Resenha: O Descompasso Infinito do Coração por Bianca Briones

Eu sou o tipo de leitura que preciso sentir uma ligação profunda com os personagens para que eu consiga me envolver com a história como um todo. Infelizmente, isso não aconteceu em "O Descompasso Infinito do Coração" e acho que por isso que essa leitura teve tantos altos e baixo para mim...

Título: O Descompasso Infinito do Coração
Série: Batidas Perdidas #2
Autor (a): Bianca Briones
Editora: Verus
Páginas: 406
Ano: 2015
Onde comprar: Saraiva
O Descompasso Infinito do Coração - Clara acaba de descobrir a traição do marido. Com dois filhos pequenos e a baixa autoestima que a consome, ela vê sua vida mudar drasticamente, apesar do desejo de permanecer na zona de conforto. Bernardo é apaixonado por Clara desde a adolescência. Agora ele tem a chance de conquistá-la e mostrar que os dois devem finalmente ficar juntos. Mas o que parece tão simples, para ele, é complexo demais para ela. Enquanto Bernardo é preenchido por certezas, o coração de Clara é inundado de receios, traumas e dúvidas. Como viver o presente quando o passado não deixa você olhar para frente? Será que um coração despedaçado pode recuperar a capacidade de amar? E o mais importante: como se entregar de corpo e alma quando não se consegue amar nem a si mesma? Em O descompasso infinito do coração, Bianca Briones mostra que o verdadeiro amor pode resistir ao tempo e a cada obstáculo que a vida lhe impõe. Esta é uma história intensa e comovente de segredos, paixão e amizade. É a última chance de dois corações que cansaram de viver separados. 


Clara está sem norte. Seu marido lhe traiu e ela não sabe o que irá fazer da sua vida depois dessa descoberta. Ela tinha medo pelos seus filhos, seu lindos gêmeos. Essa traição faz com que ela reflita sobre a sua vida e a maneira como está vivendo. Acima do peso, sem trabalho e se sentindo cada vez mais perdida, ela tenta encontrar forças nos seus amigos que jamais a abandonaram, incluindo no Bernardo. A relação que ela tem com Bernardo sempre foi doce, mas extremamente complicada. Ela fingia não saber o que o Bê sentia por ela, pois essa era uma complicação que ela não quis para a sua vida nem antes, nem iria querer agora que tudo estava tão confuso. Só bastava Bernardo entender isso.

Bernardo sempre se viu no papel de melhor amigo apaixonado que nunca sairia da friendzone. Se manter apaixonado por Clara foi algo fácil, difícil era ter que lidar com a recusa que ela sempre dava para o seu amor. Ele sabia que a vida dela foi complicada desde que perdeu a sua mãe em um trágico acidente de carro e que essa era apenas a superfície de problemas ainda mais complexos que ela teve até casar com Maurício. Mas ele já estava cansado de esperar, precisava desesperadamente de uma chance para provar que ele poderia fazê-la feliz e esquecer as dificuldades que ela teve que passar no passado. Ele queria ser o príncipe que a resgataria de uma vida repleta de tristezas e desastres, porém, ele não sabia se era isso mesmo que ela precisava. Talvez, a única que pudesse salvá-la, era ela mesma.

Conheci o trabalho da Bianca Briones quando ela tinha um blog literário chamado "Redoma de Vidro" e tinha publicado o livro "Entre o Amor e a Amizade" de forma independente. Após algum tempo que encerrou o blog, acompanhei alguns comentários dela a respeito da reelaboração desse livro, que depois se transformou em "As Batidas Perdidas do Coração". Eu já tinha carinho pela autora, mas só agora pude finalmente conferir um trabalho seu de perto. E o que dizer de "O Descompasso Infinito do Coração" além de que eu fiquei dividida entre o amor e o ódio?

Narrado em primeira pessoa através dos pontos de vista de Clara e Bernardo que se intercalam, o livro tem um detalhe que eu particularmente adoro com os autores exploram: pequenos trechos de música que ditam o tom do capítulo e nos mostram sob um outro ângulo os sentimentos dos personagens. Com relação a eles, é complicado colocar em palavras tudo o que eu senti por eles, já que as coisas caminharam sob uma linha muito tênue, principalmente com relação a Clara. Sim, eu sei que ela estava sofrendo e que a vida foi muito cruel com ela na maior parte do tempo, mas custava ela fazer um esforço para enxergar além dos seus problemas e do que eles fizeram com ela sem machucar no percurso pessoas que a amavam tanto, como o Bernardo?

O que mais me incomodou foi justamente isso. Não, a questão não era Clara estar depressiva e precisando mudar a sua vida, porque isso é algo muito sério e que mexe com as estruturas de qualquer pessoa, mas sim o fato dela sempre conseguir magoar o Bernardo, dizer coisas horríveis para ele, apenas por saber que ele estaria lá para ela independente do quanto ela fosse má com ele. Não gosto dessas relações onde um fica fazendo o outro de capacho, mesmo que isso ocorra de modo inconsciente, isso me deixa um tanto brava. Em compensação, o Bernardo é alguém incrível, mesmo faltando um pouco de pulso forte para lidar com a Clara, achei muito lindo o amor que ele sentia por ela mesmo após tantas rejeições.

O contraponto da intensidade dessa relação ficou por conta dos amigos do casal e das situações impagáveis que alguns deles protagonizavam. Pelo que pude perceber, o próximo livro da série irá trazer dois deles para viver a sua história de amor: a Branca e o Rodrigo. Fiquei muito curiosa com o que a autora reserva para eles, até porque acredito que essa personagem fará com que eu consiga me entrosar melhor com ela, bem como, conseguirá tirar de mim a sensação que eu fiquei de que a história da personagem se misturava demais com a da própria autora (a Bianca fala um pouco sobre isso nos agradecimentos). Em suma, posso dizer que "O Descompasso Infinito do Coração" é um livro perfeito para quem gosta de histórias de amor complicadas e apesar de não ter me conquistado totalmente, me deixou com um sentimento de carinho pelos personagens e de tudo que eles tiveram que enfrentar para ficarem juntos.

[...] As paixões podem ser levadas pela água da chuva, mas o amor... O amor não vai embora nem com a pior das tempestades.

--- Isabelle Vitorino ---

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.