Arthur Conan Doyle: Análise da edição de "O Dia em que Sherlock Holmes Morreu"


Alguns de vocês são leitores do blog a tempo suficiente para saber o quanto gosto das narrativas de Arhtur Conan Doyle. Principalmente, das que são voltadas para desvendar os mistérios que se interpõe no caminho do sempre sapiente Sherlock Holmes e do seu amigo e companheiro de aventuras, Dr. Watson. Ele até foi homenageado do blog no nosso último mês temático!

No entanto, se tem um tipo de história protagonizada por ele que ainda não consegui concluir todas as leituras, são os contos. E olha, eles são inúmeros... Mas se você quiser ler os principais e ainda adquirir uma edição extremamente especial, posso indicar o sensacional "O Dia em que Sherlock Holmes Morreu".

Ao todo são 17 contos que abrangem vários anos da vida do personagem e que são belamente ilustrados por João Pirolla. Por isso quando penso em uma edição que vai atender as expectativas de um leitor que também é um colecionador, não consigo pensar em outra que não a apresentada pela editora Tordesilhas. E se vocês querem saber o motivo de tanto amor por essa edição, então vem comigo!

COMPONENTES DA EDIÇÃO


Ilustrações: Para ilustrar essa edição, a editora Tordesilhas convidou o ilustrador João Pirolla para dar vida ao icônico Sherlock Holmes, bem como, para os personagens que o acompanham nas aventuras que se desenrolam nesse livro. Sendo autodidata, Pirolla tem como influências artistas sensacionais como o Harry Clarke, cujos desenhos fizeram parte da edição de "Contos de Imaginação e Mistério" também publicado pela editora. E é esse frescor que traz um diferencial para o livro, já que ele lança um olhar contemporâneo para as histórias criadas por Arthur Conan Doyle que fazem sucesso há tanto tempo e que nas edições presentes no mercado editorial não prestigiam os artistas nacionais.


Obras: Reunindo contos de diversas fases da vida de Sherlock Holmes, "O Dia em que Sherlock Holmes" traz para o leitor aquelas obras que foram extremamente aclamadas pelos fãs com o que decorrer dos anos, como também, que trazem uma faceta muito peculiar do nosso detetive consultor. Entre os que foram escolhidos para fazer parte dessa edição, diria que o mais controverso e o que exaltou mais os ânimos dos leitores na época em que foi publicado, é "O Problema Final". Além de se passar, em partes, fora do ambiente londrino ao qual já estamos acostumados, ele também busca finalizar o embate entre o Holmes e o professor Moriarty que já se prolonga há anos. A comoção causada por esse conto foi tanta que até que os dias de hoje, muita gente vai visitar as famosas cataratas de Reichenbach na Suíça. Ademais, a pluralidade de nacionalidades continua presente nos contos de modo que eles sempre revelam algo mais, como é o caso de "O Vampiro de Sussex".


Acabamento: Devo dizer que com o livro "Contos de Imaginação e Mistério" que a editora Tordesilhas elaborou, nasceu uma nova coleção de edições de luxo para as principais obras da literatura mundial. Sou comprovadamente apaixonada por essas produções, tanto pelo primor do seu conteúdo, sempre bem selecionado, quanto pelo capricho que a editora tem com os produtos utilizados para confeccioná-los. Quando pude apreciar meu exemplar de "O Dia em que Sherlock Holmes Morreu", a sensação que tive era que estava diante de um livro raro e que satisfazia totalmente os meus anseios de colecionadora por trazer os seguintes itens: hardcover, jacket, papel Norbrite e muitas ilustrações. Sim, gente é um livro para se ter e se admirar.





Como vocês puderam perceber, sou só elogios para com a edição de "O Dia em que Sherlock Holmes Morreu", pois apesar de não ser uma obra completa, traz para o leitor os principais contos que foram escritos por Arthur Conan Doyle para o seu personagem mais célebre. E dentre as edições que possuo que tratam do universo do Sherlock Holmes, posso dizer que essa é uma das que mais sou apaixonada e que eu mais indico para os leitores que buscam uma edição para ser colecionada.

--- Isabelle Vitorino ---

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.