Resenha: Eu Sei O Que Você Está Pensando por John Verdon

O que você faria se recebesse uma carta e nesta carta pedissem para você pensar em um número e no fundo do envelope tive outro pequeno envelope com o número que você pensou? Este é o ponto de partida para instigante história do livro Eu sei o que você está pensando de John Verdon, lançado em 2011 pela editora Arqueiro.

Título: Eu sei o que você está pensando
Série: Dave Gurney #1
Autor: John Verdon
Editora: Arqueiro
Ano: 2011
Páginas: 352
Uma carta perturbadora chega via correio com uma simples declaração ao final: "Veja como conheço seus segredos - apenas pense em um número." Errará quem pensar que uma carta dessas chega a seu destino final apenas por obra do acaso. Para o detetive aposentado da polícia de homicídios da cidade de Nova York, Dave Gurney, que está formando uma nova vida ao lado de sua esposa Madeleine, as cartas começam a deixar de ser estranhas para se tornarem um complicado quebra-cabeça que levará a uma enorme investigação sobre assassinatos em série. Trazido para o caso como consultor, Gurney em pouco tempo percebe pistas que a polícia local deixou passar. Ainda assim, diante de um oponente que parece ter o dom da clarividência, Gurney vê seus esforços irem em vão, seu casamento rumando a um precipício e, finalmente, um medo incontrolável de que seu adversário não pode ser parado. 

David Gurney é um detetive apesentado do estado de Nova Iorque que se mudou para o interior com sua esposa Madeleine esperando poder ter uma vida tranquila. Mas todos seus planos não interrompidos quando ele recebe a visita de um antigo amigo de faculdade que lhe pede ajuda para solucionar um estanho caso. Mark recebeu A carta e outros vieram logo em seguida. Gurney, sendo um ex-detetive, não consegue resistir ao misterioso caso que o levará as pegadas de um assassino muito experiente.

A narrativa é em 3ª pessoa, mas sendo o detetive Gurney o personagem principal, todo o desenvolver da história é baseado no ponto de vista dele. É muito agradável acompanhar o desenrolar do seu raciocínio para montar o quebra-cabeça que ajudara a encontrar o misterioso assassino que aliais não poderia ser mais misterioso e estético. Os assassinatos são um dos pontos altos da história, sempre bem elaborados e que fazem a polícia parecer um bando de amadores.

John Verdon soube criar um enredo envolvente e que prende o leitor até a última página. Eu me senti como um detetive dentro da história com todas as informações técnicas que deixam a leitura ainda mais rica e agradável. Outro ponto alto da história são os personagens que Verdon criou, são sempre astutos e seus problemas pessoais são tão reais. Verdon é um autor de mão cheia, estou louco para ler mais livros dele, principalmente se tiver o detetive Gurney como protagonista.


Este livro não vai agradar a todos por causa de seu começo lento e muitas descrições, mas eu posso dizer uma coisa, quando você chegar na metade do livro não vai mais querer larga-lo. Recomendo para você que gosta do gênero policial/suspense e para quem vai ler o gênero pela primeira vez.


--- Jackson Fernandes ---

17 comments

Samira Chasez 8 de agosto de 2012 18:27

Gostei bastante da sua resenha e achei esse livro muito interessante e estranhei nunca ter ouvido falar dele.. Amei o Book trailer do livro

Clara Beatriz 8 de agosto de 2012 18:29

Nunca li nada do autor, mas se não me engano, no mês passado um livro dele foi lançamento da Arqueiro. Acabei nem solicitando, com medo de que fosse violento demais e também porque não sabia se era continuação do livro acima. Ótima resenha.
maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

Leticia Tavares 8 de agosto de 2012 18:32

Parabéns pela a sua maravilhosa resenha...
Vou te falar o que achei do livro eu achei que o enredo é muito bom e confesso que fiquei curiosa para saber de mais... Acho que vou ver se não é caro vou comprar para ler.. Porque depois de ler a sua resenha isso é uma necessidade...

Carolina Lopes 8 de agosto de 2012 19:50

Não sou muito fã desse gênero. Esse não seria um livro que eu leria se o visse na prateleira mas vou dar uma chance e ver se gosto.
Beijos, Carol.

Amanda.. 8 de agosto de 2012 22:17

Estava vendo esses dias um folheto que tinha esse e mais alguns livros da editora, tinha uma descrição bem curta e já tinha me agradado muito, gosto bastante de livros com suspense, mistério.. vai entrar pra minha lista concerteza...

Diziano Machado da Conceição 9 de agosto de 2012 13:31

Quem foi detetive uma vez nunca larga de ser detetive. Investigações sempre caí bem em livros e filmes esse estilo policial/suspense. Mais uma ótima resenha, um pouco mais resumida e diz tudo. Se agente pudesse ficar o dia todo lendo seria ótimo. Parabéns...

Anna Cristina Amaral Rocha 9 de agosto de 2012 16:01

Gostei da resenha. Interessante o livro, parece ser muito bom! Gosto de livros desse tipo, mais um que estrará pra lista de "Vou Ler" hahaha'

Beijooos! ;*

Paula Camargo 9 de agosto de 2012 18:24

Já li esse livro,e a resenha condiz exatamente com o livro,é uma estória intrigante e viciante,e realmente no inicio o livro é meio água com açúcar,mas depois melhora (:

Jenice Franca 10 de agosto de 2012 15:09

Oi,Jackson!

Eu sou fã de suspense o mesmo tanto que sou fã de romances, são dos gêneros que me agradam.Este livro me parece ser intrigante,mesmo.eu amo ser enredada pelas tramas policias, fico tentando adivinhsr o que vem a seguir, às vezes acerto noutras erro feio. Sem dúvidas,vou irei gostar deste suspense.

Abraços e bom fim de semana

Jadi Soares 10 de agosto de 2012 23:03

Bom, eu amo suspenses policiais e estou doida pra ler o livro!
Sua resenha foi a primeira que li que conteve esse ponto de vista, sobre a história ser cansativa por causa das descrições. De qualquer forma, como você mesma destacou, a história parece muito boa mesmo assim e ainda estou curiosa pra ler o livro!
bjim

Fellipe 11 de agosto de 2012 12:34

Eu sempre demoro bastante para ler livros desses gênero e por ser mesmo bem detalhado, mas são esses detalhes que enriquecem a trama. Esse livro parece ser bem legal, principalmente por esses personagens tão bem construidos ^^

Jessica Lisboa 11 de agosto de 2012 16:45

Gostei do book trailer, adore esse tipo de genero em livros, sempre são mais extensos e o começo é meio cansativo mas no decorrer da historia é muito intrigante. Esse ja esta marcado para eu comprar

Alessandra 20 de agosto de 2012 20:54

Se o fim compensar o começo lento, eu vou querer ler também...
Histórias lentas me cansam...

Constantino Tarouco 26 de agosto de 2012 20:13

Eu gostei muito do que você escreveu e esse livro parece ser muito interessante e me deu vontade de ler ele.. E o book trailer é muito legal

Paula Camargo 31 de agosto de 2012 10:39

Eu li esse livro,e realmente tive a mesma sensação no inicio me arrependi de ter comprado,achei mto sem graça,espera maais! Mas deepois do meio do livro OMG,não dva nem vontade de coomer,só ler!

Kazake 31 de agosto de 2012 20:36

AMo os livros da Arqueiro, todos os livros nesse gênero começam meio lentos mesmo, mas amo =)

EricaMarts 31 de agosto de 2012 22:45

Respondendo a pergunta no começo do post eu pensaria que era Pegadinha do Mallandro, kkk Eu adoro livros policial/suspense e pela sua resenha este livro tem todos os elementos que me fazem virar a noite lendo.

Bye

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.