Resenha: Um Romântico Incorrigível por Devan Sipher

Um Romântico Incorrigível é um dos romances mais divertido e apaixonante que já li este ano. Eu não sabia de nada sobre o livro antes de ter ele em minhas mãos, comecei a ler sem nem uma expectativa. Resultado? Uma ótima leitura! O livro já conquista com sua belíssima capa e uma sinopse que deixa você curioso para saber como a história vai se desenrolar. A história criada por Devan Sipher foi uma grata surpresa!

Título: Um Romântico Incorrigível
Autor: Devan Sipher
Editora: Verus
Páginas: 252
Ano: 2012
Ele é um romântico incorrigível e também profissional, pois escreve uma coluna sobre casamentos para um importante jornal, cobrindo festas espetaculares de costa a costa do país. Mas há uma linha tênue entre ser um repórter bem-sucedido com uma matéria para escrever e ser um cara sozinho num sábado à noite, no casamento de um desconhecido. Tudo muda na primeira noite do ano, quando Gavin conhece Melinda, uma jornalista de viagens com um espírito aventureiro. Mas Melinda vai embora e parece ter desaparecido sem deixar rastros. Gavin inicia então uma jornada por Nova York em busca dessa intrigante mulher. E aprende que há algo pior do que perdê-la: ter que escrever um artigo sobre o casamento dela.

Gavin Greene é um colunista muito conhecido, principalmente entre as noivas, que trabalha em um dos jornais mais importantes de New York na seção de casamentos (É, é isto mesmo, ele escreve sobre casamentos. Por que você achou que ele era tão conhecido entre as noivas?). No auge dos seus trinta e oito anos, Gavin está solteiro e louco para encontrar sua metade da laranja (tem coisa mais brega do que “metade da laranja”? rsrsrsrs Eu poderia botar “alma gêmea”, mas acho já tão usado que resolvi colocar esta outra expressão) e ele encontra, mas deixa-a escapar. Desesperado por ter deixado Melinda escapar, Gavin decide procurar por ela o que vai lhe fazer entrar em algumas enrascadas bem engraçadas.

Como já falei. A história criada por Devan Sipher foi uma grata surpresa, dos personagens à narrativa, tudo no livro é bem pensado e de bom gosto. Os personagens são tão verdadeiros que você pode esbarrar em um na rua. Eles têm o lado dramático, mas também tem o lado cômico. Muito legal. A narrativa também é muito boa, o livro não é corrido, mas também não é parado, ele é uma mistura dos dois, quando tem que ser mais parado para entendermos a cena ele é, quando tem que ser corrido para nós apresentar cenas de preenchimento ele é. Devan soube alternar muito bem entre os dois, sem deixar que a atenção do leitor se desprenda do livro.

Como qualquer comédia-romântica o final do livro é bem clichê (Mocinho + Mocinha = Felizes), mas o que o livro quis passar não está no final e sim em toda a obra, o livro veio para afirmar mais uma vez (varias outros meios já afirmaram isto, de músicas a filmes e etc.) que ninguém pensa igual a ninguém, e que cada um é diferente do outro, por mais estereotipado que seja. O grande exemplo é o Gavin que foi criado para mostra que homem também pode ser romântico (Tá vendo mulheres?).



Enfim, entre tantas qualidades só me resta recomendar a leitura do livro para todos os românticos(as) de plantão. Só tenho mais uma coisa a acrescentar; acho que não vai demorar muito para vermos a história de Gavin e Melinda nas telonas (torcendo para que isto aconteça).


--- Jackson Fernandes ---

9 comments

Amanda.. 12 de novembro de 2012 17:19

Quem é romântico(a) incorrigível levanta a mão
\0/\o/

Já tinha lido algumas resenhas do livro, ele realmente me encanta, adoro romances..

Dany 13 de novembro de 2012 19:59

Sou louca para ler esse livro, já vi várias resenhas muitos boas sobre ele.
Tenho certeza que o livro é muito lindo e fofo, e isso já me ganha de cara.
A capa tbm foi um dos pontos fortes que me conquistaram no livro.
Bjos...

Jadi Soares 13 de novembro de 2012 23:10

Parece ser interessante ver a história idealizada pelas mulheres e seu príncipe encantado, mas na visão de um homem.
Adorei sua resenha e fiquei bem curiosa para saber o que acontece. E a capa do livro btm e mt fofa!
Ah! Eu quero esse livro!
bjim

Paula Camargo 14 de novembro de 2012 22:26

Adorei o título,adorei a capa,e a resenha !

A música do engenheiros venho a calhar bem com o assunto do livro,não tinha lido nenhuma resenha desse livro,mas me agradou bastante,e é ótimo a sensação de um livro te surpreender!

llivroseletras.blogspot.com

Rosana Apolonio 16 de novembro de 2012 09:48

Eu como uma boa romântica incorrigível, estou louca para ler esse livro. Ainda não conhecia a história, mas pela sua resenha creio que vou amar. Principalmente por narrar uma história de amor na perspectiva de um homem. Com certeza é um livro que vai parar na minha lista de presentes desejados. ;)

Jessica Lisboa 17 de novembro de 2012 08:43

Fiquei em duvida a respeito desse livro, tinha lido outra resenha onde dizia que o livro era tipo, muito chato. Agora que vi a sua fiquei em duvida se devo compra-lo ou não.
Ps: A capa é mega fofa.

Amor de Livros 19 de novembro de 2012 21:41

Eu ganhei esse livro e quero muito ler... Está na minha pilha de próximas leituras bem aqui do meu lado.

Bjs

Clara Beatriz 19 de novembro de 2012 21:45

Adoro livros de comédia-romântica, não me importa de eles serem clichês, não faz mal, eu gosto do mesmo jeito

Manu Hitz 27 de novembro de 2012 17:00

Obaaaaa! Tomara que vire filme mesmo, tudo pra ser uma comédia romântica bem gostosa.
Achei a sinopse tão fofa, bem representada na capa, super criativa e divertida.

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.