Virou Filme: John Carter – Entre Dois Mundos

 


O que dizer de um filme que supera todas as suas expectativas? Sinceramente? Não sei. Além disso, não faço nem ideia de por onde começar essa resenha. Mas bem, vamos tentar!

Título: John Carter – Entre Dois Mundos
Título original: John Carter
Lançamento: 2012 (EUA)
Direção: Andrew Stanton
Atores:  Taylor Kitsch, Lynn Collins, Willem Dafoe, Bryan Cranston, Ciarán Hinds, James Purefoy, Mark Strong, Dominic West, Thomas Haden Church, Samantha Morton.
Duração: 123 min.
Gênero: Fantasia
John Carter é uma aventura de ação envolvente ambientada no misterioso e exótico planeta de Barsoom (Marte). O filme conta a história de John Carter (Taylor Kitsch), que é inexplicavelmente transportado para Marte onde se vê envolvido em um conflito de proporções épicas entre os habitantes do planeta, incluindo Tars Tarkas (Willem Dafoe) e a atraente Princesa Dejah Thoris (Lynn Collins). Em um mundo à beira do colapso, Carter descobre que a sobrevivência de Barsoom e de seu povo está em suas mãos.

John é um sargento rebelado da cavalaria dos Estados Unidos que decidiu enriquecer por conta própria, mas que mesmo assim ainda é procurado pelas tropas. Após uma confusão e uma fuga, ele se vê diante de uma caverna estranha na presença de um ser que apesar de ter a aparência de um humano  possuía uma estranha postura, e é por meio deste ser que ele é misteriosamente teletransportado para Barsoom, um lugar árido e desolado que lhe oferece uma nova perspectiva de vida, já que após ser capturado por estranhas criaturas ele nota que o planeta que é sua morada temporária está sob o forte e influente comando de um homem cuja ambição ameaça sucumbir completamente todos os seres desse estranho lugar.


John Carter é o tipo de filme ame ou odeie, sua história repleta de ação e aventura é uma ótima pedida para quem curte o gênero, mas já para quem gosta de um bom romance vai ficar um pouco decepcionado, visto que o foco da história não é totalmente voltado para isso e pouco se vê claramente do romance entre os protagonistas. Digo claramente porque o roteiro possui uma sutileza que fará o telespectador mais atento notar que as ações de John são todas pautadas no amor que ele sente pela comunidade que ele foi forçadamente inserido e no amor que ele sente, mas não assume instantaneamente, pela princesa Dejah, que é um exemplo de fortaleza e desprendimento cujo caráter não permite que ela desvie do seu intento que é salvar os seus súditos.

Além disso, o roteiro é cheio de pequenas surpresas que nos fazem perceber a história aos poucos. E é justamente nesse ponto que eu acredito que o filme não agradará a todos, visto que as coisas são desenroladas em doses paulatinas que só nos salvam do tédio completo por ter personagens personificados em criaturas leais que nos fazem sorrir apenas com sua presença. Sem sombra de dúvidas, um filme que deve ser visto por todo aquele que tem paciência suficiente para encarar um roteiro bem elaborado, em que tudo é esclarecido no seu devido tempo.


John Carter – Entre Dois Mundos me ganhou com sua sutileza e bom humor. A lealdade e o crescimento dos personagens também foram pontos importantes para me fazer desejar uma continuação do longa tão logo seja possível.


--- Isabelle Vitorino ---

11 comments

Ana Paula Barreto 30 de outubro de 2012 21:19

Sinceramente, tenho um pouquinho de preconceito com obras assim. Mas pelo que li, é um filme bom, divertido e que foca mais na história do personagem do que no romance (o que acho bom, as vezes). Gosto quando eles crescem e amadurecem durante a trama.
Não posso dizer que vou sair correndo para ver o filme, mas se um dia tiver a oportunidade, verei sim!
bjs

Amanda.. 30 de outubro de 2012 23:43

Não conheço o filme.. e fiquei um tanco apreensiva.. como vc diz ou é ame ou odeie.. vou assistir.. ou começar a assistir pra decidir..

Segredos em Livros 31 de outubro de 2012 07:04

Nossa, eu simplesmente amei o filme. Na verdade, o vi faz pouco tempo, porque sempre achei que poderia não ser tão bom, talvez porque a capa não tenha me motivado tanto de inicio, porém resolvi dar uma chance. E logo depois que terminei de vê-lo, falei: "uau". É simplesmente sensacional, cheio de ação, aventura, suspense, engraçado. Meu único arrependimento é de ter demorado tanto tempo para vê-lo. Achei o final surpreendente, com um final muito, maaas muito inteligente, você não acha Isabelle?? Queria muito poder ler o livro. Adorei a postagem. Bjs, Fê - Segredos em Livros - http://segredosemlivros.blogspot.com.br/ A propósito, se você gosta de filmes, o meu blog está realizando uma promo valendo um par de ingressos para "Até que a sorte nos separe". =** Até mais e continue com essas postagens ótimas!!!!!

Dany 31 de outubro de 2012 08:04

Sou louca para assistir esse filme e ainda não sei por que ainda não o vi. Minha amiga me falou super bem dele e minha vontade de vê só aumentou.
Bjos...

Ana Luísa Pessanha 31 de outubro de 2012 10:38

Gostei desse filme mas faz um tempinho que o vi que quase não lembro. Com a sua resenha me deu uma vontade de vê-lo novamente e tirar novas conclusões dele.

Natalia Dantas 31 de outubro de 2012 11:15

Oi!
Até o momento ainda não tinha visto esse filme, mas pela sua resenha ele parece ser bem legal :)) E percebi que você gostou muito!

Beijos literários :*
http://musicaselivros.blogspot.com/

Samira Chasez 31 de outubro de 2012 15:17

Oi..


Adoro filmes de aventura, e esse me pareceu ser muito bom.. Fiquei louca de vontade de assistir esse filme. Mas, primeiro quero ver se consigo o livro para ler e aí sim eu vejo o filme..

Paula Camargo 31 de outubro de 2012 17:54

Assisti esse filme faz tempo também,se não me engano foi no cinema,e adorei o filme,achei as fotografias muito boa, a trilha sonora ótima e os atores se entregaram muito,gostei bastante,recomendo!

Jessica Lisboa 31 de outubro de 2012 19:35

Só vi o cartaz desse filme enquanto ele estava nos cinemas mas nao cheguei a assisti-lo, um colega de classe em disse que é otimo esse filme, pelo trailer que eu vi agora vi que é mesmo, vou baixa-lo hoje mesmo pra assistir no feriado.

Jadi Soares 31 de outubro de 2012 20:41

Sinceramente. Nao gostei mt nao.
Sei lá, o filme nao faz meu estilo e nem o livro. E livros desse jeito me desagradam, ate pq e praticamente o roteiro do filme.
bjim

Rosana Apolonio 31 de outubro de 2012 20:49

Eu tenho dois pés atrás com filmes e livros que usam Marte como base da sua história. Quando estava nos cinemas eu tive oportunidade de vê-lo, mas acabei assistindo outro, já que não sabia nada sobre a história. Mas depois de uma resenha tão positiva, tentarei vê-lo, porém não prometo que seja logo, já que o enredo dele não me anima muito. ;)

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.