23 de janeiro de 2017

Comic Resenha: Mônica, Força por Bianca Pinheiro

Em Força, a dentucinha mais querida dos quadrinhos precisa enfrentar um 
problema onde sua característica mais marcante não poderá ajudar...

Título: Mônica - Força
Autora: Bianca Pinheiro
Editora: Panini Comics
Ano: 2016
Páginas: 84
Onde comprar: Amazon | Saraiva
Sinopse: Sempre que é preciso, a Mônica usa sua força para resolver os problemas. Agora, terá que enfrentar o maior deles. E não poderá ser na base da coelhada. Em Força, Bianca Pinheiro faz a principal personagem de Mauricio de Sousa (e do quadrinho brasileiro) encarar o grande desafio de sua vida, numa história tão dolorida quanto emocionante.

Depois de tanto ouvir falar da nova história da Mônica - e de Bianca Pinheiro, que a desenhou - decidi conferir o trabalho dessa moça. Sábia decisão: que traço lindo e que delicadeza em narrar!

Mônica: Força, traz o selo Graphic MSP (Mauricio de Souza Produções), no qual diversos autores nacionais fazem releituras dos personagens e das narrativas do universo da Turma da Mônica. É complicado fazer essa resenha sem entregar toda a trama... então me perdoem se sentirem que eu deveria ser mais específica (e leiam essa Graphic se ficarem curiosos para saber mais!).

Nossa querida baixinha dentuça é conhecida por não ter medo e enfrentar a tudo e a todos junto com seu inseparável Sansão. Mas nessa nova história, acompanhamos um drama em que sua força física não pode ajudá-la. Mônica tem sete anos e passa por um momento muito difícil e delicado, - fica constantemente calada, introspectiva e triste - está impotente com a nova realidade em sua família


Sabemos que algumas situações na vida, por mais que esse seja o nosso desejo, não podem ser modificadas por nosso esforço ou vontade... e é de partir o coração o desespero silencioso da Mônica diante dessa percepção. Nem o traço fofo e a paleta de cores maravilhosa da Bianca Pinheiro amenizam isso. Pelo contrário, a diagramação das páginas, o jogo de sombras e a abundância de cenas mudas reforçam a fragilidade e o estado de espírito de Mônica nesse momento.  

Tudo nessa HQ entrega uma grande sensibilidade, do desenho ao roteiro. Mais do que nunca Mônica é uma criança, e uma criança que vê o seu mundo desmoronar sem poder fazer realmente nada para impedir o que parece indetenível. Impossível não sofrer junto com ela e não sentir seu medo a cada página.

Revemos os amigos de Mônica ao longo da história - Magali, Denise, Cebolinha, Cascão - além do seu cãozinho Monicão, mas a interação e os papeis que desempenham são completamente secundários ao drama pessoal da colega dentuça. 

Mônica: Força narra, sob a perspectiva de uma criança, o que acontece e poderia acontecer com qualquer família. A história é contada com muito tato e inteligência no aproveitamento dos recursos gráficos. Impressionante a quantidade de sentimentos que Bianca Pinheiro consegue nos fazer sentir em tão poucas páginas. Sem dúvida honrou a personagem, leitura indispensável!

P.S.: Devo avisar, ninjas cortadores de cebola habitam algumas páginas dessa HQ.



Comentários acerca da edição:

Essa edição é capa dura e, como as imagens já demonstram, os desenhos são em cores. Não percebi erros de revisão. O traço é primoroso. Após a história, tem um material de leitura complementar bastante interessante, onde, dentre outras coisas, conhecemos o processo de construção dessa Graphic (e particularmente, considero esse material tão essencial quanto a narrativa em si). Compra mais do que recomendada!

--- Mariane Brandão ---

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.



ATUALIZAÇÕES DO INSTAGRAM