4 de julho de 2015

Falando sobre... Ainda há espaço para quem só escreve?


Recentemente estive pensando na quantidade de vloggers que eu acompanho em detrimento do número de bloggers. E por mais que esse último ainda seja o que ocupa a maior parte do meu feed, percebi que esse primeiro grupo aumentou enormemente. Isso me fez pensar em quantos blogueiros fecharam seus blogs e optaram por dedicarem-se aos canais, bem como, a relevância que a conversa propriamente dita sobre os assuntos literários tem ganhado no cenário nacional. Observar essa mudança me fez pensar em uma coisa: ainda há espaço para aqueles que só escrevem e não gravam vídeos?

Não vou negar que já pensei inúmeras vezes em fazer um canal para o blog e assim ter mais uma opção para debatermos sobre a nossa paixão: os livros. No entanto, não acho que seria justo fazer isso apenas para seguir a onda, já que às vezes é sim preciso remar contra a maré, ainda mais se é algo que eu ainda não sinto tanta vontade de fazer. Talvez em outro momento eu sinta que chegou a hora de colocar as ideias que eu tenho em prática e que só são possíveis no formato de vídeo, mas agora acredito que a melhor opção para mim é continuar nessa tão gostosa e familiar discrição.

Pelo que já li por aí, eu não sou a única a optar por continuar nas sombras, tão pouco sou a única a pensar se  o crescimento do número de vlogs influenciará no gradativo desaparecimento dos blogs. Particularmente, penso nisso por saber que antes os vlogueiros enfrentavam sérias dificuldades para conquistar o seu espaço, já que além das pessoas não estarem acostumadas a esse novo formato, as editoras ainda não sabiam se deviam ou não apostar neles. Então é quase que natural que o inverso também ocorra, não é mesmo?

Mas mesmo quando as coisas ainda estão tão indefinidas, tendo a ser um pouco mais otimista que alguns, pois continuo acreditando que há espaço para todos na vestidão que é internet. E enquanto houver isso, continuarei por aqui fazendo o que mais gosto que é escrever sobre livros e estabelecer contato com pessoas tão bacanas e que eu jamais conheceria sem o blog. Se um dia encararei o projeto de ficar a frente de um canal? Só o tempo dirá. Todavia, enquanto isso vamos nos entrosando por aqui e dando continuidade a essa relação que temos.

E vocês, o que pensam sobre o assunto? Acreditam que hoje em dia é essencial fazer vídeos para atrair visitantes? E a correria do cotidiano, ela influencia as pessoas a optarem por assistir vídeos a lerem textos? Deixem suas opiniões!

--- Isabelle Vitorino ---

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.



ATUALIZAÇÕES DO INSTAGRAM