Séries de TV: Lost In Austen

Imagine que há uma porta dentro da sua casa que te dá acesso ao seu livro favorito... 
Imagine que você possa conhecer seu personagem favorito e apaixonar-se por ele...
Imagine que ele também pode apaixonar-se por você...

Título: Lost In Austen
Ano: 2008
Direção: Dan Zeff
Elenco: Hugh Bonneville, Elliot Cowan, Tom Riley, Gemma Artertton, Jemima Rooper, Alex Kingston.
Episódios: 4
Temporadas: 1 (Única)
Gênero: Drama, Fantasia, Romance.
Imagine que, um dia, quando sua vida parece mais ordinária do que nunca, você pudesse se transportar para sua obra literária favorita e viver por lá com os personagens que conhece tão bem. Pois é exatamente isso o que propõem Lost in Austen, ao levar Amanda Price (Jemima Rooper) para Longbourne, através de uma porta fantástica que ela descobre em seu banheiro. Aliás, quem descobre a porta não é Amanda, mas Elizabeth Bennett (Gemma Atertton) e é assim que as duas trocam de lugar. Enquanto Lizzie vai conhecer as maravilhas da vida moderna e da independência feminina, Amanda vai aproveitar a vida no campo, os galanteios, o romantismo e a educação de 200 anos atrás.

Amanda é uma jovem apaixonada pelas obras de Jane Austen e completamente louca pelo livro Orgulho e Preconceito. Tendo lido e relido a história mais vezes do que possa lembrar como forma de escapar da sua vida tediosa, ela segue sempre ao lado de seus personagens favoritos, pois apesar de possuir um namorado, amigos e família, seu amor pela obra ultrapassa os limites da sanidade fazendo com que ela recuse todos os convites que eles propõem sempre preferindo o sofá da sua casa e mais uma noite inesquecível com Darcy. Até que um dia, algo mágico acontece. Elizebeth Bennett aparece em pessoa no banheiro da sua casa e revela um portal entre o seu mundo e o mundo de Amanda. Encantada com a possibilidade de poder explorar este universo paralelo ela embarca em uma jornada em que nada é o que parece e principalmente, em que todos os personagens já familiares possuem facetas completamente diferentes daquelas que sua criadora lhes concedeu.

Quando li a sinopse da série fiquei extremamente ansiosa para vê-la, afinal quem não gostaria de encontrar com Elizabeth Bennett e trocar de lugar com ela? Eu pelo menos ficaria encantada com a oportunidade de ver de perto os cenários e os personagens que ganharam vida na obra de Jane Austen. Contudo, o que acontece em Lost In Austen é diferente de tudo que o telespectador e Amanda esperam, pois ao invés de vermos essa história imortal contada da mesma forma que conhecemos, os acontecimentos sofrem uma guinada espetacular e os personagens passam a seguir rumo a um caminho tortuoso que parece se distanciar cada vez mais do tão esperado final feliz (Jane e Mr. Bingley que o digam). Personagens dúbios e que pouco se sabe sobre eles, ganham uma versão completamente distorcida daquilo que Austen nós fez imaginar (vocês já imaginaram o Wickham como herói?) e que deixam Amanda e nós completamente confusos e sem saber o que vai acontecer de novo na próxima cena.

Além disso, cada episódio é uma surpresa e nossos maiores temores se tornam realidade, incluindo a Amanda tomando o lugar de Lizzie na vida de Darcy de forma definitiva fazendo com que ele até protagoniza-se uma cena extremamente engraçada que imita a clássica cena em que Colin Firth chega todo lindo em Pemberley depois de um mergulho no lago. E essa é apenas uma pequena mudança realizada, pois em toda a série podemos observar uma infinidade delas que nos fazem amar ou odiar a série. No meu caso ela ficou no meio termo, eu com toda certeza ainda prefiro a versão original da história mais linda de todos os tempos.


Lost In Austen é uma série que conquista por trabalhar a personalidade dos personagens de forma que o telespectador é guiado por uma trama completamente nova e original em que nos vemos surpreendidos a cada segundo, todavia, a história não me conquistou quando explorou o romance entre Darcy e Amanda, talvez eu seja apenas uma tola que ama vê-lo com Elizabeth, mas de fato a paixão entre os dois não me convenceu, apesar de eu ter entendido qual foi a proposta da série. Em suma, posso dizer que esta série cumpre o papel no quesito diversão, mas não me fez sentir algo mais, em poucas palavras ela é boa, mas esquecível.


--- Isabelle Vitorino ---

10 comments

Ana Luísa Pessanha 26 de outubro de 2012 21:24

Quando comecei a ler a resenha me animei mas no final desanimei (risos) só que mesmo assim quero muito ver essa série. Não é nada como nosso lindo romance do livro da Jane só que deve ser bom, vou procura-lo e vê-lo para ter minha conclusão afinal.

Ana Paula Barreto 26 de outubro de 2012 22:40

Nunca tinha ouvido falar desta série. Que coisa!
Sou apaixonada pela Jane Austen (mas espero que a Elisabeth não apareça no meu banheiro, pelo amor de deus! hahaha) e acho que vou amar esta série!
Fiquei super animada e agora ansiosa!
Muitíssimo obrigada pela dica.
bjs

Jadi Soares 26 de outubro de 2012 23:19

Nunca tinha ouvido falar dessa serie. Oo
Gostei bastante. Sou super super super, fã de Orgulho e preconceito, e é uma estoria tão linda que nao tem como conquistar as pessoas.
Acho que deve ser engraçado, pq como ela e "transportada" pra antigamente, ela nao deve nem saber se portar como as meninas se portavam antigamente.
bjim

Amanda.. 26 de outubro de 2012 23:41

Bom pelo que eu percebii.. da pra passar o tempo.. eu gosteii \0/
vou baixar..

Segredos em Livros 27 de outubro de 2012 08:51

Oi, não conhecia e nem nunca ouvi falar dessa série. Mas, fiquei enlouquecida já pela sinopse. Que pena que só tem uma temporada né? Acho que essa série tem a minha cara. Vou correndo procurar para baixá-la para conferir. Adorei a sua resenha, me deu mais vontade ainda de conhecer essa história, que parece focar bastante nos personagens. Parabéns pelo post e obrigada por nos apresentar tantas novidades. Bjs, Fê - Segredos em Livros.
http://segredosemlivros.blogspot.com.br

Paula Camargo 27 de outubro de 2012 15:13

Necessito mostrar essa série para minha mãe,já que ela é fanatica no filme,Orgulho e Preconceito! Vou aproveitar e assistir junto com ela!

Lili 29 de outubro de 2012 19:28

Eu assisti por indicação de um blog. Muito maluca e ainda assim eu adorei. Principalmente pelo final "inusitado".

liliescreve.blogspot.com

Rosana Apolonio 30 de outubro de 2012 02:49

Nunca tinha lido nada sobre a série e fiquei bastante surpresa com o conteúdo. Creio que vou amar por trazer o universo de P&P e odiar por terem tirado Darcy de Lizzy. Mas pelo sim, pelo não, darei uma oportunidade a série.

P.S. Pelo que notei, você é apaixonada por séries e livros de época não é Isabelle?

Jessica Lisboa 30 de outubro de 2012 16:44

ate que eu gostei da serie, espero me animar em assisti-la. Vou tentar baixar.

Samira Chasez 30 de outubro de 2012 18:12

Oi..

Eu nunca tinha ouvido falar nessa série, mas gostei muito dela e fiquei curiosa a respeito dela.. Será que tem online?? Adoro os livros da Jane.

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.