15 de junho de 2015

Curta Cinema: Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros

Título no Brasil: Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros
Título Original: Jurassic World
Diretor: Collin Trevorrow
Duração: 125 minutos (2 horas e 5 minutos)
Elenco: Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Ty Simpkins, Nick Robinson, Vicent D'Onofrio
O Jurassic Park, localizado na ilha Nublar, enfim está aberto ao público. Com isso, as pessoas podem conferir shows acrobáticos com dinossauros e até mesmo fazer passeios bem perto deles, já que agora estão domesticados. Entretanto, a equipe chefiada pela doutora Claire (Bryce Dallas Howard) passa a fazer experiências genéticas com estes seres, de forma a criar novas espécies. Uma delas logo adquire inteligência bem mais alta, logo se tornando uma grande ameaça para a existência humana.


Vinte e dois anos atrás o mundo testemunhava o nascimento de Jurassic Park, um clássico instantâneo. Sucesso de público e crítica, o filme quebrou diversos recordes e revolucionou a indústria de efeitos especiais de maneira ímpar. Estreando 22 anos após o original, muita coisa mudou de lá pra cá, computadores, internet, smartphones, bem como, o notável avanço da tecnologia na área de efeitos especiais. No entanto, mesmo com essa evolução, pouquíssimos filmes se atreveram a trazer dinossauros a vida, já que para isso é  necessário roteiros criativos, bons diretores e um orçamento considerável.

A trama desse filme começa mostrando dois adolescentes (Nick Robinson e Ty Simpkins) que estão indo passar uns dias no Jurassic World – um parque que é a realização do sonho de John Hammond que ocorre após pouco mais de 20 anos depois do último filme. Paralelamente nesse mesmo local, Owen Grandy (o Star Lord, Chris Pratt) que é um ex militar, agora conduz uma pesquisa comportamental sobre os velociraptors. Enquanto isso a tia dos garotos, Claire Dearing (Bryce Dallas Howard) é responsável por manter o parque em ordem. No entanto, meros dinossauros não chamam mais a atenção do público e isso faz com que o parque caminhe para um próximo passo que é a manipulação genética e a criação de dinossauros híbridos. O resultado dessa evolução é o Indominus Rex. Além de maior do que os demais dinossauros, essa nova criatura também é altamente inteligente e consegue fugir do cativeiro colocando cerca de 20 mil visitantes da ilha em perigo.

O filme no fundo se mostra uma grande reciclagem de ideias com algumas coisas novas, porém, o roteiro é executado de tal modo que nos engana dando uma ideia de frescor ao filme. Os protagonistas também estão muito bem no filme, Chris Pratt dá um show quando se fala em carisma e Dallas Howard não fica atrás, só o elenco infantil que é um pouco chato. Sobre a direção, Steven Spielberg que dirigiu os dois primeiros filmes da franquia agora vem como produtor executivo, o que não quer dizer que não seja possível ver um toque seu, já que aparentemente ele chegou a dirigir algumas cenas em parceira com Collin Trevorrow, o diretor de "Jurassic World" que também assina o roteiro do filme. Por vezes é complicado ver o que é do Spielberg e o que é Trevorrow no longa em decorrência dessas contribuição e do visual do filme como um todo.

A edição também é caprichada e a equipe de efeitos especiais deu um autêntico show. Em algumas cenas os famosos animatrônicos (robôs responsáveis por simular os dinos em algumas cenas) são utilizados e isso contribui sobremaneira para o espetáculo proporcionado pelo filme. O roteiro apresenta ideias recicladas dos filmes anteriores da franquia e acaba prestando homenagem ao clássico de 1993. Em suma, com um excelente elenco e equipe técnica, "Jurassic World" não revoluciona ou se torna um jovem clássico como Mad Max (filme que também veio direto do passado para o público mais jovem), porém, merece ser visto pelos seus espectadores por ser uma boa pedida seja para os mais jovens, seja para os mais velhos que certamente o verão com um quê de saudosismo. Além disso, diferente de muitos filmes atuais feitos pra ganhar dinheiro com ingresso mais caro, esse merece ser visto em 3D. 


--- Igor Gabriel ---

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.



ATUALIZAÇÕES DO INSTAGRAM