novembro de 63 de Stephen King (e todos os outros calhamaços dele -  sim, sou ambiciosa!)
  • A Ilha Misteriosa de Julio Verne
  • Nós, os Afogados de Carsten Jensen
Agora é com vocês, quais desses livros vocês já leram e recomendam (ou não)?

--- Marcel e Isa ---

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.



ATUALIZAÇÕES DO INSTAGRAM