Anime: Fruits Basket

Hoje venho trazer pra vocês um post super especial. Creio que nunca tinha resenhado um anime aqui, mas como é uma das minhas paixões decidi falar um pouquinho sobre um dos animes mais fofos que eu já vi: Fruits Basket. Espero que vocês curtam!

Título: Fruits Basket
Ano: 2001
Direção: Akitaro Daichi
Episódios: 26
Temporadas: 1
Gênero: Drama, Shoujo, Romance e Comédia
Tohru é uma menina normal do colegial que perdeu a mãe recentemente e por seu avô não poder tomar conta dela por ainda estar se estabilizando, ela decide morar sozinha em uma tenda dentro da mata sem dizer para ninguém para não preocupa-los. Ao ir para a escola numa manhã qualquer ela descobre que é vizinha de um colega da sua escola que é chamado de Príncipe e que ele mora junto com mais três rapazes. Mas, quando ocorre um desmoronamento na floresta e sua casa acaba por ficar soterrada, ela é chamada para viver nessa casa cheia de homens e acaba por descobrir seu segredo: eles se transformam em animais do horóscopo quando abraçados por uma garota.

Tohru é uma garota meiga e doce que apesar de todos os desastres de sua vida nunca perdeu a alegria de viver, morando em uma barraca desde que seu avô paterno mudou-se para a casa da filha enquanto sua casa está sendo reformada, ela tem que lidar todos os dias com a ausência da sua mãe que morreu em um trágico acidente de carro. Estudando e trabalhando incansavelmente, ela encontra apoio nas suas amigas Saki Hanajima e Arisa Uotani que fazem de tudo por ela.

Contudo, por um acaso do destino ela “conhece” Yuki Sohma, o príncipe da escola, cuja família é dona do terreno onde ela mora e que salva a sua vida quando após uma tragédia a convida para morar na casa onde ele mora com seu misterioso primo Shigure, um jovem escritor que adora infernizar a vida de sua agente atrasando todos os seus trabalhos e posteriormente com Kyo, um cara desengonçado e bravo que adora competir com Yuki.

O que ela não esperava era que os integrantes dessa misteriosa família guardassem um grande segredo: por causa de uma terrível maldição treze membros da família Sohma estavam destinados a se transformarem em um dos animais do horóscopo chinês quando se encontram em estado de fraqueza ou quando abraçados por alguém do sexo oposto. Agora para preservar a sua memória e integridade Tohru precisa proteger esse segredo e lidar com as diferentes formas de afeto que essa estranha família tem para lhe mostrar.

Com um enredo delicado, é impossível não se deixar conquistar pelos personagens e suas histórias. Alguns podem achar que Tohru é inocente demais e que ela é uma tola, mas como diz Momiji, pessoas que se doam demais para as outras não são tolas, mas sim amáveis e foi exatamente isso que me conquistou nela, o seu jeito doce de se preocupar com as outras pessoas e com o bem estar delas, a maneira como ela é forte e sábia apesar da pouca idade, e principalmente, a maneira como ela consegue deixar todos se sentindo bem (exceto o Akito, é claro). Sei que apesar de eu ainda não ter lido o mangá, ela e os demais personagens vão me acompanhar sempre, principalmente o Momiji que é de longe o personagem que eu mais gosto no anime.


Sem sombra de dúvidas eu recomendo muito Fruits Basket, não só para quem quer curtir uma história meiga, mas sim, para quem também quer se divertir, rir, chorar e crescer junto com personagens incríveis. Apesar de os fãs do mangá não terem gostado muito desse trabalho, eu adorei! É claro, que eu amaria poder acompanhar até o final essa história, mas confesso, que estou satisfeita por poder ter conhecido ao menos um pouquinho desse universo encantador.

Mas eu sempre penso que vou guardar no meu coração todas as minhas lembranças até o fim. Mesmo que sejam lembranças tristes que me machuquem muito. Mesmo que sejam tão tristes que eu queira esquecer sobre elas para sempre. Se eu puder suportá-las e não fugir delas, então, um dia... Um dia isso vai me fazer uma pessoa mais forte. Eu quero acreditar nisso. Eu quero acreditar que nenhuma lembrança deve ser esquecida para sempre. - Momiji

P.S. Não é lindo o Momiji e a Tohru cantando? Eu queria ter encontrado o vídeo com o áudio original, mas infelizmente eu só achei com uma boa resolução em inglês e posso dizer com sinceridade, não é nem de longe tão bom quanto em japonês.

--- Isabelle Vitorino ---

10 comments

Amanda.. 11 de outubro de 2012 10:55

Adorei, eu curto anime também, ultimamente eu tenho um monte guardado, pq não tô tendo tempo de assistir.
Esse me pareceu pequeno em comparação aos que eu tenho guardado, vou dar uma olhadinha sim.

Ana Paula Barreto 12 de outubro de 2012 23:26

Animes nunca foram atrativos para mim. Mas lendo a resenha percebi que podem ser legais, divertidos e uma boa opção para os jovens leitores.
Não sei se é um pré-conceito meu, mas acho que já estou velha para este tipo de leitura.
Vou me arriscar um dia. Quem sabe, né?
bjs

Segredos em Livros 13 de outubro de 2012 11:54

Que legal que você curte anime. Na verdade eu só tinha mais contato com esse gênero quando eu era mais nova por causa dos meus primos. Sinto saudade! Adorei o post. Bjs, Fê!
http://segredosemlivros.blogspot.com.br/

Rosana Apolonio 13 de outubro de 2012 13:16

Ai que lindo! *-------*
Que resenha fofa Isabelle. Eu creio que essa história deve ser maravilhosa mesmo, principalmente, pelo modo com você falou dos personagens e da história em si. Além disso, o quote do Momiji é lindo, e ele e a Tohru cantando é realmente muito cute. Vi alguns trechinhos do anime no YouTube e amei, com certeza vou buscar mais sobre ele.
;)

Jadi Soares 14 de outubro de 2012 19:17

Oi! Nunca tinha ouvido falar desse anime.
gpsto de ler animes alem de achar lindo.
irirei procurar mais sobre esse, quem sabe eu goste e me dedique mais a le-lo.
bjim

Ana Luísa 17 de outubro de 2012 16:20

Nunca fui muito de gostar de anime não, mas esse post abriu meus olhos. Minha amiga já me falou de alguns uma vez mais nunca fiquei com vontade de ver como esse. A Tohru é uma fofa e lindinha.

Jessica Lisboa 17 de outubro de 2012 16:46

não conheço nenhum anime novo, só os antigos. O unico atual que eu assisto de vez enquanto é o que tem navio e tal (esqueci o nome agora), me deu vontade de assistir esse anime. Espero que não seja muito longo os episodios.

Alessandra 22 de outubro de 2012 20:55

Não curto animes, mas gostei muito da tua resenha.
Talvez um dia eu deixe de ser chata e leia essa história. hehe

Paula Camargo 26 de outubro de 2012 15:55

Já assisti um pedacinho desse anima,e realmente gostei d+,pena que nao tive tempo para acompanhar depois ;/

Samira Chasez 30 de outubro de 2012 18:29

Oi..

Não sou muito fã de Anime, mas esse me pareceu ser bom.. Mas, não curto muito isso e por isso não olho.

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.