Resenha: Um Perfeito Cavalheiro por Julia Quinn

Sempre que quero uma leitura agradável e apaixonante, pego um romance histórico escrito pela Julia Quinn e tento encontrar uma posição confortável para ler. Pois uma coisa é certa depois de iniciada a leitura: independente do que está acontecendo ao meu redor, a família Bridgerton irá me prender e me emocionar.

Título: Um Perfeito Cavalheiro
Série: Os Bridgertons #3
Autor(a): Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 304
Ano: 2014
Onde comprar: Submarino
Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhce o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica. 

Resenha: Invisível por David Levithan e Andrea Cremer

Eu sempre li comentários empolgados a respeito da escrita do autor David Levithan, mas nunca entendia muito bem o porquê de tantos elogios. No entanto, só bastou eu iniciar a leitura de “Invisível” para não só entender, como também, concordar com tudo o que foi dito sobre ele.

Título: Invisível
Autores: David Levithan e Andrea Cremer
Editora: Galera Record
Páginas: 322
Ano: 2014
Onde comprar: Submarino
Stephen passou a vida do lado de fora, olhando para dentro. Amaldiçoado desde o nascimento, ele é invisível. Não apenas para si mesmo, mas para todos. Não sabe como é seu próprio rosto. Ele vaga por Nova York, em um esforço contínuo para não desaparecer completamente. Mas um milagre acontece, e ele se chama Elizabeth. Recém-chegada à cidade, a garota procura exatamente o que Stephen mais odeia. A possibilidade de passar despercebida, depois de sofrer com a rejeição dos amigos à opção sexual do irmão. Perdida em pensamentos, Elizabeth não entende por que seu vizinho de apartamento não mexe um dedo quando ela derruba uma sacola de compras no chão. E Stephen não acredita no que está acontecendo... Ela o vê!

Resenha: Confesso que Menti por Justine Larbalestier

Todo mente em algum momento. Certo? Mas quando a mentira deixa de ser um subterfúgio e passa ser aquilo que você é, como as outras pessoas enxergam você ainda lhe importa? É com essas e outras questões que a autora Justine Larbalestier inicia a sua história que não poderia começar de outra forma que não com uma confissão... Por isso prepare-se para conhecer (ou não) os segredos de Micah e vamos lá!

Título: Confesso que Menti
Autor (a): Justine Larbalestier
Editora: Galera Record
Páginas: 320
Ano: 2014
Onde comprar: Saraiva | Submarino
Micah Wilkins é uma mentirosa compulsiva. Para ela, mentir é tão natural quanto respirar. Por isso é preciso prestar muita atenção a seu relato e desconfiar de tudo o que ela disser. Por que ela mente? É um segredo que envolve o outro. Tudo começou quando ela nasceu com a doença da família. E desde então Micah criou um labirinto de mentiras para manter todos afastados da única e terrível verdade. Mas quando seu namorado Zach é encontrado morto em circunstâncias violentas e misteriosas, o comportamento nada confiável da menina a transforma na principal suspeita do crime. Agora, para desvendar essa trama e provar sua inocência, Micah Wilkins promete contar apenas a verdade e nada mais que a verdade.

Resenha: A Árvore do Halloween por Ray Bradbury

O Halloween terminou há alguns dias, mas nunca é tarde para indicar uma leitura de qualidade (mesmo que temática). Ainda mais quando ela é recheada de aventuras e de uma narrativa contagiante!

Título: A Árvore do Halloween
Autor: Ray Bradbury
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 160
Ano: 2014
Onde comprar: Saraiva
Na noite do dia 31 de outubro, em uma pequena cidade dos Estados Unidos, oito garotos vestem suas fantasias e saem às ruas em busca de Gostosuras ou Travessuras. Ao perceberem o desaparecimento de um nono integrante, o grupo decide explorar a casa mal-assombrada do outro lado da imensa ravina. Nos fundos da propriedade, eles descobrem uma gigantesca e magnífica árvore, repleta de abóboras de diferentes tons, formas e tamanhos. Em cada uma delas, há um rosto talhado. Eles nem imaginam o que estão prestes a conhecer. A trama, por meio de metáforas e personagens históricos, dá uma aula a respeito desta data tão comemorada ao redor do planeta. Os jovens, na perseguição pelo amigo desaparecido, viajam pelo tempo, passando pelo Egito Antigo, pela Grécia dos filósofos, e pela Paris medieval, aprendendo as origens do Halloween, bem como o porquê do terror, das mortes e das assombrações associados a ele. 

[NOVO] Resultado: Nosferatu | Arqueiro


Olá pessoal,

Recentemente mais uma promoção se encerrou e hoje eu vim aqui trazer o resultado para vocês. O prêmio da vez é nada menos que o livro "Nosferatu" do autor Joe Hill. Pelo que a nossa colunista falou em sua resenha, acredito que o ganhador terá um ótimo livro em mãos para devorar! E então, curiosos para saber quem é o sortudo? Vamos lá...

Resenha: Nove Noites e Um Sonho de Outono por Lesley Livingston

Acredito que a grande maioria dos apaixonados pelo universo da fantasia e magia já deve ter lido algo a respeito de “Sonho de Uma Noite de Verão” do autor William Shakespeare. Mas se você não se enquadra nesse grupo, não se sinta deslocado porque em “Nove Noites e Um Sonho de Outono”, a autora Lesley Livingston inicia um ambicioso projeto de reconstrução das obras do autor através da trilogia “Nove Noites” e transfere para as suas páginas muito do encanto contido nas tramas construídas pelo grande mestre do teatro.

Título: Nove Noites e Um Sonho de Outono (1º ato)
Série: Nove Noites #1
Autora (a): Lesley Livingston
Editora: Gutenberg
Páginas: 320
Ano: 2014
Onde comprar: Saraiva | Submarino
Kelley Winslow está vivendo seu sonho. Aos 17 anos de idade, ela se muda para Nova York e começa a trabalhar em uma companhia de teatro. Ela ainda é, claro, apenas uma assistente e eventual substituta, mas um dia as coisas começam a mudar: a atriz que interpreta a protagonista Titânia em “Sonho de uma noite de verão”, de Shakespeare, sofre um acidente, e ela tem uma chance de assumir o papel principal. Nesse mesmo dia, ela passa a perceber que o mundo mágico é mais real do que pensava. Ela conhece um lindo jovem chamado Sonny Flannery, a atração entre os dois é imediata, mas o rapaz é, na verdade, um dos guardiões do portal do Samhain, que dá passagem para o outro mundo. A cada solstício de inverno, o portal se abre, mas a cada nove anos ele permanece aberto durante as últimas nove noites do outono. E é nesse breve tempo que ela, ao descobrir sua verdadeira descendência, se vê ameaçada por uma terrível trama, que coloca em perigo o mundo real, o mundo encantado e a promessa de viver um amor verdadeiro.