Resenha: Como Fui Esquecer Você por Jennifer Echols

Tenho uma confissão a fazer: sou loucamente apaixonada por romances. Sabe pessoal, eu tenho um considerável número de livros, às vezes eu fico indecisa com relação ao que ler, por isso tento variar o máximo que posso, mas quando vejo um Young Adult com romance dando sopa, eu leio mesmo! Esse livro que hoje trago para vocês foi lido em 2011 e logo se tornou favorito, mas mesmo com esse hiato tão grande decidi que a história vale muito a pena ser comentada. Espero que gostem!

Título: Como Fui Esquecer Você
Autor (a): Jennifer Echols
Editora: Pandorga
Ano: 2011
Páginas: 272
Porque não dá para escolher o que esquecer e o que lembrar? Havia muitas coisas que Zoey gostaria de esquecer. Como o fato de seu pai ter engravidado a namorada de 24 anos. Como o medo que a cidade inteira descobrisse sobre o colapso nervoso de sua mãe. De como o lindo e temível Doug a insultava na escola. Sentindo que sua vida estava prestes a virar ao avesso, Zoey luta da única maneira que conhece, usando sua famosa atenção aos detalhes para certifica-se de que é a filha, aluna perfeita e namorada do melhor jogador de futebol, Brandon...

Tudo na vida de Zoey estava fora do lugar. Seu pai havia engravidado sua funcionária de vinte e quatro anos, sua mãe fora parar no hospício e ela acabou por ser condicionada a viver com o seu – extremamente desagradável – pai e sua amante – agora futura esposa. E como se ela já não tivesse com o que se preocupar, o segredo sobre o paradeiro de sua mãe fora revelado para Doug, o cara gato da sua equipe de natação que a odeia desde a nona série. Em uma série de desventuras subsequentes, ela caí nos braços de Brandon, o famoso jogador de futebol da sua escola e comete um grave erro de escolhas, contudo, cega por todos os problemas, ela acha que finalmente encontrou a solução perfeita para ser feliz de novo. Mas como ela bem descobriu, na sua vida nada está seguro, pois em um piscar de olhos ela perdeu sua memória e sofreu um grave acidente do carro que a deixou frente a frente com um Doug preocupado e empenhando em salvar sua vida. E isso era apenas o começo do mistério, pois ela não só, não sabia como tinha ido parar ali, como também, não recordava como aquela paixão que a preenchia não era voltada para Brandon, mas sim para Doug...

Quando terminei de ler este livro eu tive que me segurar para não pegar Longe Demais e lê-lo também (não consegui me segurar por muito tempo não...) porque essa autora é simplesmente demais, ela consegue brincar com as emoções do leitor de um jeito que você vai aos seus maiores extremos como Zoey. Me senti tão conectada com a história que eu me vi tantas em Zoey na sua confusão, tantas vezes em Doug na sua dúvida que ao decorrer da história foi impossível não pensar em todas as circunstâncias que os levaram até aquele momento. Na minha opinião o livro foi bem escrito e teve um final bem fechado, principalmente porque a realidade estava bem presente nele e eu acreditei de fato que tudo aquilo pudesse acontecer. Tenho que dizer que o que mais me encantou foi o modo como a autora trabalhou a questão familiar de ambos, pois apesar do foco ser nos problemas de Zoey, dá para notar que não é apenas ela que tem que passar pelo purgatório familiar ao qual ela se sente fadada a viver.  

Como Fui Esquecer Você é o tipo de livro que você não esquece, a sua história povoa a mente do leitor durante muito, pois ao contrário de muitos livros que vemos por aí, este trata de uma história que além de tudo trata das feridas familiares e de como podemos superar nossos medos e receios e encarar a realidade sem temor do que iremos encontrar. Sem sombra de dúvidas recomendo muito! Mal posso esperar para ler Love Story, o único livro que me falta de Jennifer Echols publicado aqui no Brasil, alguém quer me presentear? (risos)

[...] E Doug e eu estávamos prestes a fazer alguma coisa. Agora suas mãos quentes deslizavam sob minha blusa, pressionando minhas costas, com as pontas dos dedos dentro o cós da minha calça. Seu rosto moveu-se para o meu pescoço. Aquele carinho se transformaria em um beijo a qualquer momento. O mais estranho de tudo é que eu me vi arqueando o corpo na direção dele, pressionando meu peito contra o dele ao mesmo tempo em que erguia meu traseiro para que ele mantivesse as mãos em minhas costas. Inclinei a cabeça para lhe dar mais acesso ao meu pescoço. Aquele era o rapaz que tinha salvado a minha vida na noite anterior, ou pelo menos teve a intenção de fazê-lo. Pág. 60

Playlist:


--- Isabelle Vitorino ---

17 comments

Anna Cristina Amaral Rocha 15 de agosto de 2012 12:24

aaah! Vc se parece muito comigo haha' Eu tenho vários livros novos, pq sempre fico na duvida no qual ler e sou APAIXONADA por Romances *-* Principalmente do Nicholas Sparks. *-*
Eu adorei a resenha e me interessou muito o conteúdo do livro, esse entrará pra minha lista dos desejados é bem o tipo de livro que eu gosto.

Beijoos ;*

Carol 15 de agosto de 2012 14:42

Amei demais a resenha!
Já tinham me indicado esse livro. Acabei de inclui-lo na minha enormeeee lista. ahauhauhauahuahua


www.terradecarol.blogspot.com
@mundirreparavel

Samira Chasez 15 de agosto de 2012 18:05

Quando eu vou ler um livro paro uma meia hora antes, mas me decidir entre qual dos meus livros eu vou ler... Esse livro faz horas que quero ler, mas como não comprei vai ter que esperar um pouco, pois, tenho muitos livros novos ainda que não li.. Mas, amei a tua resenha quem sabe um dia consiga fazer uma resenha tão boa como a sua... Os livros dessa autora dizem que são muito bom, e pela a sua resenha vejo que você gostou muito do livro.

Leticia Tavares 15 de agosto de 2012 19:40

Oi..

Achei a sua resenha maravilhosa e depois dela quero muito ler o livro.. Eu não conhecia esse livro antes, mas já ouvi falar da autora que por sinal é muito boa.. E vi que gostasse do livro e então acho que vou amar ele.. E por falar em coisas que eu amo, uma das músicas que você selecionou no Playlist eu amo demais que é Snow Patrol – Open Your Eyes.. Essa música representa muito para mim.. =/

Amanda.. 15 de agosto de 2012 22:46

Bom também tenho uma confissão a fazer, eu também amo romances..

Não li esse livro, mas pela resenha o que me pareceu interessante, foi de não ser aquela historia onde todo mundo é feliz, tudo é lindo,maravilhoso e perfeito. Os personagens assim como nós na vida real tem problemas, tem dificuldades. Nos aproxima mais do livro..

Na lista de desejados..

Rosana Apolonio 16 de agosto de 2012 16:14

Histórias assim sempre me chamam a atenção. Adoro quando o enredo vai além do romance que é de praxe na maioria dos livros do gênero, ainda não li nada de Jennifer Echols, mas já li Just Listen de Sarah Dessen e recomendo muito! Com certeza estarei colocando esse livro na minha lista de desejados.
=D

Amor de Livros 16 de agosto de 2012 22:03

jà add os dois livros na minha lista. Com certeza irei comprar!!! Adorei a sinopse e a sua resenha. Parabens pelo blog.

Bjs
Niii
Amordelivros.blogspot.com.br

Fellipe 16 de agosto de 2012 23:07

É muito bom quando um autor sabe conduzir a trama tão bem e que nos fazer sentir tantas emoções! Realmente vejo vários comentários legais sobre esse livro e essa autora, espero ler alguma coisa dela!

Jadi Soares 17 de agosto de 2012 00:30

Já vi que o livro divide opiniões mesmo, pois ja vi algumas resenhas e entre elas umas eram posivitivas e outras bem negativas. Enfim, achei a história pela sua resenha interessante, enigmática, intrigante, algo assim ... Não posso dar uma opinião certa sobre os personagens por ainda não ter lido. Quem sabe um dia eu leia ...
bjim

Jenice Franca 17 de agosto de 2012 20:59

Oi,Isabelle!
Eu sou apaixonada por romances com ou sem clichês.Aliás, e quem não é? No entanto, eu também procuro sempre variar. Tenho mais acadêmicos, mas ultimamente tenho comprado mais e de todos os gêneros possíveis.Uma amiga havia comentado sobre este livro, me lembrei agora devido ao nome. Cinco estrelas? Irei anotar o nome,pois é raro ler um romance que se aprofunde em outras relações dos personagens.

Abraços e bom fim de semana

Jessica Lisboa 18 de agosto de 2012 14:46

Adorei a capa desse livro, a historia tambem me parece ser otima, fiquei curiosa para conhecer a personagem principal. Enfim, mais um livro pra minha 'pequena' lista de desejos.

Alessandra 20 de agosto de 2012 20:50

Ainda não tive a oportunidade de ler livros desta autora, mas tu me deixou bastante curiosa.

Constantino Tarouco 26 de agosto de 2012 20:24

Excelentes músicas, curto essas três... Mas, o livro não é um livro que eu mataria para ler e nem sei se eu leria ele.. Não por não ser bom, pois, parece ser muito bom pelo que li da excelente resenha, mas não faz o meu estilo de leitura.

Diziano Machado da Conceição 28 de agosto de 2012 09:58

Eu não consigo ficar indeciso em relação ao que vou ler, pois tenho poucos livros e todos que eu tinha interesse eu já li :(
Aos poucos eu vou comprando outros. Mesmo não fazendo muito o meu gênero, este livro parece ser incrível, pelo que eu entendi da resenha ele não deve ter aquele final previsível de muitos livros. Vindo deste autor a obra deve ser genial. Ótima resenha.

Paula Camargo 31 de agosto de 2012 10:32

Gente que tudo ler resenha dos livros q a mais gostei! Li esse livro e me apaixoneei,fiquei com a estória do mesmo vários dias na cabeça! Um amor de livro!

Kazake 31 de agosto de 2012 20:40

Não conhecia esse livro e estou precisando de romances BONS, fala sério, tudo trágico que estou lendo rs

EricaMarts 31 de agosto de 2012 22:55

Eu já li Longe Demais e Love Story e amei!
Já esse não deu para ler ainda. Já li muitas resenhas criticando a Zoey ou dizendo que esse era o livro mais fraco dela. Se é ou não vou esperar ler pra formar minha opinião.

Bye

Postar um comentário

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre.

- Caso tenha uma pergunta deixe seu e-mail abaixo que respondo assim que o comentário for lido.

- Caso sua mensagem não tenha relação com o post, envie para o e-mail.