Seguindo a Trilha: Livros sobre Música e Músicos – Parte I




Oi pessoal, tudo bem com vocês?

Faz algum tempo que eu não faço nenhuma postagem para o Seguindo a Trilha, desculpem-me por isso, mas com o trabalho e a faculdade fica difícil conciliar tudo e ainda conseguir elaborar um post interessante para vocês. Contudo, minha criatividade que andava em baixa teve um sobressalto quando eu estava lendo os comentários de vocês e notei que tem gente que assim como eu gosta muito de música e é para elas e para todas as pessoas que curtem um bom som que eu preparei uma série especial de livros sobre música e músicos, e como não poderia ser diferente, vamos começar com os livros que falam sobre Música...

Título: Almanaque do Rock
Autor: Kid Vinil
Editora: Ediouro
Páginas: 304
Ano: 2008
Neste divertido almanaque do apresentador, músico e legítimo roqueiro Kid Vinil, a trajetória do rock é contada desde os primeiros roqueiros, com forte influência da música negra americana, passando por grandes nomes, como Elvis e Bob Dylan, os Beatles e os Rolling Stones, até os dias de hoje. As mudanças comportamentais e sociais impulsionadas pelo estilo, além das polêmicas, as vendas estrondosas de discos, as drogas, os videoclipes e muito mais também são retratados pelo "Almanaque do Rock", de modo leve e com uma dose certeira de humor, como um bom rock deve ser.

 

Título: Canções do Rio
Autor: Marcelo Moutinho, João Máximo, Sérgio Cabral, Nei Lopes, Ruy Castro etc.
Editora: Casa da Palavra
Páginas: 136
Ano: 2010
Para Tim Maia, “do Leme ao Pontal, não há nada igual”. Já para Fernanda Abreu, o Rio de Janeiro é o “purgatório da beleza e do caos”. Mas, para ambos - e tantos outros compositores -, o Rio é uma inequívoca fonte de inspiração musical, seja de odes ou de antiodes. Baseado nesse espírito, chega às livrarias, pela editora Casa da Palavra, o livro Canções do Rio - A cidade em letra e música. “O objetivo deste livro é justamente demonstrar como nossos compositores cantaram o Rio de Janeiro em diferente épocas e gêneros. Do samba ao rock, da bossa nova ao funk, da marcha ao rap”, revela o escritor e organizador do volume, Marcelo Moutinho. Para tanto, foi reunido um time de seis especialistas e pesquisadores do assunto: João Máximo (“Dos primórdios à Era de Ouro”), Sérgio Cabral (“As marchinhas”), Nei Lopes (“O Samba”), Ruy Castro (“A Bossa Nova”), Hugo Sukman (“A canção moderna”) e Silvio Essinger (“Rock, rap e funk”). A obra analisa a formação da identidade carioca através das marchinhas de Chiquinha Gonzaga, os sambas de Billy Blanco e dona Ivone Lara, da bossa nova de Tom Jobim e Vinícius de Moraes e do rock, rap e funk de Cazuza, MV Bill e Claudinho e Bochecha. Esses são apenas alguns exemplos de artistas presentes aqui. Canções do Rio é, portanto, o Rio na música, a música do Rio, a sonoridade da alma carioca. Ou, nas palavras de Marcelo Moutinho, “do Rio idílico, cuja exuberante paisagem é capaz de arrebentar as retinas. Do Rio de valas negras e favelas no coração. Do Rio que foi, sempre, a cidade-musa”.

Título: Música, Maestro!
Autor: Julio Medaglia
Editora: Globo
Páginas: 352
Ano: 2008
Música, maestro! - Do canto gregoriano ao sintetizador, do maestro Júlio Medaglia, vai muito além do próprio subtítulo: da "Antigüidade" até o "Desafio futuro", títulos do primeiro e do último, capítulos. O livro inclui glossário, discografia, iconografia, bibliografia e índice remissivo. Além disso, o leitor é brindado com um CD especialmente produzido para esse livro, contendo peças anônimas ou de autores mencionados no decorrer da obra: Desprez, Palestrina, Byrd, Bach, Vivaldi, Handel, Mozart, Haydn, Beethoven, Chopin, Debussy e Villa-Lobos. O próprio autor resume a promessa de Música, maestro!: "Esperamos que a narrativa motive o leitor a se interessar por variados universos sonoros, dando-se conta de como é imensa a capacidade criativa do ser humano em manipular o som - mesmo porque, ele vai acompanhá-lo de perto durante toda a sua vida, mais que qualquer outra criação do espírito humano".

Título: Músicas & Musas – A verdadeira história por trás de 50 clássicos pop
Autor: Michael Heatley e Frank Hopkinson
Editora: Autêntica (Gutenberg)
Páginas: 144
Ano: 2012
Que as mulheres sempre inspiraram compositores, todo mundo sabe. Mas será que os fãs sabem quem são essas musas? Músicas & Musas conta a história das namoradas, esposas, rivais, groupies, celebridades e até mesmo das ilustres desconhecidas que inspiraram 50 das maiores canções pop. Quem é a Emily da música “See Emily Play” do Pink Floyd? E a Lola dos Kinks? O que aconteceu com Suzanne Verdal, inspiração de Leonard Cohen para a música “Suzanne”? Depois que John Lennon escreveu “Dear Prudence” em um ashram indiano, o que será que mudou na vida de Prudence, irmã de Mia Farrow? O que havia de tão especial em Pattie Boyd para ter inspirado músicas tanto de George Harrison quanto de Eric Clapton? E o que aconteceu com Hermione Farthingale, “a garota com os cabelos sem vida”, a ex-namorada que David Bowie cita em “Life on Mars?”. Os autores Michael Heatley e Frank Hopkinson explicam como essas mulheres inspiraram as canções que foram escritas sobre elas, seja por causa de um breve flerte em uma festa, uma visita lasciva à loja de discos local, seja simplesmente por causa de uma imagem de capa de revista. Os amantes da música vão encontrar aqui uma minibiografia de cada musa – algumas breves e tristes, outras mais longas e inspiradoras –, além de informações sobre os artistas e bandas, bem como curiosidades sobre a história das canções. Este é o livro perfeito para quem já se perguntou: “Quem é a garota dessa música?”.

Título: Rio Bossa Nova – Um roteiro lítero-musical
Autor: Ruy Castro
Editora: Casa da Palavra
Páginas: 218
Ano: 2011 (Edição Bilíngue)
Rio Bossa Nova – Um roteiro lítero-musical se propõe a tomar o leitor pela mão e conduzi-lo pelos caminhos da Bossa Nova na cidade – pelas ruas, praias e casas onde ela é tocada. É um guia de endereços e roteiros para visitantes nacionais e estrangeiros, e também para os cariocas que preferem queixar-se de que “não sobrou mais nada” em vez de olhar em torno e constatar o quanto a sua juventude ainda está de pé e, em muitos casos, funcionando. Mas não apenas isto. É também  uma passeio pela geografia – e pela história – da Bossa Nova.

Bom, espero que vocês tenham gostado desse post diferenciado e que continuem a acompanhar o blog, pois nas próximas semanas vamos falar de livros sobre músicos! E eu posso dizer com antecedência pessoal, são muito mais do que eu imaginava. Porém, antes de ir embora quero saber de vocês o que vocês acham desse tipo de livro, bem como, a relação que vocês tem com a música.

Até a próxima!

--- Isabelle Vitorino ---

15 comments

Jadi Soares 16 de setembro de 2012 23:23

Nenhum desses livro me chamou atenção...
Raramente gosto de um livro que se realacione com musica... ate pq acho que fica um pouco HSM demais, e perde a graça.
bjim

Rosana Apolonio 17 de setembro de 2012 11:40

Já tive a oportunidade de ler Rio Bossa Nova e posso dizer com toda certeza, eu adorei! O autor faz um relato impressionante sobre como se desenvolveu a Bossa Nova no Rio de Janeiro, além de nos mostrar os principais locais da disseminação desse gênero musical associado a imagens belíssimas, vale super a pena ler este livro, eu recomendo.
Agora o que eu fiquei mega curiosa para ler foi o Almanaque do Rock porque sou completamente apaixonada pelo gênero, sou dessas que gosta de escutar o riff da guitarra noite e dia. -hahahaha-
;)

Khrys Anjos 17 de setembro de 2012 12:54

Esse post ficou super bacana pois uniu minhas duas paixões: livros e músicas.

Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!!

Alessandra 17 de setembro de 2012 13:45

Bãe, to vendo que to bem por fora dos livros, não conhecia nenhum desses, hehehe.

Só em ler teu post já elegi meus preferidos, 'Almanaque do Rock' e "Músicas e musas"
*-*
vou sair a procura desses livros, fiquei muito curiosa.

Amanda.. 17 de setembro de 2012 16:50

Adoro o seguindo a trilha..
gostei bastante, musicas e livros tudo de bom..
Tem muitos tbm relacionados a musica Brasileira.. curtii

Fabi 18 de setembro de 2012 09:35

Que post legal:nunca havia relacionado livros e musicas.Me interessei por Almanaque do Rock, já que sou fã deste gênero musical.
Bj

Paula Camargo 18 de setembro de 2012 12:44

Tenho o Livro Almanaque do Rock e é muito bom,guardo com o maior carinho para mostrar futuramente as pessoas

Fernanda Mendonça 18 de setembro de 2012 23:54

Nossa, não conhecia esses livro!!

Quero tuto, comofas? AUIShAIUShIAUHS

=*

Janaina Barreto 20 de setembro de 2012 19:13

que bacana, essa colunas, Isabelle! *o*
Eu não costumo ler essas "revistas" que falam sobre filmes e/ou músicas (acho mesmo que não li nenhuma), mas é algo muito bacana para as pessoas que GOSTAM MESMO dessa arte. Eu sou mais de ouvir e só. rs

Entretanto, fiquei curiosa sobre Músicas & Musas – A verdadeira história por trás de 50 clássicos pop. Sempre fico imaginando quem inspirou as músicas que eu gosto de ouvir. Seria interessante de as bandas que eu gosto fizessem algo do tipo. ^-^

Beijos ;*

Amor de Livros 24 de setembro de 2012 11:51

Ótimo post. Tenho vontade de ler o "Almanaque do Rock" o resto eu não conhecia nenhum!!! Parabéns ao blog.

Bjs
Niii
Amor de livros

Samira Chasez 26 de setembro de 2012 22:01

Oi..

Particularmente falando não me agradei de nenhuma dessas músicas.. E bossa Nova bah eu não curto muito...

Constantino Tarouco 26 de setembro de 2012 22:08

Adorei a escolha das músicas, pois, convivi a minha vida inteira com essas músicas.. E penso que se é bom não saí fora de moda..

Leticia Tavares 26 de setembro de 2012 22:22

Acredito que não leria nenhum desses livros, pois, não gosto do que eles tratam porque não gosto desses estilos de músicas

Diziano Machado da Conceição 28 de setembro de 2012 13:58

Gostaria de ler Almanaque do Rock.
Os outros nao fazem meu estilo, principalmente bossa nova (nao gosto mesmo), mas respeito e entendo a importancia que tem na nossa cultura so que prefiro o rock.
Voce esta de parabens com essa serie.

Jessica Lisboa 29 de setembro de 2012 20:11

O livro que eu futuramente quero ler é Almanaque do rock, me parece ser otimo! Os outros livros não me chamaram tanta atenção assim.

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.