É Filme: Lola (LOL)




Depois de algumas semanas sem postagem na sessão de filmes, hoje trago para vocês a resenha sobre um remake muito aguardado, não só pelos fãs de Miley, mas como também, por todos os fãs dos dramas do mundo adolescente. Espero que vocês curtam!

Título: Lola
Título original: LOL
Lançamento: 2012 (EUA)
Direção: Lisa Azuelos
Atores: Miley Cyrus, Demi Moore, Ashley Greene, Douglas Booth, George Finn, Ashley Hinshaw, Jean-Luc Bilodeau, Thomas Jane, Jay Hernandez, Marlo Thomas.
Duração: 97 min.
Gênero: Comédia, Romance.
Em um mundo conectado pelo iTunes, YouTube e Facebook, Lola e seus amigos estão na fase de romance colegiais e amizade e atormentado seus pais. Quando a mãe de Lola, Anne, "acidentalmente" lê o diário da sua filha adolescente, percebe que ela está passando do limite. Através de momentos hilariantes e sincera entre mãe e filha. [...] LOL é uma história de amadurecimento doce para todas as idades. Lola de 17 anos está mudando constantemente de estilo. Chad, seu ex-namorado, está traindo-a com sua inimiga Ashley, Lola começa a ver seu melhor amigo, Kyle e os dois começam á ter um relacionamento. Sua vida escolar começa a piorar quando ela começa a experimentar drogas e fazer sexo com garotos.


Lola é uma garota normal que possui vários amigos, vivendo com sua mãe, seus irmãos e sua avó, os maiores dramas de sua vida são relacionados a escola, amor, sexo e drogas. Contudo, a sua vida aparentemente estável sofre uma reviravolta quando seu namorado confessa que a traiu com sua maior inimiga e ela passa a nutrir sentimentos dúbios por seu melhor amigo. Em meio a tudo isso, a turma de francês da sua escola está com uma viagem marcada para Paris, mas o que eles não esperavam é que fossem ficar em um lugar que em nada lembrava o glamour da cidade luz, porém, longe dos seus pais e dos conflitos causados pela projeção das expectativas que eles tinham pelos filhos, Lola e seus amigos além de se descobrirem mais maduros, eles  terão a oportunidade de saber a verdadeira razão de serem quem são.
  
Eu particularmente tenho paixão por livros, filmes e séries que retratam a realidade dos jovens de modo cru, pois é tão raro as pessoas notarem a verdadeira essência dos jovens sem serem levados pelos polos opostos que vão de irresponsabilidade exarcebada à “donos” do futuro da humanidade, que me senti bastante surpresa quando notei que de um modo bem peculiar o enredo de Lola trás à tona situações muito comuns na fase da adolescência. Um dos fatos que me chamaram a atenção foi a dualidade presente no enredo, pois ao mesmo tempo em que é contada a história de uma garota que se sente madura o suficiente para utilizar drogas, retrata também os sentimentos de uma garota que se sente profundamente ultrajada por sua mãe ler seu diário sem sua permissão.

Sem sombra de dúvidas eu poderia citar aqui diversas nuances do filme, como por exemplo, o romance entre Lola e Kyler, mas eu prefiro me ater especialmente nas relações entre amigos e família, pois creio que sejam as mais importantes na vida de alguém que está construindo sua personalidade e desenvolvendo seu senso de moralismo. E no que toca a isso, posso dizer que gostei bastante do modo como trabalharam a relação mãe e filha no filme, achei bem real porque foram mesclados momentos de felicidade e tristeza, de carinho e de raiva, tudo de uma forma que você sente que em algum momento da sua vida você passou por algo como aquilo que está sendo contado.


De um modo geral, vejo Lola como um retrato fidedigno da adolescência, principalmente por saber intercalar as emoções ali apresentadas, mas não é nada excepcional e até agora não sei muito bem como avaliá-lo, mas espero de verdade que as linhas acima tenham apresentado a vocês um pouco do que me chamou a atenção e do que para mim foi verdadeiramente importante.


Playlist:


P.S. Desculpem-me pelo horário da postagem, mas minha internet simplesmente me trollou o dia inteiro.

--- Isabelle Vitorino ---

15 comments

Samira Chasez 22 de agosto de 2012 17:02

Oi...

Eu assisti a pouco tempo e sinceramente não gostei do filme..
Desculpe, quem gosta da Miley, mas para mim ela estraga qualquer filme que faz... Eu amo o Nicolas Sparks e ela acabou com o livro dela naquele fiasco de atuação em A última música...

Bjinhos =/

Leticia Tavares 22 de agosto de 2012 17:16

Eu ainda vi esse filme... Mas, gostei muito do trailer e vou procurar ver para tirar as minhas impressões, mesmo não gostando muito do gênero Drama..

Jadi Soares 22 de agosto de 2012 22:39

Sou fã da Miley Cyrus, e nao vejo a hora de assitir o filme. Por que foi uma adiado umas 3 vezes ou ate mais e finlamente chegou.
Gostei do seu comentario sobre o filme, ficou mt bom.
Vou tentar assistir essa semana. :)
bjim

Amanda.. 23 de agosto de 2012 00:56

Ainda não vi o filme, e pra dizer a verdade não me chamou tanta
atenção, não é nem pela história, e sim pelos atores, gostei bastante do que você escreveu sobre o filme, talvez eu veja.

Diziano Machado da Conceição 24 de agosto de 2012 14:10

" minha internet simplesmente me trollou o dia inteiro" kkkkkkkkkkkkk, eu ri muito. Parece ser divertido o filme, minha namorada adoraria assistir. Comédia sempre é legal. Abraços...

Anna Cristina Amaral Rocha 24 de agosto de 2012 17:55

Eu ja tinha escutado falar mais eu nem me liguei pra procurar o trailer rsrs mais agora eu to afim de assistir haha

Beijoos ;*

Carolli Márol 24 de agosto de 2012 20:10

Ainda não assistir esse filme,mas quero vê ^^

Jessica Lisboa 26 de agosto de 2012 18:27

Estou com vontade de assistir esse filme, pelo fato de tratar assunto familia, amigos e tal. Mas sei lá não sou tão fãn da miley, vamos ver no que vai dar né..

Constantino Tarouco 26 de agosto de 2012 20:25

Eu vi esse filme e adorei.. Não sei se foi por ver a Demi num papel tão bem desempenhado de mãe ou pela a qualidade do filme em si.

Jenice Franca 27 de agosto de 2012 15:47

Bem, confesso que não sou muito fã da Miley .Não sei , acho que é sempre uma pseudo representação de si mesma. E a Demi Moore não fica atrás .Nossa, como sou chata kkkk Eu não curti A última música, como também não gostei deste. A história é boa e cheia de nuances típicas das relações desta fase.Mas , acho que não gostei só por causa do elenco kkkk

Abraços

Jessica Lisboa 29 de agosto de 2012 17:27

O tema do filme é otimo (gosto de filmes que abordam temas teens) mas esse nao estou muito afim de assistir nao, porque nao acho que a Miley seja uma atriz tao boa assim (minha opiniao) se e for assisti-lo sera porque nao ha opção no cinema da minha cidade.

Fellipe 30 de agosto de 2012 10:49

Tinha visto passageiramente falar sobre esse filme, mas não sabia que se tratava de uma história sobre adolescentes e que a Miley era a atriz que interpretava a personagem principal!
Agora fiquei curioso por essa relação de amizade e de familia presente no filme, mesmo que você tenha dito que não se trata de nada muito excepcional o enredo me chamou atenção!

Paula Camargo 31 de agosto de 2012 10:17

Ah não gosto muito da Miley,não acho ela uma boa atriz!

Kazake 31 de agosto de 2012 20:42

Milessssssssssssssssssssssssssssssssssss <333333333
queria ter visto no cinema, mas saiu tão rápido, /cry

EricaMarts 31 de agosto de 2012 23:08

Não tenho mais tanta paciência para filmes adolescentes como esse. Não vou ver esse filme porque não gostei mesmo da sinopse. Quem sabe num próximo filme da Miley...

Bye

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.