Resenha: O Motivo por Patrick Ness

Sabe quando um livro supera as suas expectativas e te faz amar os personagens e torcer por eles loucamente? Não!? Então você deveria ler “O Motivo” de Patrick Ness, para descobrir esta sensação maravilhosa.

Título: O Motivo
Série: Mundo em Caos #1
Autor: Patrick Ness
Editora: Pandorga
Ano: 2011
Páginas: 447
Todd Hewitt é um garoto de doze anos, o último menino de Prentisstown, uma cidade de homens. Ele vive em um mundo cheio de "ruído" em que os pensamentos privados de todo homem e animal são audíveis. Em um mês ele estará com treze anos e será um homem. Mas a cidade está mantendo segredos para ele, segredos que vão forçá-lo a fugir do prefeito e dos homens de Prentisstown junto com seu cachorro e a primeira garota que ele já conheceu. A cada página, o leitor ficará cada vez mais ligado a Todd e Viola, com sua história de amizade, e sentirá afeição genuína por Manchee, cão e ajudante de Todd, cujo comportamento é hilário e comovente. Na sua essência, é uma história sobre um garoto forçado a crescer rapidamente em um mundo de ruínas em loucura e armado apenas com sua convicção de fazer a coisa certa para ajudá-lo a sobreviver. Todd vive em um mundo onde um germe matou todas as mulheres, um germe que deixou os homens loucos, o germe que significou o fim dos spackles quando a loucura dos homens colocou as mãos numa arma.

Todd Hewitt é o último garoto de Prentissburgo, uma cidade só de homens onde tudo e todos (que pensam) podem ouvir os pensamentos uns dos outros, e estes pensamentos são chamados de ruído. Em alguns casos os ruídos podem ser desordenados e sem sentidos, mas há muitas verdades por trás daqueles pensamentos.

Todd tem 12 anos e 12 messes e em exatamente 1 mês ele completará 13 anos (você deve estar achando que errei nas datas, né? Mas o que eu disse está certo. No planeta onde Todd mora um ano corresponde a 13 meses. Esquisito e um tanto peculiar, não acha?) deixando de ser criança para se tornar um homem. Mas com a “maior idade” a caminho, ele descobre que a cidade está ocultando alguns segredos dele e um destes segredos está relacionado com o silêncio que ele encontrou no pântano (por mais distante que Todd esteja distante dos homens o ruído jamais deixa de zoar em sua cabeça, com exceção, claro, do silêncio no pântano).

Sem uma saída, Todd resolve fugir do prefeito e dos homens de Prentissburgo. Para acompanha-lo na jornada, ele conta com seu único amigo, seu cão Manchee (o cachorro mais engraçado que já vi). Porem Todd jamais imaginava que fosse encontrar uma garota (que pelas historias contadas pelos homens de Prenstissburgo todas as mulheres tinha morrido quando o germe do ruído foi liberado pelos Spackles, alienígenas que abitavam o planeta antes da colonização) na sua fuga. A partir daquele momento Todd teve a certeza de que nunca soube a verdadeira historia por trás de sua cidade. E o único jeito de sobreviver e descobrir a verdade, é fugir sem olhar para trás.

Ótimo, ótimo, ótimo, ótimo... Eu não canso de dizer o quanto este livro é ótimo. É um dos meus livros favoritos e estou com medo de não conseguir traduzir em palavras o quanto este livro é ótimo. Ótimo, ótimo, ótimo...

Com uma narrativa em primeira pessoa, O Motivo nos leva para um passeio espetacular por um mundo novo e estranho, pela perspectiva dos olhos de Todd. Algumas vezes, uma perspectiva em primeira pessoa pode atrapalhar em uma narrativa, mas neste livro ela só nós fazer querer saber mais e mais da historia, fazendo com que viremos às páginas compulsivamente.

Os personagens são mais um atrativo (entre muitos) que vai fazer você não se esquecer da historia tão facilmente. Eles são fortes e decididos. A Viola (o silêncio do pântano) é uma garota forte que não se deixa abalar e está ali para auxiliar Todd nos momentos em que ele fraqueja e pensa que não vai conseguir. Teve alguns momentos que Todd chegou a me irritar, mas logo depois ele conseguia se redimir com gestos de coragem, que nunca vi em um personagem.

Entre vários personagens secundários o que mais gostei foi o Wilf, um homem bondoso, que não se preocupa com que os outros vão pensar caso precise ajudar um estranho em apuros. Agora o personagem que conquistou mesmo o meu carrinho foi o Manchee (é uma pena o que acontece com ele), que cativa e tira risadas do leitor.

O Motivo e uma obra que vai ficar na minha cabeça para sempre. Eu me sentia com se estive dentro da historia, junto com os personagens, compartilhado de suas alegrias e sofrimentos. Ele me fez rir, refletir, ter raiva, tristeza e também mim fez chorar. Eu já disse o quando este livro é ótimo?

Apesar de ser uma ficção este livro trás muitas realidades em suas páginas. Ele é um tabefe na cara da humanidade, pois mostra com um ser humano pode ser violento em busca de poder e ainda por cima usar o nome de Deus para justificar suas atrocidades. Cruel e realista, define bem este lado do livro.


E você está fazendo o que ainda sento na frente do computador? Não perca tempo, corra para ler O Motivo, tenho certeza de que você não se arrependerá. Boa leitura!


--- Jackson Fernandes ---

6 comments

Lu 26 de junho de 2012 14:39

Oi Jackson,

li esse livro e curtir bastante o enredo e estou mega ansiosa pela continuação. Quero muito saber o que vai acontecer nessa aventura perigosa. ^^

beijos.

Fellipe 1 de julho de 2012 14:09

Esse livro parece ser muito intrigante, ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre ele e a capa não tinha me chamado atenção, mas agora fiquei curioso!
A história parece ser uma distopia, e isso já me foi algo bom, gosto dos livros do gênero!
Manchee deve ser mesmo um cachorro muito divertido, mas fiquei apreensivo imaginando o que pode ter acontecido com ele rsrs

Amor de Livros 3 de julho de 2012 20:00

Lendo a sinopse do livro, eu fiquei um pouco confusa, mas depois eu fiquei curiosa para ver o que acontece. Gosto de histórias quando envolvem animais, e ainda engraçados. E ainda tem um romance? Que bom! Nunca tinha escutado nenhum comentário desse livro, nem nada. Gostei bastante da resenha.

Bjs
Niii
Amor de livros
Amordelivros.blogspot.com.br

Leandro Souza 15 de julho de 2012 18:07

Livro fantástico. Nunca vi nenhum blog o resenhando.
Que bom que você gostou. Realmente, o livro é envolvente, nos faz viajar até esse mundo apocalíptico e extremmo. Sem falar na história que é excepcional.

Jadi Soares 15 de julho de 2012 20:43

Já tinha ouvido falar desse livro, mas nem fazia idéia sobre o que falava.
Adorei sua resenha, parece ser um ótimo livro, fiquei com bastante vontade de ler, ainda mais por ser algo diferente do que estou acostumada a ler.
bjim

Samira Chasez 23 de julho de 2012 13:38

Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas ele me pareceu ser muito interessante... Adorei novamente a sua resenha...

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.