Resenha Especial: Frida, a Biografia por Hayden Herrera

E no Dia Internacional da Mulher, vamos conversar sobre Frida Kahlo.

Título: Frida: a Biografia
Autora: Hayden Herrera
Editora: Globo Livros
Ano: 2013
Páginas: 661
Onde comprar: Amazon | Livraria Cultura | Saraiva
Sinopse: Finalmente traduzida para o português, Frida – a biografia foi um dos grandes impulsionadores do revival da artista nos Estados Unidos e em todo o mundo a partir de 1983. Como sintetizou a crítica, “Por meio de sua arte, Kahlo fez de si mesma uma artista e um ícone; por meio desta biografia, ganhou também dimensão humana”. Escrito por Hayden Herrera, reconhecida historiadora da arte, o livro traz, além da intimidade da história de Frida, detalhadas descrições e interpretações dos quadros de Kahlo, escritas com o rigor e a acuidade de uma especialista, mas também com a clareza, a fluidez e a sedução de uma amante dessa arte.

Resenha Especial: O Homem Invisível por H.G. Wells

Achara que eu tinha sumido? Pois eu só estava invisível!
Falando nisso, pergunta: Se você se torna-se invisível por um dia, o que você faria?

Pois senta comigo que é sobre o que vamos conversar hoje!

Título: O Homem Invisível
Autora: H.G. Wells
Editora: Zahar
Ano: 2017
Páginas: 200
Onde comprar: Amazon |Saraiva | Submarino
Os habitantes da pacata Iping têm toda razão de não conseguirem falar sobre outra coisa. O desconhecido que se hospedou na pensão local está sempre coberto da cabeça aos pés, com o rosto inteiramente envolto em bandagens. Além disso, chegou trazendo um verdadeiro laboratório portátil e um rastro de mistério, que aumenta ainda mais quando crimes começam a acontecer e quando se descobre que o homem é... invisível! Sucesso desde a publicação, em 1897, O Homem Invisível mistura humor e ficção científica, além de ser também um belo livro sobre solidão, incompreensão e os laços entre o indivíduo e a humanidade. Essa edição, com o selo de qualidade Clássicos Zahar, traz o texto integral, mais de 90 notas, cronologia de vida e obra de Wells e uma instigante apresentação. A versão impressa apresenta ainda capa dura e acabamento de luxo.

Resenha: Simplesmente o Paraíso por Julia Quinn

Durante a leitura da série "Os Bridgertons" sempre me diverti com a ida dos nossos queridos personagens ao já consagrado Concerto dos Smythe-Smith e qual foi a minha surpresa quando soube do lançamento de uma série dedicada especialmente as moças que participavam desse grupo. É claro que eu não poderia deixar de conferir e é claro, me apaixonar por essas histórias.

Título: Simplesmente o Paraíso
Série: Quarteto Smythe-Smith #1
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 272
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino
Honoria Smythe-Smith é parte do famoso quarteto musical Smythe-Smith, embora não se engane e saiba que o dito quarteto carece sequer do menor sentido musical e tem esperanças postas que esta seja a última vez que se submeta a semelhante humilhação. Esta será sua temporada e com um pouco de sorte conseguirá um marido. Durante um jantar, põe seus olhos em Gregory Bridgerton, um dos mais jovens da família Bridgerton. Sabe que não está apaixonada, mas ele parece uma opção mais que válida. Marcus Holroyd é o melhor amigo do irmão de Honoria, Daniel, que vive exilado na Italia. Ele prometeu olhar por ela e leva suas responsabilidades muito seriamente. Odeia Londres e durante toda a temporada, permaneceu vigilante e intermediou quando acreditava que o pretendente não era o adequado. Honoria e Marcus compartilham uma amizade, pouco atípica, fruto dos anos que se conhecem e que o torna parte da família. Entretanto, um desafortunado acidente faz que ambos repensem sua relação e encontrem a maneira de confrontar o que surge entre eles, se tiverem coragem suficiente.