2 de março de 2015

Curta Cinema: Sniper Americano

Título no Brasil: Sniper Americano
Título Original: American Sniper
Diretor: Clint Eastwood
Duração: 133 minutos (2 horas e 13 minutos)
Elenco: Bradley Cooper, Sienna Miller, Cory Hadrict, Eric Close.
Adaptado do livro American Sniper: The Autobiography of the Most Lethal Sniper in U.S. Militar History, o filme conta a história real de Chris Kyle (Bradley Cooper), atirador de elite das forças especiais da marinha americana. Durante cerca de dez anos ele matou mais de 150 pessoas, tendo recebido diversas condecorações por sua atuação na Guerra do Iraque.

Clint Eastwood, um dos maiores nomes do cinema de todos os tempos, nos brinda com essa obra-prima que certamente entrará no hall dos clássicos do cinema. O filme, que é impecável em todos os seus aspectos, além de relatar a vida do sniper Chris Kyle ao qual o governo americano atribui mais de 160 mortes (segundo o próprio Chris, esse número é de 250 pessoas), mostra também o quão imbecil pode ser uma guerra. Afinal pessoas morrem dos dois lados, prejudicam toda uma sociedade e levam traumas para o resto da vida.

Não é demais reafirmar que o filme não erra em NENHUM ponto. Ele alterna entre os Estados Unidos e o Afeganistão, onde Chris serviu durante quatro turnos (algo que tirando os espaços chegam perto de 1000 dias), e revela o excelente diretor que Eastwood vem se tornando (vide Gran Torino). Para quem não conhece o Eastwood de suas famosas interpretações como pistoleiro em filmes de faroeste, vale a pena conferir a "Trilogia dos Dólares" de Sérgio Leone. Embora o filme seja antigo, ainda não perdeu o charme. 

Mas em se  tratando de "Sniper Americano", posso dizer que aqui todos os aspectos das cenas de combate se mostram extremamente bem feitas, já que Bradley Cooper aparentemente foi ao exército aprender o mínimo, pois é visível sua preparação em elementos essenciais como segurar o fôlego, controlar os batimentos cardíacos, tudo para que o tiro saia perfeito, preciso.

O ato final, dirigido com maestria, foi ao menos emocionante para mim, já que cheguei a tal ponto que me vi chorando nas últimas cenas. Quanto as armas, a produção fez uma pesquisa de campo extraordinária! Vemos fuzis M-4A-1 (arma padrão do exército norte-americano), fuzis AK-47 (fuzil de assalto soviético que com o fim da guerra fria se tornou quase uma praga nos quatro cantos do mundo), bem como, Fuzis Dragunov (fuzil de longo alcance soviético que teve o mesmo destino da AK-47). O trabalho foi tão minucioso que coisas como diferença sonora, munição, tamanho de pente e outros tantos aspectos técnicos estão lá. Conclusão, Sniper Americano é um filmaço mais do que obrigatório! Apenas veja e desfrute desse verdadeiro clássico. 


--- Igor Gabriel ---

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.



ATUALIZAÇÕES DO INSTAGRAM