Bate Papo com Leila Rego


Oi pessoal, hoje e a estreia do quadro Bate Papo, que sempre quando poder vai trazer autores para uma entrevista. E hoje a entrevista e com a autora do livro "Pobre Não Tem Sorte" Leila Rego.



Primeiramente gostaria de agradecer a Leila por ceder esta entrevista para o Blog MDL.

De onde surgiu a ideia para escrever PNTS?

A história nasceu despretensiosa, sem um dia querer virar um livro. Me considero melhor com a escrita do que com o diálogo. Falo pouco e penso muito. E, numa época complicada da minha vida, eu comecei a escrever com forma de desestressar, relaxar (para não pirar! Rimou =D). Bem depois é que vi que poderia dar vida ás coisas que escrevia e assim nasceu o livro.

Todos nós sabemos a dificuldade de começar um carreira como escritor. Foi difícil conseguir um agente para seus livros?

Eu não tenho agente. =/ Não que eu não tenha tentado. Pelo contrário... Procuro pensar que meu momento de agente, editora, etc, ainda não chegou! =)
Sou eu mesma que faço todo o trabalho . Minha editora é do tipo independente, portanto, além de escrever, é preciso fazer o processo todo.

Como foi a trajetória até ter seu livro efetivamente publicado?

Escrever foi a parte mais fácil. Depois, tive quer bolar um mega plano infalível para pedir "financiamento" ao meu marido! rsrsrs Brincadeira!
Realmente, escrever foi a parte mais fácil. Buscar editoras, encontrar a que mais se encaixa no meu perfil, com melhor custo e qualidade, também não foi difícil.
O processo de divulgação sim, é a parte mais difícil. Digo isso por que é complicado convencer um publico acostumado a ler literatura estrangeira, de que temos excelente autores nacionais.

Qual foi a pessoa que mais lhe apoio, quando você falou, que estava escrevendo um livro?

Meu marido. Sem ele eu teria desistido na primeira dificuldade.

Que conselhos você daria a um aspirante a escritor?

Acho que antes de tudo é avaliar se a atividade lhe dá prazer. Fazer algo por fazer, sem carinho, prazer e diversão é perda de tempo. O leitor precisa sentir através das linhas, que o escritor se divertiu fazendo aquele livro.
Depois é preciso definir um público que se pretende atingir.
Defina também o estilo que quer escrever, se é fantasia, romance, policial, chick lit...
E por último, criar a história com a trama e personagens.
Se você gostou do que escreveu, distribua exemplares para amigos sinceros, preferencialmente, para que leiam e digam o que acharam (por isso a importância da sinceridade).
Provavelmente, com base nos feedbacks, ou você desistir ou acreditar que leva jeito. =)
Se for o segundo caso, certamente você fará algumas alterações ainda baseadas nos feedbacks, analisará a possibilidade de publicar, e aí só faltará o mais fácil: correr atrás e realizar o sonho de ver seu livro nas prateleiras de inúmeros leitores.

Você tem novos planos literários para este ano?

Estou finalizando o meu segundo livro, continuação do primeiro. Devo lançá-lo no final deste ano.
  • Perguntas Rápidas:
Um Livro - A Cabana
Um Filme - Diários de Uma Paixão
Uma Musica - Deus e eu no sertão
Uma Comida - Arroz e feijão, bife, farofa e salada = combinação perfeita
Um Animal - Arara Azul
Um Sonho - Que meu livro sejam lidos por muitos leitores
Um Dia - Hoje
Um Grupo Musical - Victor & Léo
Um País - O nosso!
Uma Pessoa - Uma não, várias. Minha família.

Para terminar essa entrevista, mande uma mensagem para os seus fãs!

Gostaria de agradecer aos leitores por lerem! Sem vocês, nós, autores, não existimos.
Também quero sugerir que visitem e divulguem o Blog do Desafio Nacional: http://desafio-nacional.blogspot.com/. É uma forma de divulgar o trabalho de vários autores nacionais que estão buscando seu espaço.

Gostaria de agradecer mais uma vez por ceder esta entrevista para o Blog MDL. E desejo muito sucesso para seus livros, que a de vir muitos e muitos.

Leila

7 comments

Ana Elisa 28 de julho de 2010 20:11

Adorei a entrevista! A Leila é super fofa e o livro dela é maravilhoso!

Sumie 28 de julho de 2010 20:15

Jackson,parabéns pela entrevista,gostei.
A Leila é muito simpática.
Bjs!

Books Lidos 29 de julho de 2010 00:15

Nossa, amei essa entrevista com a Leila Rego.
Li as resenhas sobre o Livro PNTS e ja me encantei com o livro.
E concordo com a Leila, as pessoas e ate as proprias editoras esquecem que aqui no Brasil existem excelentes autores e escritores.
A prova maior disso é a própria Leila Rego.
Espero que esse conjunto, leitores, editoras e publicitarios, possam valorizar melhor os autores brasileiros.
=)
Sucesso Leila e otima entrevista do blog.

Josi Souza 29 de julho de 2010 15:44

Nossa que fofa ela, up pra literatura nacional.
Sucesso Leila Rego :D

Josi Souza 18 de agosto de 2010 18:41

Participando da Promo e louca mesmo pra ganhar !

Samira Chasez 20 de julho de 2012 17:32

Amei a capa do livro dela..
Bem colorido..
Eu tb amo o filme diários de uma paixão..

Jadi Soares 26 de julho de 2012 23:19

Gostei mt da entrevista!
Nossa, deve ser dificil lançar um livro sem editora nem agente. Até pq com editora já é complicado imagine sem. :/
Nunca li o livro, mas já ouvi falar e li algumas resenhas spbre ele já... nao foram lá mt boas, mas cada um tem um ponto d evista diferente.
bjim

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.