Seguindo a Trilha: Livros com Música - Parte III



Oi pessoal,

Hoje é domingo e como vocês sabem, dia de falar de música! Entretanto, antes disso gostaria de agradecer por todo carinho dos meus seguidores e por todos os comentários carinhosos e construtivos que sempre vejo por aqui, desculpem-me por não poder respondê-los, mas o problema é o Blogger mesmo, contudo, espero que vocês saibam que eu os leio com o maior carinho e fico muito feliz em saber as opiniões de vocês, pois além de vocês serem o nosso termômetro, vocês são a razão para nós continuarmos por aqui todos os dias dando o nosso melhor para vocês, obrigada!

Para quem está chegando por aqui agora e não teve a oportunidade de ler os posts anteriores, cliquem aqui e aqui. Sem mais delongas vamos para a terceira e última parte dessa série especial.

Let’s go people!

Cante Para Eu Dormir – Angela Morrison

Cante para eu dormir revelará a dura realidade da vida, a energia firme da amizade e mostrará que o verdadeiro amor transcende tudo. O livro conta a história de Beth, uma garota que sofre bulling e passa toda sua infância sendo rejeitada por sua aparência. As únicas pessoas a aceitá-la são sua mãe e seu melhor amigo, Scott. Mas tudo isso fica para trás quando ela é convidada para ser a vocalista do coral da escola e recebe a transformação que lhe dará a oportunidade de conhecer um amor que vai além de tudo, até mesmo da própria vida. Derek é tão lindo, tão doce, tão fantástico que Beth acha que não merece, mas quer experimentar, mesmo estando á milhas de distância. Porém, existem segredos não revelados entre eles. A história reúne as mais profundas emoções humanas: decepções, tristezas, alegrias, amores e paixão, muita paixão, que ficará gravada em cada coração por muito tempo, mesmo depois do término da leitura.

Glee: O Inicio – Sophia Lowell (Para ler a resenha clique aqui)

Uma oportunidade única para conhecer os bastidores do colégio McKinley - antes mesmo de o New Directions existir aos olhos do Sr. Schuester - e descobrir tudo sobre os principais personagens da série Glee. Quando Rachel viu Finn com outros olhos pela primeira vez? Como Quinn e Puck começaram seu romance secreto? Quando Mercedes começou a confundir os conceitos de “amigo gay” e “namorado”? E como será que o então amador clube do coral sobrevivia sem um líder destemido? Dica: não era exatamente um sucesso. "Glee - O início" é baseado na série de TV da Fox criada por Ryan Murphy, Brad Falchuk e Ian Brennan. Prequel oficial da série Glee, atualmente exibida pela FOX e a partir de julho também na Rede Globo. A série é sucesso desde sua primeira temporada e teve 19 indicações ao prêmio Emmy e 11 Golden Globes.

Amplified – Tara Kelly

Quando a bem-criada Jasmine, de 17 anos é expulsa de casa, ela pega o que sobrou de suas economias e foge para Santa Cruz para perseguir seu sonho de se tornar musica. Jasmine encontra o quarto ideal em uma casa de frente para o oceano, mas precisa convencer os três garotos que moram lá de que ela é a perfeita companheira e guitarrista para sua banda de rock industrial, C-Side. Pena que ela tem medo de palcos, e também que o belo baixista não acha que uma garota mimada lá de cima de colina pode dar conta do recado.

The Musician’s Daughter – Susanne Dunlap



Assassinato e amor – dos salões da família imperial de Viena para um acampamento de perigosos ciganos.

Em meio ao glamour da corte do príncipe Nicolau Esterházy no século 18 em Viena, um assassinato está em andamento. Ou pelo menos é o que a menina de quinze anos Theresa Maria acha quando seu pai músico aparece morto na véspera de Natal, seu violino valioso desaparece e a única pista para sua morte é um estranho pingente de ouro no seu pescoço. Então, o mentor de seu pai, o aclamado compositor Franz Joseph Haydn, a ajuda nesses tempos difíceis fazendo dela sua copiadora e revelando segredos sobre a vida secreta de seu pai. E é a partir disso que Theresa começa a descobrir a trilha de chantagens e extorsões, mesmo quando ela descobre a honra - e a possibilidade de uma primeira tentativa de amor. Vibrando com as cordas chorosas de violinos, bem como perigo e decepção, esse é um conto cativante de assassinato, romance, e música que os leitores vão achar impossível de esquecer.


Will Grayson, Will Grayson – John Green, David Levithan

Uma noite fria, em um lugar improvável de Chicago, dois adolescentes - ambos chamados Will Grayson - estão prestes a cruzar os caminhos. Como seus mundos colidem e se entrelaçam, os Graysons verão suas vidas indo em direções novas e inesperadas, a construção romântica para as voltas do coração e a produção épica da escola mais fabulosa da história da alta musical. Perspicaz, divertido, comovente e profundo, John Green e o romancista colaborativo David Levithan recheiam este livro com uma dose dupla de coração e humor que ganharam totalmente as legiões de seus fiéis fãs.


Bom pessoal, por hoje é só, mas fiquem ligados no blog que tem muita coisa boa rolando por aqui. Até quarta!

Beijos.

--- Isabelle Vitorino ---

17 comments

Amanda.. 5 de agosto de 2012 11:06

Adorei, livro e música tudo de bom, acho que tendo a ver com o tema, já li a música que mudou a minha vida, gostei, principalmente pq, ao longo do livro tem trechos de musicas.

Curti o post.

Anna Cristina Amaral Rocha 5 de agosto de 2012 14:25

Adoreeei os livros, gosto muuito de filmes e seriados musical... Fica mais divertido, mais emocionante rsrs

Beijoos ;*

Jadi Soares 5 de agosto de 2012 18:57

Gosto mt desse post, música para mim, é a coisa mais incrivel que tem, pq ela tem meio que um poder sobre nós...
Eu que agradeço por vc manter sempre o blog atualizado e com posts incriveis. :)
De todos os livro que foram citados, nunca li nenhum desses. #vergonha :D
Mas fiquei muito, muito interessada, em The Musician’s Daughter que sem duvida foi a estoria que mais me chamou atenção. A sinopse me conquistou de primeira, e nunca tinha ouvido falar sobre esse livro, gostei mt mt! Não achei a capa mt bonita, mas a estoria me conquistou. *-*
bjim

Samira Chasez 5 de agosto de 2012 20:37

Oi..

Desses títulos só sabia da existência do Glee, mas não faz o meu tipo.. Amo música e gosto desses posts envolvendo ela... =/

Leticia Tavares 6 de agosto de 2012 12:02

Olá...
Você tem muito bom gosto, achei todos interessantes, mas Gostei bastante do Amplified – Tara Kelly porque como amo ROCK me indentifiquei muito o ele. Todavia, o Glee eu nao gosto da série e po isso não vou ler o livro.

Jenice Franca 6 de agosto de 2012 15:57

Oi,Isabelle!

Nossa, a narrativa deste Cante para eu dormir parece ser linda , fora que aborda uma temática super atual.The musician Daugther também me despertou o interesse .Estes dois foram os que me chamaram mais a atenção , pois são livros do tipo que gosto de er.

Abraços

Neny 6 de agosto de 2012 16:45

Dos livros que foram apresentados o único que li foi Cante pra eu dormir, que é muito lindo, eu chorei e fiquei com raiva rs em varias partes do livro.
The Musician’s Daughter, parece ser bem interessante, bem que podia ser lançado aqui, e a capa é linda.
beijos.

Anna Cristina Amaral Rocha 6 de agosto de 2012 18:39
Este comentário foi removido pelo autor.
Carolina Lopes 6 de agosto de 2012 20:02

Não li nenhum desses livros mas Cante Para Eu Dormir provavelmente será o único que lerei.
Beijos, Carol.

Paula Camargo 7 de agosto de 2012 20:53

Nunca tinha parado pra pensar nessa associação de livros com música!Nunca li nenhum livro que tivesse essa associação!Irei prestar mais atenção nisso *_*

Manuela Cerqueira 8 de agosto de 2012 09:10

Ai... me interressei muitp pela historia de "Cante para eu dormir"... e achei a capa linda também.
Não li Gleen.. não consigo me interressar nem á assitir a série..rs

Fellipe 8 de agosto de 2012 13:23

Tenho vontade de ler todos esses livros, principalmente esses que ainda não foram lançados aqui, deles eu só conhecia Will Grayson, Will Grayson, mas agora fiquei curioso pelos outros dois!

Diziano Machado da Conceição 9 de agosto de 2012 13:34

Eu gosto de um Rock bem no capricho, de vez enquanto tiro a velha guitarra do armário porém é difícil sair alguma coisa "escutável". Acho que o Amplified – Tara Kelly seria bom demais, não querendo desmerecer os outros. Belo post.

Jessica Lisboa 11 de agosto de 2012 16:43

Fiquei curiosa para ler Amplified – Tara Kelly, pelo fato de tratar sobre rock, e o livro Will Grayson, Will Grayson – John Green, David Levithan tambem me chamou atenção por conta da capa.

Constantino Tarouco 26 de agosto de 2012 20:10

Deixa ver se eu entendi a coluna..são lindos que tratam de música?? Se é isso eu gostei muito do Cante Para Eu Dormir – Angela Morrison, pois, achei bastante interessante

Kazake 31 de agosto de 2012 20:35

Gleeeeeeeeeee <3333333333
Quase comprei na bienal, mas .... não deu, comprei outros, rs.

EricaMarts 31 de agosto de 2012 22:41

Eu tenho Cante para eu dormir mas ainda não li. Falam tão bem dele. Gostei de The Musician’s Daughter, tomara que seja lançado aqui. Os outros não conhecia e não despertou muito o meu interesse.

Bye

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.