26 de setembro de 2014

Resenha: Paralela por Lauren Miller

O que diferencia aquilo que está no nosso destino, daquilo que conquistamos através do nosso livre arbítrio? Essa é uma pergunta recorrente em “Paralela”, um livro que mais do que falar sobre um caminho a ser seguido para conquistar aquilo que se quer, trata da concretização daquilo que já está escrito nas estrelas.

Título: Paralela
Autor (a): Lauren Miller
Editora: Pavana
Páginas: 327
Ano: 2014
Onde comprar: Saraiva
Abby Barnes tem um plano. Ela sabe o curso que vai fazer, a faculdade em que vai estudar e até o lugar onde vai trabalhar. Mas pequenas decisões podem mudar uma vida inteira, e, na véspera de seu aniversário, Abby está questionando suas escolhas. No dia seguinte, ela acorda num lugar completamente diferente, um ano mais velha, sem saber como tudo mudou da noite para o dia. A resposta é mais inesperada do que poderia imaginar: uma colisão de universos paralelos que a faz viver uma versão alternativa de si mesma. Com a ajuda da melhor amiga, Caitlin, e dividida entre dois caras que poderiam muito bem ser o amor de sua vida, Abby se depara com o desafio de redescobrir a si mesma enquanto lida com a confusão em que sua vida se transformou.

Abby tem todo o seu futuro profissional meticulosamente planejado. Ela sabe que profissão quer ter, que universidade quer ingressar e o que quer estar fazendo depois que se formar. Não cabia na sua vida nada que estragasse os seus planos perfeitos. Mas o último ano do ensino médio parecia estar lhe reservando surpresas desastrosas para ela, já que depois de perder sua vaga no estacionamento e de ter uma matéria extra excluída da sua grade curricular, ela é levada a tomar uma decisão sem pensar e acaba mudando toda a sua vida por causa de uma escolha que era aparentemente simples.

Presa em uma realidade que ela jamais imaginou viver, tudo parece prestes a mudar quando no seu aniversário um tremor atinge toda a terra deixando todas as pessoas com uma intensa dor de cabeça e a sensação de que as suas lembranças estavam um tanto confusas. Mas o que começa como algo desesperador logo se transforma na chance que Abby precisava, pois contra todas as possibilidades ao invés dela estar em Los Angeles gravando um filme, ela está na renomada universidade de Yale com a sua melhor amiga Caitlin e prestes a se envolver com um cara super charmoso, que parece preencher todos os pré-requisitos para se tornar seus príncipe encantado.

Quando iniciei a leitura de "Paralela" eu não sabia muito bem como esperar o desenvolvimento do enredo proposto por Lauren Miller. Pois se de um lado a premissa do livro era de um romance com foco nas indecisões de uma adolescente prestes a entrar em uma vida adulta, por outro, havia também uma promessa de abordagem na ficção científica - em especial, na teoria de universos paralelos estudada pelos físicos quânticos. Mas mais do que isso, a autora sutilmente induz o leitor a esperar a junção dessas duas vertentes em uma trama que faria a sua protagonista percorrer uma longa jornada até entender a brevidade da vida e a importância de cada decisão tomada.

As promessas foram tantas que fiquei pensando se Miller daria conta de me convencer ou não, mas logo percebi que não havia motivos para temer, já que a foi com muita fluidez e engenhosidade que a autora fez uma história deliciosamente divertida e que apesar de não fornecer todas as respostas que eu queria, conseguiu me cativar sobremaneira. A razão principal para isso está na personagem Abby, pois com uma vida virada de pernas para o ar, tudo parece dar errado - principalmente as coisas que ela mais quer. Me vi tantas vezes nela, que mesmo quando ela cometia certos deslizes, eu a tolerava

Ainda mais porque independente dela estar fazendo as escolhas certas ou não, conheço bem essa sensação horrível: a de você se esforçar por algo que deseja e ver aquilo ser tirado de sua vida antes mesmo de poder decidir se isso é realmente o que você quer. Esse aspecto da história me deixou tão rendida, que nem o triângulo amoroso que a autora inseriu conseguiu me deixar com algo menos que um sorriso no rosto durante toda a leitura do livro - verdade seja dita, um desses romances é especialmente fofo e me conquistou. Tanto que ao final, mesmo esperando algumas respostas a mais acerca da teoria dos universos paralelos e algumas conclusões acerca de alguns personagens secundários, fiquei com a sensação indelével de que naquelas páginas habitava uma melhor amiga que eu jamais esqueceria.

[...] Estamos a uma decisão ou duas de destruir os relacionamentos mais importantes para nós e para as pessoas que amamos. E na maior parte do tempo, nem sabemos. Pág. 244

Playlist:


--- Isabelle Vitorino ---

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.



ATUALIZAÇÕES DO INSTAGRAM